Itália do Norte

A Itália do norte ou setentrional é composta pelas seguintes regiões: Emilia-Romagna, Friuli-Venezia Giulia, Liguria, Lombardia, Piemonte, Trentino-Alto Adige, Valle d’Aosta e Veneto. Esta, por sua vez, se  divide geograficamente e estaticamente de duas maneiras,  Itália norte – ocidental e Itália norte – oriental.

A primeira engloba as regiões da Lombardia, Ligúria, Piemonte e Valle d’Aosta e é caracterizada por três situações geológicas diferentes: os Alpes, as planícies e as costas do Mediterrâneo. Do  ponto de vista econômico é certamente a área mais industrializada do país; é aqui que encontramos o chamado “triângulo industrial”, que tem seus pontos culminantes nas cidades de Milão, Gênova e Torino. Mas não é só isso, nesta zona encontramos importantes cidades rica em arte, como Torino e Milão e áreas ricas de beleza paisagística, como por exemplo Cinque Terre, o Parque Nacional Gran Paradiso, o Lago Maggiore e o Lago de Como que fazem desse território um dos mais procurados pelos turistas.

A Itália norte-oriental,  compreende  Friuli-Venezia Giulia, Emilia-Romagna, Trentino-Alto Adige e Veneto, com sua grande variedade de paisagens e tesouros artísticos e também é um importante destino turístico. As imponentes Dolomitas entre o Trentino-Alto Adige e o Veneto, são cheias de castelos medievais e modernas estâncias de esqui. Na planície, as cidades de Verona, Vicenza e Pádua são famosas pela riqueza do seus monumentos e museus, enquanto a paisagem é cheia de vilas do famoso arquiteto Palladio. Finalmente chegando na zona do mar, as lagoas de Veneza, espetacular, incomparável, cidade única no mundo!. A leste, encontraremos a região de Friuli com os seus importantes vestígios romanos, e por último mas não menos importante, a famosa região de Emilia-Romagna, que marca a fronteira entre o norte e centro da Itália, uma das áreas mais ricas da Itália com cidades históricas, como Bolonha, Modena, Parma, Ferrara Ravenna.

Categorias:

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!