O que fazer em Bolonha em um dia?

Tem um dia livre em Bolonha? Vem ver o que você pode conhecer na cidade!

0 5.747

O que visitar em Bolonha em um dia?

“Bolonha, a Erudita”

Bolonha, a capital da região de Emília-Romanha, está localizada na Planície Padana, logo antes da Cordilheira dos Apeninos. É uma cidade antiga, habitada desde o início de sua história pelos Etruscos. Logo no período medieval já era um dos centros universitários mais importantes.


Faça da sua viagem para Itália uma experiência única! Conheça os meus e-books com dicas exclusivas de quem conhece o melhor da Itália!


A cidade é repleta de antigas obras de arte, com uma intensa vida cultural e um patrimônio histórico muito interessante. Muito famosa pelos seus pórticos que cobrem grande parte do centro histórico, construídos para oferecer maior conforto aos ilustres estudiosos e letrados que vinham de toda a Europa; é muito mais cômodo para caminhar tranquilamente em dias de chuva.

Bolonha na Itália
Bolonha na Itália

Pelo seu território passaram as maiores civilizações de todos os tempos, como os Etruscos, os Celtas e por fim, os Romanos – logo se tornando o centro da cultura, não é por acaso que seu apelido é “a Erudita”. Isso graças também à sua Universidade, uma das mais antigas do mundo, que ainda hoje recebe milhares de estudantes. Bolonha é uma das cidades mais lindas e fascinantes da Itália; planejar um roteiro cultural é a maneira ideal para conhecer seu patrimônio histórico e artístico. Considerando a quantidade significativa dos itens para ver que a cidade oferece, é indispensável se organizar bem para não perder as atrações mais importantes.


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.

Para quem vai ficar em Bolonha apenas um dia, a visita deve ser breve e um pouco resumida. Contudo, é possível ter uma ideia do clima caloroso e antigo da cidade através de um percurso rápido e essencial, concentrado ao redor do centro e da Praça Grande, onde encontramos a grandiosa Basílica de São Petrônio e os principais palacetes da Bolonha medieval (o Podestà, a sede da Prefeitura e o Tabelião de Notas).

Vamos começar nosso passeio pela parte mais representativa de Bolonha: o centro histórico. É aqui que ficam os maiores monumentos da cidade.

bologna-939337_1920Um deles é a linda Fonte de Netuno, localizada na praça de mesmo nome. Por causa da grandeza da estátua, os bolonheses a apelidaram de “Gigante”. Projetada pelo arquiteto Tommaso Laurenti, a estátua foi mais tarde feita pelas mãos habilidosas de Gianbologna (escultor flamengo Jean de Boulogne, conhecido como Giambologna, pois na época trabalhava para a família Medici em Florença).

Bolonha fonte netuno
Bolonha fonte netuno

Ainda nesta praça é possível visitar o Palácio do Rei Enzio, cuja construção é do ano 1200. Construído para ser o Palácio da Justiça da cidade, o edifício (também conhecido como Palácio Novo) tem seu nome em homenagem ao Rei Enzio da Sardenha, filho de Frederico II da Germânia, capturado durante a batalha Fossalta (1249), que aqui permaneceu recluso com todas as honras por vinte e três anos, até sua morte.


PASSEIOS EM GRUPO EM LÍNGUA PORTUGUESA NAS PRINCIPAIS CIDADES ITALIANAS? RESERVE AGORA CLICANDO AQUI!


Um pouco mais à frente chegaremos à Praça Grande, onde impera a Basílica dedicada a São Petrônio, padroeiro da cidade. No interior da nave esquerda, há um afresco imperdível: Maomé no Inferno. Agora vamos voltar para a praça para admirar os lindos palacetes, como o Palácio de Podestà (o mais antigo), o Palácio do Rei Enzio e o Palácio dos Bancos. A Praça Grande é uma das praças medievais mais encantadoras da Itália, toda cercada pelo lindo pórtico do Pavaglione e pela maravilhosa e inacabada Basílica de São Petrônio. O Palácio de Podestà hoje é sede dos escritórios mais importantes da cidade.

Bolonha

Com certeza vale a pena visitar o interior do palácio, onde hoje fica a Biblioteca Municipal – é possível conhecê-la mediante reserva para ver as relíquias etruscas da velha Bononia.


Quais são as 20 cidades mais visitadas na Itália?


Continuamos nosso passeio na igreja de Nossa Senhora da Vida, na Via delle Clavature, que fica logo à direita da basílica, não será difícil encontrá-la. Aqui podemos admirar a linda coleção de esculturas da Lamentação da Virgem sobre o Corpo de Cristo, obra de Niccolò dell’Arca, uma das mais importantes da história da arte.

Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia

Da Praça Grande, pegamos a Via Rizzoli para acessar as famosas torres da cidade, ambas pendentes, mais conhecidas como Torre da Garisenda (citada também por Dante em Divina Comédia) e a Torre dos Asinelli (utilizada como atalaia na Segunda Guerra Mundial).

bologna torreA esta altura, dá para perder o complexo de Santo Estêvão? Claro que não, porque é um dos lugares mais importantes, lindos e pitorescos da cidade. Só a praça com seus palacetes equipados com pórticos merece uma parada. Depois, claro, é preciso se espremer na multidão na igreja (na verdade, nas sete igrejas) e ficar encantado com tantas curiosidades relacionadas a este lugar fascinante. Afinal, vale dedicar uma visita a um dos lugares mais encantadores e ricos da cidade, com suas inúmeras igrejas, capelas e pátios.

Segundo a lenda, o bispo Petrônio (padroeiro da cidade), após uma visita à Terra Santa, desejava reproduzir as sete igrejas em Bolonha. Depois de vários remanejamentos, perduraram até os dias de hoje as igrejas: do Crucifixo, do Santo Sepulcro e dos Santos Vital e Agrícola. Merece também uma visita o Arquiginásio, um dos palácios mais importantes da cidade, que foi sede da antiga universidade de 1563 a 1803. O Palácio foi mandado construir pelo Cardeal Borromeu entre 1562 e 1563 sob projeto do arquiteto Antonio Morandi (também conhecido como Terribilia) para ser sede das escolas do Ensino Universitário (Direito e Artes). Até o ano de 1803, era sede da Universidade e desde 1838 abriga a Biblioteca Municipal.

Entre uma atração e outra, fique com os olhos bem abertos para observar os detalhes escondidos nas fachadas das casas ou em outros lugares improváveis – dentre eles se destaca a romântica janelinha sobre o canal. Pela Via Zamboni, caminhando em direção à Via Indipendenza, descobrimos outra Bolonha inesperada, onde a água passa pelo subsolo (e que até dois séculos atrás ainda eram canais abertos).

Sob o pórtico da Via Piella, uma pequena janela se abre com um ar de Veneza: a água molha a fundação das casas. Este pedacinho da cdade é conhecido como “a pequena Veneza”. Entre os palácios, é possível ver passar um dos poucos córregos que entre o início do século XX e o período após a Guerra Mundial não era coberto com asfalto.

Bologna Igreja San Luca
Bologna Igreja San Luca

Para voltar para a praça, vamos andar pela Via Indipendenza, a grande rua das compras, e depois, atrás da Praça Grande, vamos nos divertir um pouco passeando pelas ruazinhas das antigas lojinhas: o Quadrilátero. Depois de termos explorado Bolonha, “a Erudita”, vamos dedicar nosso tempo a Bolonha, “a gorda”, com bons pratos da culinária local. Aqui, durante o dia encontramos banquinhas de vários tipos de comida, desde fruta até peixe fresco (do Mar Adriático, que fica próximo), de capelete e mortadela até doces. À noite, antes do jantar, essas ruas se transformam e os empórios dão lugar aos bares e cafeterias, onde os bolonheses tomam um aperitivo ao fim do dia. A esta altura, nosso passeio por Bolonha está acabando, é preciso se despedir da cidade, torcendo por uma próxima visita, talvez com mais dias disponíveis.

Como Chegar em Bolonha?

Bolonha é considerada uma das principais cidades italianas pela sua localização estratégica, com interligações ferroviárias e rodoviárias.

De avião

O aeroporto de Bolonha, Guglielmo Marconi, fica a 6 km de distância do centro da cidade e dispõe das melhores companhias internacionais e de voos de baixo custo pela Europa. O serviço de shuttle é feito pelo Aerobus, que liga o aeroporto à estação de trem de Bolonha.

De trem

A Estação Central de Bolonha é conhecida não apenas como uma das maiores interligações ferroviárias da Itália, mas também da Europa. Está localizada perto do centro histórico e a menos de 3 km do Centro de Convenções. Há um sistema de transporte público muito eficaz que liga a cidade de forma rápida a diversas áreas, tanto o centro como a periferia.

Espero que isso tenha sido útil para você!


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?

 


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!