Como se deslocar dentro das cidades italianas?

Geralmente todas as atrações turísticas estão concentradas nos centros históricos, por isso grande parte pode ser vista simplesmente com uma bela caminhada.

30 2.197

Economizar na Itália: Transporte

Como se locomover nas cidades italianas?

A primeira coisa que aconselho a ser feita, quando você chegar no hotel, peça um mapa turístico e divida as principais zonas turísticas a serem visitadas pelo número de dias que você vai ter a disposição naquela cidade.

Geralmente todas as atrações turísticas estão concentradas nos centros históricos, por isso grande parte pode ser vista simplesmente com uma bela caminhada.

Quando temos pouco tempo a nossa disposição (ou quando estamos com crianças, pessoas que não conseguem caminha tanto) a melhor coisa é utilizar os transportes públicos ou um táxi (ou motorista particular), para os vários deslocamentos, de modo que possamos visitar o maior número possível de lugares em um dia.

ONDE COMPRAR OS BILHETES?

Lembra sempre que os bilhetes para o transporte público devem ser comprados antes de entrar nos ônibus ou metrôs, nos guichês, máquinas de auto-atendimento, bilheterias, tabacarias ou edicolas (bancas de jornais).


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.


CONVALIDE O BILHETE!!!

Muitas pessoas viajam sem timbrar, mas acredite não vale a pena, o preço do bilhete é muito pequeno e se for surpreendido pela fiscalização sem o bilhete ou sem ter convalidado vai pagar uma multa muito cara, vai ter que descer imediatamente do meio de transporte, vai receber uma repreensão verbal, pensa que vergonha? Acha realmente que vale a pena? Convalide sempre os bilhetes, ou como alternativa melhor, compre os bilhetes que vale para o dia inteiro. A máquina para convalidar está sempre dentro do ônibus. No caso dos trens você vai encontrar a máquina sempre perto do binário/plataforma.

Quanto vamos gastar com o metro na Italia?

Mediamente as passagens dos ônibus /metro custam pouco, mais ou menos 1,50 € por trajeto; e grande parte das cidades, como por exemplo Roma, Milão ou Veneza, dão a possibilidade de comprar um bilhete diário (para o dia inteiro) que nos ajudará a economizar ainda mais. Somente para você ter uma idéia de valores, em Roma

  • BIT (€ 1,50) valido por 100 minutos do momento que convalida
  • BIG (€ 7,00) por 24 horas, número ilimitado de vezes dentro de Roma.
  • BIG (€ 12,50) por 48 horas, número ilimitado de vezes dentro de Roma.
  • BTI (€ 18,00) por 3 dias, número ilimitado de vezes dentro de Roma.
  • CIS (€ 24,00) por 7 dias, número ilimitado de vezes dentro de Roma.
RESUMINDO

Por isso o meio de transporte mais econômico será sempre o metrô ou os ônibus públicos, mas caso prefira viajar com mais tranqüilidade ou se estiver com pessoas de idade ou com crianças opte pelo táxi ou a um motorista privativo, caso você prioriza a comodidade e o conforto. Tenho vários parceiros que oferecem esse tipo de serviço..

PEÇA-UM-ORÇAMENTO-SEM-COMPROMISSO!!!

Qualquer dúvida?

Deixe o teu comentário, que responderei o mais rápido possível..

Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia

 


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

 

 

 

 

30 Comentários
  1. vitor brondani Diz

    Quais os meios de trnasporte entre a Italia continente e a ilha de Sicilia e qual o mais barato ? para fixar residencia é dificil ? a linguagem é muito diferente ?

    1. Touristico Diz

      Olá Vitor, tudo bem?
      Em relação as tuas perguntas:
      1: Para chegar na Sicília vocês têm três alternativas, chegar com um vôo (aeroportos de Catânia ou de Palermo), chegar via terrestre passando por Calábria, pegando o ferry perto de Reggio Calabria (em Villa San Giovanni), a terceira é com trem (a partir de qualquer ponto de Itália você pode pegar um trem para as principais cidades turísticas da Sicília. O mais barato depende de onde você vêm e qual meio de transporte você utiliza.. mas o ferry ou o trem é bastante econômico..
      2 A residência você deve pedir no “ufficio anagrafe” da cidade onde você quer morar, apresentando os seguintes documentos: permesso di soggiorno (documento que te dá a permissão para estar na Itália, seja por razão de estudo, de trabalho, morar com um parente ou de estar fazendo a cidadania italiana, todos documentos traduzidos e juramentados ( certidão de nascimento, casamento, relação de parentesco) e Codice Fiscale.
      3. A linguagem não é muito diferente, em um mês dá para ter uma boa compreensão e falar um pouco.. mas isso obviamente depende de pessoa a pessoa.
      Espero de ter sido útil.
      Grande abraço da Itália, 🙂
      Patrícia

  2. Mário Sérgio Diz

    Chegarei de um cruzeiro, em Savona dia 15/04/2015 e irei para Espanha (Galícia) e gostaria de passar 3 ou 4 dias na região para conhecer alguma coisa na Itália de forma econômica..
    Posso adquirir um transfer para Milão por R$85,00 (x 2 pessoas) caso use transporte aereo pra Espanha.
    Gostaria de opnião sobre, se vale a pena alugar um carro pra esse período(ainda não tirei a PID) ? e outras dicas, excursões locais, etc.

    Obrigada e parabéns pelo site,
    Mário Sérgio

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Mário Sérgio tudo bem?

      Se você vai chegar em Savona, eu te aconselho a fazer algumas das seguintes excursões, escolher como base para a primeira noite La Spezia e passar um dia passeando pela região das CinqueTerre.. em La Spezia que é a porta de entrada para Cinqueterre você vai encontrar mais fácilmente opções de hotéis com um bom preço. Dali você pode comprar o bilhete de trem que passa por todas as cidadezinhas de Cinquettere e passear durante todo o dia, esse bilhete custa mais ou menos euro 10, por pessoa.

      Outra opção, seria pegar um trem e ir para Florença e passar ali pelo menos dois dias.. De Florença com o trem você pode visitar Lucca, Pisa e Siena (pagando uma média de preço de euro 10,00 para os trajetos mais economicos).

      Bem, infelizmente com 85,00 reais você vai conseguir pegar somente um transfer dentro de Milão (e talvez nem isso).. um transfer a partir de Savona ou de Florença não sai por menos de euro 300,00 (estou dando um preço médio para você entender os valores)..

      Em relação aos trens para você ter uma média de custos:
      Savona – La Spezia: a partir de euro 12,00 (com o trem regional, que é o mais simples e demorado)
      Savona – Florença: a partir de euro 25,00 (com o trem regional, que é o mais simples e demorado)
      Savona – MIlão: a partir de euro 16,00 (com o trem regional, que é o mais simples e demorado)

      Você pode comprar os bilhetes diretamente atráves do site http://www.trenitalia.com/

      Sinceramente eu acho que vale a pena pegar o carro na chegada no porto Savona, fazer primeiro dia Gênova e zona de Cinqueterre, partir para Florença com parada em Pisa e Lucca, 3 dia dedicado a Florença e 4 dia partir para MIlão. Seria um tour corrido, mas dá para fazer..

      Grande abraço da Itália
      Ana Patricia

  3. ELIZABETH MURARO Diz

    Já viajei a Itália diversas vezes.Melhor se hospedar em La Spezia os hotéis são bem mais baratos que Cinque Terre.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Elizabeth justamente o que falei 🙂 Obrigada pelo teu comentário!! Espero que a nossa ajuda possa ser útil para o Mário.. e se quiser dar outros sugestões e conselhos esse é o espaço ideal.. vai ser ótimo o teu contributo 🙂 Grande abraço da Itália querida!

  4. Andréa Lucena Diz

    Olá Ana Patricia! Teremos (eu e meu marido) 15 dias para viajar para Europa e escolhemos conhecer Paris (5 dias) e depois viajar para Itália. A primeira ideia é ir primeiro para Paris e depois viajar por terra em direção a Roma passando por Milão, Veneza, Florença e o que der até chegar em Roma de onde voltaríamos ao Brasil. Gostaria de ouvir sua opinião sobre este roteiro, se invertê-lo teria alguma vantagem e quais cidades na Itália vc sugere conhecer neste esquema (quantos dias para cada, incluindo Roma).

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Oi André, tudo bem? O teu roteiro basicamente passa pelas cidades clássicas e é o ideal se você está vindo na Itália pela primeira vez.. você pode ir de Paris para Milão com um trem ou com um vôo, veja esse post que fiz sobre idéias com conselhos de roteiros para dez dias! Tenho certeza que vai te ajudar muito.. responde todas as tuas perguntas acima 🙂
      Qualquer outra dúvida me escreve que vai ser um prazer te responder!! Abraços

    2. Marcelo Cavazzini Diz

      Se eu pudesse dar uma dica em seu roteiro, tiraria Milão e me concentrava em Veneza, Florença e Roma…..
      Veneza é um lugar para ficar uns 3 dias, mas não fique exatamente em Veneza, fique em Veneza Mestre, além de ser mais barato, você não vai precisar carregar malas subindo e descendo escadas por Veneza.
      O hotel eu indico o Ai Pini que praticamente em frente tem ônibus que passa a cada 20 minutos para Veneza e é super fácil e rápido de chegar lá.

      Roma indico 4 dias… Eu basicamente não usei nenhum meio de transporte em Roma para conhecer as atrações, o ideal é que fique em um lugar no “meio” da distância de Coliseu e Vaticano, como dica fica o hotel Navona Colors ou algum outro que encontre naquela região. É possível fazer tudo a pé de lá!

      Termine os outros 3 dias da sua viagem em Florença… “perca” dois dias para conhecer Florença e o outro tire para ficar duas horinhas e conhecer Pisa (vá bem cedo para conhecer as atrações de lá) e o restante do dia para conhecer Cinque Terre!
      Eu fiz isso e não me arrependo nem um pouco em não ter conhecido o Duomo em Milão…. a não ser é claro que sejam aficionados por moda.

      1. Ana Patricia Da Silva Diz

        O que dizer?? Marcelo assim você me “rouba” o trabalho.. ah ah.. ótimo comentário!! Obrigada querido!!!

    3. Danielle Furlanetto Diz

      Andrea, concordo em termos com o Marcelo. Descordo, pois: 3 dias em Veneza é cansativo, perto de tantas belezas que a Itália tem para te oferecer. Com 10 dias na Itália, eu faria o seguinte: 2 dias em Verona, cidade da história de Romeu e Giulietta, que é linda e aconchegante; 2 dias em Veneza, se você for fazer a excursão às Ilhas de Murano, Burano e Torcello, pois um dia deve ficar reservado para o Palazzo Ducale, um passeio a pé e a visita a Basílica de São Marco. Já fique em Mestre e em Veneza em si. É bem verdade o que o Marcelo disse sobre o sobe e desce com malas pelas escadas, mas agora em junho fiquei em um hotel 2 estrelas, bem familiar, que fica há 300 metros da estação e não tem esse sobre e desce. Chama Hotel Al Gobo e fica na Via Canarregio, à esquerda de quem chega na estação Santa Lucia. Os outros 8 dias: 4 dias em Roma, que se faz realmente tudo a pé, com um dia reservado para a excursão de Roma a Capri, que é imperdível. 4 dias em Florença (minha segunda casa na face da terra), que é belíssima e, se explorada por meio de caminhadas à noite, é deslumbrante, pois os monumentos são iluminados e exóticos, existem shows com música na Piazza Della Republica, fora os passeios com ônibus de City tour, que vão bem em qualquer cidade do mundo que você visitar. Se quiser visitar museus precisará um pouco mais de tempo, mas se a paisagem te satisfizer, dois dias em Florença está bom. Deixe um dia para a excursão de um dia na Toscana com almoço incluso, onde você vai conhecer Pisa, Siena e San Giminiano, e outro dia para a excursão em Cinqueterre, que fica distante, mas te poupa de deslocamento com mala até outro hotel, se você fixar sua estadia em Florença. Excelente viagem para vocês!

      1. Danielle Furlanetto Diz

        Só corrigindo: “discordo, pois…” rss

      2. Ana Patricia Da Silva Diz

        Querido, outra vez, pode colocar tb esse comentário nesse link http://www.viajandoparaitalia.com.br/informacoes-uteis/viajando-pela-italia-conselhos-turisticos/quantos-dias-eu-precisoparaconhecerosprincipaislugaresturisticosnaitalia/ .. obrigada pela tua partecipação!! Ana Patricia

        PS: Você gostaria de participar a nossa seção Experiencia dos leitores contanto sobre as tuas viagens na Itália?

    4. Danielle Furlanetto Diz

      Andréa, falar da Itália me enlouquece tanto, que eu te dei um roteiro de 12 e não de 10 dias. Tire um de Verona (chegue cedo, curta Verona e logo cedo no dia seguinte vá para Veneza) e um dia de Roma. Dois dias por lá, numa passagem relâmpago, são suficientes. Agora, se vale a dica… 5 dias em Paris é muito. 3 dias está ótimo. Boa viagem!

      1. Ana Patricia Da Silva Diz

        Concordo absolutamente.. !

  5. carla calzavara Diz

    Oi Ana Patricia?
    Estou adorando seu blog. Tem muita coisa interessante para uma amiga minha que vai no final do mês para a Itália.
    Curti sua página no Facebook, mas, não sei se consegui rsrsrs
    Quero ver todas suas postagens!!
    Bjos,
    Carla

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Obrigada querida! Lembra de se registrar para receber a newsletter:) assim você fica por dentro 🙂 de tudo..
      Grande abraço
      Ana Patricia

  6. Guia turistico Diz

    Boa tarde
    Gostaria de uma cotação de guia turístico na 17/07 a 22/07 de Milão, Verona, Modena, como, ferrara e Bologna.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      enviei um email querida:)

  7. Telma Regina Queiroz Rui Diz

    Ana Patricia, não entendi isso de timbrar e convalidar o bilhete. Eu compro o bilhete para o onibus / trem no guiche, mas onde tem que convalidar ?? Quem tem que convalidar o bilhete ?? Vou me locomover de trem e de onibus em minha viagem em julho e gostaria de saber como fazer essa convalidação.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Perto dos binários/plataformas tem as máquinas amarelas para poder convalidar.. enquanto para os ônibus a máquina para convalidar/timbrar está dentro do ônibus. Os bilhetes de trem que são com reservas, ou seja especificado o número do vagão e do lugar para sentar não precisam ser convalidados, basta sentar no teu lugar tranqüilamente. Abraços
      Ana Patricia

  8. Nome* Diz

    Eu quero saber + ou _ quanto vou ter que levar, quero esquiar , e conhecer algumas cidades, fazer algumas compras.Abracos obfigada

  9. Kenia Diz

    Oi, Ana Patrícia! Gostaria de saber quanto custa um táxi de Savona para o aeroporto de Gênova para 4 pessoas. E também se tu sabes se há algum lugar para guardar as malas no porto de Savona ou perto dele, pois nosso cruzeiro chega de manhã e nosso avião para Roma parte no começo da noite.
    Obrigada!

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Qeurida por favor me envia o pedido por email: [email protected]il.com 🙂
      Em relação ao guarda mala não achei informações por internet, mas geralmente têm sim..
      Aguardo o email;
      Abraços
      Ana Patricia

  10. Nadia Diz

    Bom dia Ana Patricia!
    Eu e meu esposo vamos para a Itália pela primeira vez. É nossa comemoração de aniversário de 10 anos de casados! Chegaremos por Veneza (ficaremos 3 dias). Seguiremos para região da Toscana, tendo como base Siena. Lá pretendemos conhecer Florença, Siena, San Giminiano, Lucca (3 dias) e depois seguir para Roma (4 dias). Te pergunto: 1) bom roteiro!? 2) qual o melhor meio de transporte de Veneza para Siena!?? Em Siena pretendemos alugar um carro. E de Siena pra Roma, qual melhor transporte?! Obrigada

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Oi querida te aconselho a pegar o carro em Florença e deixar somente em Roma, assim você poderá conhecer de modo fácil todo o interior da Toscana que é super complicado de conhecer sem um carro e indo com o carro de Siena para Roma poderá por exemplo parar em Perugia, Orvieto ou Assis.. por isso é uma ótima opção:)
      Grande abraço e boa viagem, Ana Patricia

  11. Roger Nunes Souza Diz

    Olá Ana Patricia.

    Estou indo para a Italia pela primeira vez e achei muito bacana esses bilhetes de onibus que valem por 24, 48 horas, etc. Porém tenho uma dúvida…quando eu descer no aeroporto de Roma, eu consigo comprar e validar esse bilhete lá mesmo no aeroporto? Por favor me ajude.

    Obrigado

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Roger o bilhete para ir do aeroporto para o centro não faz parte desse circuito, porque o Fiumicino não é considerado Roma. Convém comprar o bilehte quando chega na estação termini. Um grande abraço e boa viagem, Ana Patricia

  12. ALE Diz

    ANA PATRÍCIA, PARABÉNS!! QUE BLOG SENSACIONAL

    ADOREI, SUPER DETALHADO.
    ESTÁ ME AJUDANDO MUITO. FAREI UMA VIAGEM ESTE ANO PARA ITÁLIA. ROMA, TOSCANA, CINQUE TERRE, VENEZA e MILÃO
    VOU ALUGAR UM CARRO ESTOU COM MUITA DÚVIDA EM RELAÇÃO AO PAGTO DOS PEDÁGIOS
    UMA PERGUNTA:
    AQUELE SISTEMA TELEPASS QUE TEM NA ITÁLIA, NÃO É POSSÍVEL ADQUIRIR QUANDO SE ALUGA O CARRO?
    DA MESMA FORMA QUE FAZEMOS COM O VIA VERDE EM PORTUGAL?

    OBRIGADA !!!!!

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Olá, obrigada pelo carinho. Em relação ao pedágio você paga diretamente com o cartão de crédito ou dinheiro quando necessário. Não acredito que se possa alugar o telepass na concessionária. Boa viagem, Ana

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!