Por que conhecer a cidade de Pádua?

A cidade com seus mais de 3.000 anos de história herdou uma riqueza de monumentos históricos e artísticos que pode oferecer itinerários temáticos reais. Vamos conhece-la?

0 1.105

Por que visitar a cidade de Pádua?

A Itália é um país rico em cidades de grande interesse histórico e ambiental. Após a colonização dos vários povos que tiveram sucesso na Península, foi preservada a beleza monumental e a arte que o mundo todo inveja. Entre essas cidades que merecem uma olhada por serem ricas em história, cultura e beleza, tanto natural quanto artística, está a cidade de Pádua.


VAMOS VISITAR A BASILICA DE SANTO ANTÔNIO?


Uma cidade que tem muitos atrativos, muitas vezes pouco conhecidos, além da Capela Scrovegni, em que Giotto pintou uma de suas obras-primas, poucos conhecem todos os museus, jardins, igrejas e monumentos que nos dá Pádua. É por isso que sua descoberta pode ser uma agradável surpresa. As razões pelas quais você optar por ir a esta cidade são estas e tantas outras que vamos analisar em detalhes a seguir.


Faça da sua viagem para Itália uma experiência única! Conheça os meus e-books com dicas exclusivas de quem conhece o melhor da Itália!


Pádua
Pádua

A primeira razão é, sem dúvida, porque Pádua é uma das mais belas cidades de arte italiana. Uma cidade antiga, o berço de universidades e empresas, que sempre teve um foco na arte, cultura e ciência. Uma cidade que você pode explorar a pé ou de bicicleta, com calma e olhar curioso, porque tem tantos atrativos, muitas vezes desconhecidos. Na verdade, além disso, a Capela Scrovegni, em que Giotto pintou uma de suas obras-primas.

Escolher visitá-la significa atravessar itinerários clássicos com afrescos de Giotto, museus históricos, centro da cidade antiga com os suas construções encantadoras, e institucionais, bem como igrejas e monumentos espalhados com sentidos de história e cultura. Depois, há as lojas, mercados e os moradores, uma vitalidade frisante e uma vida moderna agitada. Resta apenas começar a descobrir a Pádua que é agora conhecida como a cidade dos três “sem”, de fato, é a cidade de três Santos sem nome, porque a Basílica de Santo Antônio de Pádua é simplesmente chamada de “o Santo”. Depois, há o prado, sem grama, no sentido de que a praça mais bonita de Pádua, chamada de Prato della Valle (Prado do Vale), foi uma área pantanosa, então, a partir daqui, o prado sem grama.


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.

Finalmente, há o ‘café sem portas’, referência ao histórico Caffè Pedrocchi que até 1916 permaneceu aberto dia e noite, e por isso chamado sem portas. Haveria um quarto “sem”, mas que é desconhecido para muitos de Pádua, e refere-se ao palácio “Bo sem estábulo”, a casa da Universidade, que tomou o nome de uma estalagem antiga, situada nas proximidades, e que foi chamado de Locanda del Bove com um sinal que tinha um crânio de um boi.


O que visitar em um dia em Pádua?


Basilica di Sant'Antonio
Basilica di Sant’Antonio

Sendo então uma construção e não um animal, aqui falamos de Bo sem estábulo. Em qualquer caso, vamos tentar fazer o possível para ver os monumentos e locais de interesse para se familiarizar com a cidade e talvez voltar para outras visitas mais profundas.

A primeira etapa será certamente o Museu Cívico Eremitani, onde, partindo daqui, você ter acesso à bela Capela Scrovegni. Na Capela está uma das maiores obras-primas da pintura do século XIV em âmbitos italianos e europeus, o ciclo mais completo de afrescos executados por um artista toscano em seu auge, ou seja, Giotto. Estes afrescos presenteiam com cor e luz, poesia e paixão.

Padua catedral
Padua catedral

Nesta obra-prima fica o sentido da natureza e da história, o sentido de humanidade e de fé se mistura em um estilo único e inigualável que vai revolucionar para sempre a língua ocidental da arte. Adjacente ao complexo do museu está a Igreja dos Eremitas, digna de uma visita que vai ocupar alguns minutos. Prosseguimos com o passeio em direção ao centro da cidade, passando pela Porta Altinate, aqui você está na zona de pedestres e você pode desfrutar de um passeio admirando as construções e as lojas do centro histórico, fazendo uma pausa para um descanso no famoso Caffè Pedrocchi, um dos lugares históricos mais famosos da Itália, no coração de Pádua.



Dentro há três salas, uma verde, uma vermelha e uma branca, ricamente decoradas e ainda hoje é o ponto de encontro mais famoso de toda a cidade. No coração da cidade medieval do século XII, foi preciso colocar um mercado de frutas, a conhecida Piazza della Frutta (Praça da Fruta). A praça está cercada por belas varandas e edifícios medievais e da fachada do Palazzo della Ragione (Palácio da Razão), onde sob as arcadas ficam as mais antigas lojas de Pádua. Paralela à Piazza della Frutta, desde o século XII realizou-se o famoso mercado das ‘ervas’, estamos nos referindo a Piazza delle Erbe (Praça das Ervas), o centro comercial da cidade, que abriga o mercado de vegetais, ladeado pela bela Câmara Municipal.

Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia

É cercada pelo Palazzo della Ragione, por edifícios municipais, pelo Palácio das Dividas e de belíssimos palácios medievais que introduzem ao ‘gueto judaico’. A área é facilmente reconhecível pelos edifícios que crescem para o alto e por suas ruas estreitas.

padua-fonte-flick
padua-fonte-flick

Andando pelas ruas do Gueto, é obrigatória uma parada para uma degustação de vinho em um dos bairros típicos locais. Neste ponto, continuamos em direção a Piazza dei Signori (Praça dos Senhores), onde se pode admirar a fachada do Palácio Capitanio, residência do Capitão que governou a cidade, a Torre do Relógio com o primeiro relógio astronômico da Itália, o Pórtico do Conselho, a antiga Igreja de São Clemente e o histórico Palazzo del Bo, sede histórica da antiga Universidade.

De grande interesse arquitetônico é o Pátio Antigo, de Andrea Moroni, embora a excelência histórica seja a Sala dos Quarenta, onde eles guardam a cadeira do mestre Galileu, que ensinou em Pádua de 1592 a 1610, a Aula Magna, cheio de brasões e decorações e o famoso teatro anatómico de G.F. d’Acquapendente, o mais antigo teatro anatômico permanente no mundo.

Como conclusão deste giro por Pádua, é preciso visitar a Basílica de Santo Antônio e o final do Prato della Valle. Começamos então a partir do rico patrimônio religioso da cidade de Pádua, imbuída fortemente pela presença espiritual intensa de um dos santos mais amados do mundo, Santo Antônio.

Pádua 1

Uma fé que se formou com grande fervor artístico, deixando em Pádua obras maravilhosas, tesouros de arte de todos os tempos, e um desses tesouros é, certamente, a Basílica de Santo Antônio, mais conhecida como a Basílica do Santo, um edifício religioso majestoso e complexo, iniciado em 1232, um ano após sua morte. A aparência externa da Basílica é uma mistura de arte lombarda, toscana e bizantina, no Sul estão as oito cúpulas e duas torres sineiras. Para os amantes da arte, imperdíveis são as obras-primas de Donatello, como a estátua equestre na praça e o altar na basílica.


PASSEIOS EM GRUPO EM LÍNGUA PORTUGUESA NAS PRINCIPAIS CIDADES ITALIANAS? RESERVE AGORA CLICANDO AQUI!


A poucos metros da Basílica, fica a Praça do Prato della Valle, uma das praças mais bonitas do mundo, bem, diz-se uma das maiores da Europa. É um dos lugares mais ativos e vitais de Pádua, frequentados por seus moradores, que a usam para caminhar, patinar, para momentos de descanso e de sol neste gramado monumental da cidade. A praça é muitas vezes usada para eventos e shows e é um grande palco para os fogos de artifício tradicionais do Ano Novo e Ferragosto. (Dia mais quente do ano celebrado em Agosto na Itália)

Depois de um longo período de declínio na década de oitenta, esta praça foi submetida a um processo de revitalização que a fez ser novamente uma das joias da cidade. As setenta e oito estátuas que adornam a grande ilha verde, cercadas por um canal de água, homenageiam pessoas famosas que nasceram ou viveram em Pádua, muitas das quais ainda são populares hoje em dia, como o mítico fundador da cidade, Antenor, o poeta Torquato Tasso, ou o cientista Galileu Galilei.

Conclusões

Pádua mantém quilômetros de paredes narrando onde a luz e a cor se juntam e conseguem criar histórias extraordinárias. A cidade com seus mais de 3.000 anos de história herdou uma riqueza de monumentos históricos e artísticos que pode oferecer itinerários temáticos reais. Hoje, a rota era clássica e eu acho que você teve a resposta do por que visitar uma cidade tão bonita como Pádua, sem dúvida, fascinante e memorável.


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!