Quais são os dez principais lugares para conhecer em Milão?

Se quisermos visitar uma cidade grande como Milão, devemos concentrar nossas atenções nos monumentos e atrações principais, aqueles que não podemos perder. O roteiro proposto neste artigo tem como objetivo conhecer as dez principais atrações desta metrópole.

2 2.477

Quais são os dez principais monumentos em Milão?

Quais são os lugares imperdíveis de Milão?

Se quisermos visitar uma cidade grande como Milão, devemos concentrar nossas atenções nos monumentos e atrações principais, aqueles que não podemos perder. O roteiro proposto neste artigo tem como objetivo conhecer as dez principais atrações desta metrópole.


POR QUE VISITAR MILÃO?


O que ver em Milão?

Vejamos como explorar os dez monumentos que não podem faltar.

Milão é uma cidade que reúne muita beleza – claro que diferente daquela que oferecem as arte-cidades e vilarejos tradicionais do ‘Bel Paese’, mas ainda assim rica em maravilhas. Não vá esperando então um centro histórico pequeno e aconchegante ou ruínas inspiradoras de tempos remotos, mas uma cidade viva, europeia, onde os majestosos castelos, igrejas, prédios históricos e museus se misturam com as ruas de compras e da vida noturna.


Turismo em Milano?

Fonte: Volovisione


Eis as dez paradas obrigatórias para explorar a cidade.

1) Domo

O primeiro lugar que não dá para perder é o símbolo da cidade de Milão: o Domo. A Catedral de Milão é a obra mais importante da arquitetura gótica na Itália e é dedicada a Nossa Senhora da Assunção. É impossível listar todos os tesouros que estão dentro da igreja, pois são inúmeros quadros, esculturas, altares, imagens em baixo-relevo e objetos preciosos. Toda em mármore branco, está entre as maiores igrejas católicas do mundo.


SAIBA MAIS SOBRE O DUOMO DE MILÃO


Durante a sua visita, não se esqueça de subir até o terraço da Catedral para admirar de perto os requintados pináculos, os arcobotantes, as estátuas e em especial a imagem da “Madonnina”, como é chamada a padroeira. O teto da Catedral tem uma vista espetacular da Praça Domo, do Palácio do Arengário (sede do Museu del Novecento), do Palácio Real, dos pórticos, da Galeria Vittorio Emanuele II e mais à frente do Castelo Sforzesco.


COMO USAR O METRÔ EM MILÃO?


2) Galeria Vittorio Emanuele II

Em segundo lugar temos a Galeria Vittorio Emanuele II, dedicada ao rei que a inaugurou, em 1867. Foi construída para unir a Praça Domo ao Teatro Scala e hoje abriga lojas e cafeterias da moda.

No chão há um octógono central onde está o brasão da família Savoia e os emblemas de Turim (touro), Roma (loba), Florença (lírio) e Milão (cruz vermelha).

É um dos pontos de encontro mais característicos da cidade de Milão. Sua construção é de 1870 e lá tem restaurantes, cafeterias tradicionais e lojas da alta moda.

 3) Teatro Scala

Saindo da Galeria, encontramos outra maravilha para visitar: a Praça Scala, onde estão a Galeria da Itália (um museu gratuito que abriga obras de arte desde o neoclassicismo até os dias de hoje) e o famoso Teatro Scala.

É o templo da ópera, além de ser um dos teatros mais famosos em nível internacional. Localizado a poucos passos da Praça Domo (com a qual é ligado graças à Galeria Vittorio Emanuele), representa em absoluto a arte e a cultura de Milão.

4) Palácio Real

Muitas das mostras de arte moderna mais importantes em nível internacional passam pelo Palácio Real, que fica na Praça Real, próximo à Praça Domo.

O Palácio Real é um ponto de encontro dos amantes da arte, pois frequentemente recebe mostras importantes internacionalmente, onde é possível admirar as obras-primas dos artistas mais conceituados de todos os tempos.

 5) Castelo Sforzesco

Localizado na Praça Castelo, no coração de Milão, o parque do Castelo Sforzesco é o pulmão verde do centro da cidade. Seu nome está ligado à família Sforza, ducado de Milão no século XV. No decorrer dos anos, o castelo foi alvo de guerrilhas entre tropas francesas, milanesas e alemãs e, portanto, destruído. Contudo, a estrutura do castelo nunca foi atingida e uma série de trabalhos de restauração permitiu a manutenção do castelo em ótimas condições. Dentro do castelo é possível visitar vários museus ou então ficar admirando os lindos e enormes jardins.

Do lado de fora do Castelo, para completar a praça, há uma linda fonte. Atrás do Castelo fica o Parque Sempione, perfeito ponto de encontro para os jovens nas tardes de verão, ideal para uma bela caminhada. O Castelo é um complexo magnífico de caráter monumental e é um dos símbolos de Milão, assim como a Domo.

6) Igreja Nossa Senhora das Graças e Santa Ceia

A igreja Nossa Senhora das Graças é uma das mais famosas de Milão, construída entre 1466 e 1490. Esta igreja é muito conhecida por abrigar em seu refeitório um dos quadros mais famosos do mundo: “A Última Ceia”, de Leonardo da Vinci. Exatamente por essa razão, a igreja Nossa Senhora das Graças foi declarada pela UNESCO “Patrimônio da Humanidade”.

Vêm pessoas do mundo inteiro para ver a “Santa Ceia” de da Vinci, que retrata o Cristo com os doze Apóstolos na última ceia antes de sua morte.


VAMOS CONHECER A ÚLTIMA CEIA?


7) Igreja de Nossa Senhora e São Sátiro

Nas vizinhanças do Castelo, há uma joia da arquitetura de Bramante: a igreja de Nossa Senhora e São Sátiro.

Esta igreja de abside encantadora foi projetada por Donato Bramante. Apesar de ser um pouco escondida e pequena, seu interior é maravilhoso. As suas origens são da Idade Média e durante sua construção foi acoplado o santuário de São Sátiro.


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.

8) Bairro Brera com a sua famosa Pinacoteca

Brera é um dos bairros mais elegantes e exclusivos da cidade. Os palácios do século XVIII, as cafeterias ao ar livre e as refinadas butiques de roupas e acessórios dão ao bairro um ar boêmio. Nesta região temos a Pinacoteca de Brera e a Academia de Belas Artes, que são os dois tesouros deste bairro chique da cidade de Milão.

A Pinacoteca de Brera é uma galeria de arte que merece ser admirada, sua beleza já vale a visita à Milão. Ela possui uma das obras de arte mais singulares do mundo, graças a Napoleão Bonaparte, que reuniu obras-primas importantes – entre elas o “Cristo Morto”, de Mantegna; a “Pietà”, de Bellini; e obras de Tiziano.


Faça da sua viagem para Itália uma experiência única! Conheça os meus e-books com dicas exclusivas de quem conhece o melhor da Itália!


9) Basílica de Santo Ambrósio

Depois do Domo, a Basílica de Santo Ambrósio é considerada o edifício religioso mais importante da cidade. É um exemplo esplêndido do estilo românico-lombardo. De construção antiga, conserva obras artísticas e relíquias inestimáveis que documentam seis séculos de história da cidade.

A Basílica, mandada construir pelo Bispo Ambrósio entre o ano de 379 e 386, foi refeita várias vezes. Em 1492, Bramante fez a nova reitoria e a reestruturação do mosteiro. Enquanto a Catedral é branca e chamativa, a Basílica de Santo Ambrósio é vermelha e a cor terracota dá um ar sério e robusto.


ONDE COMER EM MILÃO?


 10) Canais Navigli

Navigli: lugares pitorescos e sugestivos, onde nas estações amenas acontecem eventos agradáveis à noite à beira dos canais, que espelham as antigas “casas de sacadas comunitárias”. Um tempo atrás, Milão era uma cidade repleta de canais navegáveis que desenvolviam um papel essencial na vida social e econômica da cidade.

Entre o século XV e XVI, foi construído o sistema dos Navigli, ou seja, dos canais navegáveis. Um dos engenheiros que participaram da obra foi Leonardo da Vinci, que estudou uma forma de ligar o Canal de São Marcos em Brera ao Canal da Martesana e depois o de Adda. Dos antigos canais, restam apenas três: o Naviglio Martesana, o Naviglio Grande e o Naviglio Pavese. Até o século XIX, era o porto da cidade e hoje é o centro da vida noturna. Característicos e românticos de dia, cheios de vida à noite. Uma multidão de milaneses e turistas lotam os bares para o tradicional aperitivo.

 Considerações Finais

Todos nós conhecemos, mesmo que só de nome, a Milão ocupada, sempre na correria, a Milão da moda. Contudo, ela não é só isso, mas sim uma cidade rica em monumentos e atrações artísticas e culturais. De museus a igrejas e monumentos, atrações que merecem ser vistas, é dessa Milão que falamos neste breve guia.


Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

2 Comentários
  1. Adelaide Diz

    Parabéns a esse site, que tão bem elaborado me transporta as cidades pela forma de descrever. Viajo através de vcs . Adoro Itália
    Recomendo PARABÉNS

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Muito obrigada querida:)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!