Quais são as dez cidades imperdíveis da Campânia ?

Pensou em Nápoles? Há outras nove cidades fantásticas que merecem atenção!

2 7.155

Quais são os dez lugares da Campânia que você deve absolutamente conhecer?

A Campania é uma região rica em história e vida, que deve ser conhecida em cada pedacinho, mas, muitas vezes, alguns lugares estão subvalorizados ou escondidos pelas sombras de praças, monumentos e cidades mais famosas. O clima ameno, a beleza das costas, a riqueza e a história, o amor pela cozinha e as belas praias, fazem dessa região uma terra para viver.


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.


É um território rico em história, caracterizado pela colonização contínua que remonta aos antigos gregos e fenícios, que estavam se movendo nessas águas para o comércio. É o berço da criatividade e alegria, e é dessa região que vem a tradição secular da música clássica e óperas teatrais. Foi aqui que nasceu a ópera Buffa.

Uma região que tem muito a oferecer, onde há lugares bonitos e lugares feios, muitas vezes o problema para o turista é apenas a escolha; o que ver e o que deixar para uma próxima visita; a seguir, passamos a listar aqueles que são lugares para visitar imediatamente, e se apaixonar por essa bela região.

 

1)NÁPOLES

Começamos esta descoberta a partir da maravilhosa cidade do sol, Nápoles, uma das mais belas do mundo, que atinge os visitantes pela sua animação, por suas cores esplêndidas do mar, mas também pela sua história que ressurge em cada esquina do centro antigo. Onde quer que você olhe, há detalhes para se admirar as vistas fascinantes, tendas, igrejas e obeliscos barrocos.


DICAS SOBRE NÁPOLES?


A primeira visão é a da Baía de Nápoles, e você parece ver uma imagem de cartão postal, que fala e conta a história do povo napolitano. Mesma emoção para aqueles que decidirem admirar a cidade da colina de Vomero, onde está a Certosa di San Martino, no momento em que você encontrar um dos maiores complexos monumentais de Nápoles, como a charmosa e muito bem sucedida representação barroca, contornada pelo Castelo San Elmo, e os olhos fixos na cidade, que se estende livre, e que é dividida em duas, graças à famosa Rua Spaccanapoli.


COMO IR EM NÁPOLES A PARTIR DE ROMA?


Um olhar especial que você precisa dedicar é para a praça principal, a Piazza del Plebiscito, o ponto de união entre o mundanismo comercial e da quietude do mar. A praça está rodeada por monumentos importantes, como a Basílica de San Francesco di Paola e, especialmente, o Palácio Real, uma das quatro residências de Nápoles durante o Reino Borbone, no período do Reino das Duas Sicílias.

Fonte: Nicola Capuozzo Free Wings


2) CASERTA

Se você estiver na Campania, uma visita ao Palácio Real de Caserta é obrigatória, uma beleza e um charme que você não pode renunciar.

O Palácio Real de Caserta é um dos tesouros mais fascinantes italianos dos últimos tempos, um belo exemplo da arquitetura italiana do século XVIII, rodeado por um jardim-parque que se estende por três quilômetros. Realmente um espetáculo. La Reggia, ou Palácio Real, foi construído pela família Borboni, na década de 1750, para garantir que ela poderia suportar a comparação de magnificência majestosa com o famoso Palácio de Versalhes, em Paris. O palácio tem uma planta retangular e abrange cinco andares.


DICAS SOBRE CASERTA?


Todos os cinco andares têm apartamentos históricos e salas de estado, que estão abertas para visitar, bem como todas as salas privadas dos reis Borbone, onde se pode admirar móveis, enfeites, lustres e esculturas de grande valor. Após a primeira antessala, percorrem-se os quartos de 800, com estuque de ouro histórico e de valor inestimável, e os quartos de trás, (Retrostanze) também com objetos valiosos, que testemunham a habilidade e maestria de artesãos locais e estrangeiros.

Fonte: Simone Cangemi


A segunda parte do percurso é dedicada aos salões de 700, decorados com sedas preciosas, relógios de formatos curiosos e refinadas porcelanas. Nesses ambientes, a realeza recebia seus amigos mais íntimos. A beleza do Palácio, naturalmente, não para no edifício majestoso e em seus magníficos andares, pois é no parque cênico do palácio, ao longo de mais de três quilômetros, que você pode ver fontes notáveis, embelezada pelas muitas esculturas que contam antigas histórias mitológicas que estão espaçadas de maneira luxuriante em espaços geométricos.

Quando chegar ao pé da colina, há o Jardim Inglês, o canto mais charmoso e agradável de todo o parque. Aqui, além das velhas árvores provenientes do mundo todo, você pode admirar a Serra, o Casino Inglês, o labirinto e o esplêndido “Banho de Vênus”, onde uma estátua de Vênus (feita de Mármore de Carrara) é retratada no ato de sua saída  da água de um pequeno lago, cercada por uma floresta. Esta parte do parque foi feita a pedido da Rainha Maria Carolina, como um lugar de lazer.

3)COSTA AMALFITANA

Uma etapa obrigatória, de beleza extrema nesta região é, certamente, a Costa Amalfitana, uma das áreas mais bonitas para visitar, não só da Campania, mas de toda a Itália. Declarada patrimônio da UNESCO em 1997, é conhecida no mundo inteiro por ser um lugar especial que oferece uma vista inesquecível e fortes emoções.

Fonte: Daniele Pinto


A Costa Amalfitana é um trecho de costa, localizado ao sul da Península de Sorrento, com vista para o Golfo de Salerno, faz fronteira, a oeste, com Positano e a leste com Vietri, no mar.


DICAS SOBRE A COSTA AMALFITANA?


Famosa em todo o mundo pela sua beleza natural é o lar de locais turísticos mais importantes. É considerada patrimônio da UNESCO. Recebe o nome da cidade de Amalfi, núcleo da Costa, não apenas geograficamente, mas também historicamente. A Costa Amalfitana é notável pela sua diversidade: cada cidade da Costa possui o próprio caráter e as próprias tradições. A Costa Amalfitana também é notável por seus produtos típicos, como o Limoncello, licor obtido do limão da região (limão do tipo ‘sfustato amalfitano), os aliches e as conservas de peixe, feitas em Cetara, e as cerâmicas, feitas e pintadas à mão, em Vetri.


COMO IR NA COSTA AMALFITANA A PARTIR DE ROMA?


4) AMALFI

Como primeira etapa da viagem para descobrir a Costa Amalfitana, é preciso partir da cidade que deu nome a Costa, ou seja, Amalfi, a “rainha” desse pedaço do Paraíso italiano. É um lugar, espremido entre o mar e a montanha, com uma vista altamente eficaz. O primeiro passo é visitar a Catedral (Duomo), que é alcançada através de uma escadaria íngreme.


DICAS SOBRE AMALFI?


A catedral tem que tem uma majestosa fachada em folhas de ouro e portas em bronze, é dedicada a Santo André e data do século IX. Para visitar no seu interior, há o Claustro do Paraíso. É imperdível, de qualquer maneira, uma caminhada na vila costeira, entre as ruas estreitas e as muitas lojas de artesanato.

Fonte: Upside Down


5) POSITANO

Outra ‘pérola’ que não deve faltar no passeio pela Costa, é Positano. Construída em vários ‘andares’, ligados por uma miríade de escadas, com subidas e descidas, tem uma vista excitante que é verdadeiramente único e surpreendente.

Fonte: Alfonso Longobardi


Debruçada sobre a pitoresca Costa Amalfitana, declarada Património da Humanidade, este é um lugar com paisagens de magia e maravilhas para os turistas e visitantes. Particularmente características são as ruas estreitas, pequenas praças e escadarias com lojas de artesanato para explorar a pé, para admirá-los da melhor maneira possível, entre tecidos leves e esvoaçantes, imersa em uma cultura que parece com as invasões sarracenas e que é uma surpresa, até mesmo para aqueles mais acostumados a ver esses pedaços de história.


DICAS SOBRE POSITANO?


Aqui, em Positano, você tem que vir ver e se perder nas ruas a cidade para apreciar a beleza de um lugar que é fascinante em muitos aspectos. Positano é um lugar para não perder se você quer saber a magnificência da Costa de Amalfi e passar algum tempo longe do barulho da cidade, você pode visitar em qualquer época do ano, embora o melhor momento seja no verão, porque a cidade está animada, viva e cheia de vida social.

 

6) SALERNO

A esse ponto deixamos as vistas pela Costa para fazer um outro passeio por outra bela cidade, Salerno, situada entre a Costa de Amalfi, a planície do Sele e Cilento, encanta os seus visitantes há séculos. Historicamente, nasceu como um centro de Osco-etrusca, e mais tarde tornou-se sunita e, finalmente, uma colônia romana. Na Idade Média, Salerno se tornou parte do ducado longobardo de benevento e Principado autónomo. Muitos destes antigos vestígios ainda são visíveis no centro histórico da cidade. Muitos destes antigos vestígios ainda são visíveis no centro histórico da cidade. Um destino para se visitar.

O centro histórico de Salerno, a partir da Idade Média, é um dos melhores da Itália. No emaranhado de ruas, existem palácios do período de normandos e lombardos, a partir da Via dei Mercanti, você pode encontrar as violetas fascinantes que levam ao Museu da Faculdade de Medicina de Salerno, ao Museu Arqueológico e a Pinacoteca de Arte Provincial. Não longe dali, surge a Catedral de São Mateus, o Duomo local. Atrás do Centro histórico, há o Castelo Longobardo de Arechi, que domina a cidade.

Fonte: lakejarson


A poucos passos do centro histórico, é impossível não visitar os Jardins de Miverna. Localizados na montanha de Canalone, se encontra uma vista para o mar onde você pode ter uma visão única da Baía e da cidade, uma bela paisagem panorâmica. Os jardins são facilmente acessíveis por elevador, pagando uma taxa de entrada pela visita.

7) CAPRI

Não tem como não visitar um dos lugares que fizeram da Campania famosa no mundo todo, Capri. As praias de Capri foram imortalizadas em diversos filmes, e não só italianos, agradam pela beleza, fascínio e atrações. São feitas de seixos e rochas, a água é alta, mas aqui parece se estar em um paraíso de conforto e prazer. O mar tem, como sempre, a água limpa e uma cor azul escuro.


DICAS SOBRE CAPRI?


Características são as Faraglioni, três pequenas ilhotas rochosas ao longo da Costa, criando um efeito cénico e paisagem espetacular. A costa é recortada com inúmeras enseadas e baías que se alternam com penhascos íngremes. A mais famosa é, sem dúvida, a Gruta Azul, onde os efeitos de luz mágica foram descritos por muitos escritores e poetas.


Fonte: PARADISE PICNIC


No dialeto de Capri é chamada de “chiazza”, o nome oficial é Piazza Umberto 1, por todos, no entanto, é conhecida como La Piazzetta di Capri. O centro de Capri, o cubo, onde se concentra toda a vida da ilha, é impossível não passar, e é difícil não parar, pelo menos para um café. Nas noites de verão, mal se passa entre a multidão misturada, e tudo que podemos fazer é sentar, tomar um drinque e assistir o espetáculo humano. É nesse momento que se entende porque é chamada de sala do mundo. A poucos metros de distância uns dos outros, se sentam princesas dos reinos do Norte, atores italianos, milhares de americanos e pessoas comuns, que se misturam para a hora do aperitivo. O símbolo da Piazzeta é uma pequena torre, um dos casos mais originais de ‘sinos isolados da igreja’.

8) SORRENTO

Ficar na praia vale uma nota, a bela Sorrento, situada num terraço rochoso, com vista para o mar, é famosa por suas belas praias e uma excelente gastronomia. Ela é chamada de a cidade dos citrinos da península de Sorrento, onde a paisagem é caracterizada por uma alternância de mar e montanhas, com costas escarpadas e de difícil acesso alternativos para pequenas e escondidas praias, criando uma paisagem única.


Fonte: Hitoshi Kubota


Aqui o trabalho do Homem foi grande. As áreas mais ásperas são agora transformadas por uma série de descendentes terraços para o mar, usadas para cultivar frutas cítricas, oliveiras e videiras. São os jardins de onde se espalham os aromas inebriantes de laranja, limão e flores. A visita à cidade pode começar a partir do coração da sua encantadora cidade antiga, a importante Piazza Tasso, dedicada ao grande poeta e autor de ‘Gerusalemme Liberata’, que nasceu em Sorrento. Entre os lugares para visitar você não pode perder a igreja de São Francisco de Assis com o seu pequeno claustro do século XIV, e a Basílica de Santo Antônio, conhecida por seu presépio do século XVIII.

Um belvedere encantador com vista para a estrada que leva à aldeia de Marina Grande, enquanto Via della Pietà leva ao bairro medieval da cidade. A gastronomia também é uma atividade que se destaca em Sorrento, com produtos típicos como o sorbet de limoncello, e muitas outras delícias de limão, e não é só isso, sabores para serem apreciados caminhando ao longo do Corso ou permanecendo em um dos muitos cafés típicos de Sorrento.

9) POMPÉIA

Parada obrigatória para os apaixonados por história e arqueologia, Pompéia surge mostrando toda sua glória para os admiradores que, exatamente, são fascinados por sua beleza, pelo seu passado misterioso, e tão fascinantes. Pompéia é uma cidade famosa mundialmente por suas escavações arqueológicas, e foi enterrada por um mar de lava na última erupção do Vesúvio.


DICAS SOBRE POMPÉIA?


Ela tem um dos sítios arqueológicos mais visitados do mundo, e está a apenas 20 km de Nápoles. Acabando de chegar à cidade, você pode visitar o Santuário de Nossa Senhora, onde dentro há a Capela do Beato Bartolo Longo e outros lugares para o bem-estar espiritual dos peregrinos.


Fonte: pdvaeriennes


A poucas centenas de metros do Santuário, você pode visitar o sítio arqueológico, que abriga vestígios históricos e arqueológicos da antiga cidade de Pompéia. Obras-primas verdadeiras da época romana, com casas burguesas, termas, piso seixos e afrescos devidamente restaurados nos anos cinquenta, as ruas e becos da antiga Pompeia são capazes de encantar cada espectador. O passeio dentro do sítio dura cerca de quatro ou cinco horas e você pode contar com um guia ou seguir uma rota separada.
10) ATRANI

Terminamos essa viagem de dez coisas para visitar na Campania, com ‘visitar uma aldeia bonita’, que é Atrani. Esta pequena cidade espectacular na Costa Amalfi tem mantido a aparência de uma aldeia medieval, tanto na aparência quanto na atmosfera.

Atrani é feita de becos e ruas estreitas, firmada entre as casas de arcos brancos, e o cheiro inebriante de limões e mar, ao convidativo sabor de sua culinária rica e saborosa, com a calorosa recepção e hospitalidade da população local. A bonita cidade de Atrani, antiga residência da nobreza Amalfi no momento da República Marítima, é um destino que ainda não foi ‘invadido’ pela grande massa de turistas em comparação com Positano ou Ravello, mas não tem nada a invejar a elas.


Fonte: WeCanFly


É uma pequena vila cheia de atrações históricas e artísticas, desde os restos das moradias sumptuosas dos ricos patrícios romanos até as belas igrejas. A Colegiada de Santa Maria Madalena, construída sobre uma antiga fortaleza medieval de agradecer ao santo por ter libertado o país do Saraceni, tem um elegante campanário e uma cúpula de faiança em estilo barroco.


Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia


Ele preserva pinturas e esculturas importantes, incluindo  ‘Incredulidade de St. Thomas’, do pintor Palermo Andrea Sabatini. Abaixo há a igreja de São Salvador de Sirecto, que tem uma fachada com um relógio grande e uma escadaria pitoresca, ele foi projetado no período barroco, e está localizado na Praça Umberto I, a poucos passos da Piccola Spiaggia. Nesta igreja, durante a República Marítima foram coroados os dogis. Você não pode perder uma visita à famosa Gruta de Masaniello no Monte Aureo, e a Caverna dos Santos. Verão e na primavera são, sem dúvida, a melhor época para visitar Atrani e para desfrutar plenamente o mar. Se você decidir passar o verão em Atrani, não perca o festival de peixes azuis em Agosto, ou a festa de Santa Maria Madalena, que é comemorada em 22 de julho, ou o Ano Novo bizantino, celebrado com trajes coloridos em 31 de agosto, apenas no final do verão.

Conclusões

Na Itália, cada região é uma descoberta, mas a Campania propõe inúmeras maneiras de viver e descobrir a beleza da terra, uma harmonia perfeita entre história, natureza, cultura, folclore e sabores genuínos. Nesta área, há lugares onde você pode passar férias de cultura, esporte e diversão, mas acima de tudo, para regenerar e recuperar o equilíbrio psicofísico, mimando-se em um dos muitos spas, ou apenas admirar a beleza e a alegria dos napolitanos, um magnífico remédio para a alma.

 


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

 

 

2 Comentários
  1. Renata Ginatario Diz

    Parabéns pela descrição da região da Campânia! Cativante, histórica e cultural )! Eu já tinha a intenção de conhecer a região dos meus avós… depois de ler seu blog, me animei ainda mais. Grazie!
    Abs

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      🙂 obrigada querida!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.