Itália do Sul

A Itália do Sul ou meridional, indica do ponto de vista geográfico, a parte mais sul da península, e compreende  as regiões do Abruzzo, Basilicata, Calábria, Campânia, Molise e Puglia e as ilhas: Sicília e a Sardenha.

O sul da Itália foi terra de conquista; os vestígios das civilizações antigas podem ser vistos nos vários sítios arqueológicos que estão espalhados em todas essas regiões. Os mais famosos são as ruínas romanas de Pompeia e Herculano, na Sicília e nas costas meridionais da Calábria encontraremos algumas das ruínas mais bem preservadas do “antigo mundo grego”; estão localizadas: Sicília, Siracusa, Selinunte, Segesta e Gela, Crotone, Locri e Paestum, enquanto na Sardenha os “Nuraghi” espalhados por toda a ilha representam um– atestado único de uma civilização ainda misteriosa para nós.

Magna Grécia foi o nome dado as colônias gregas, ou seja Grande Grécia. Muitos filósofos, cientistas e poetas da época, entre os quais podemos recordar: Pitágoras, Arquimedes e Ésquilo, viviam nesses lugares; artefatos e obras de artesanato da época podem ser vistos nos museus arqueológicos de Nápoles, Siracusa e Taranto.

A Campania, Puglia e Sicília são ornamentadas por monumentos famosos, mas todo o sul é rico de belas paisagens naturais, além disso a enogastromia com  os seu patrimônio de diferentes sabores (aqui também nasceu a antiga arte do vinho), é outro ótimo motivo para visitar tanto a costa quanto os seus belos burgos na zona de montanha.

 

Categorias:

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!