O que fazer na Sicília em pouco tempo?

A Sicília merece tempo para ser descoberta e redescoberta, porém é possível conhecer seus pontos principais de forma rápida. Hoje montamos para você um Roteiro de apenas três dias!

0 169

O que fazer na Sicília em pouco tempo?

Quando falamos da Sicília, precisamos falar de tempo! É preciso dedicar um tempo especial para conhecer essa região cheia de encantos, porém entendemos que, nem sempre, temos esse tempo disponível então, pensando nisso, fizemos um rápido itinerário de três dias na Sicília para você ver o suprassumo dessa região tão especial. O que fazer na Sicília em pouco tempo? Venha com a gente e faça o melhor da Itália! Aqui você realiza a viagem dos seus sonhos!

Se você acha que tem muito para conhecer da Itália e não quer pensar em muitos detalhes para organizar essa viagem, leia após as Conclusões: “E agora quem poderá me AJUDAR?”

Nossa Introdução

A Sicília é uma das grandes ilhas italianas. Localizada no sul da Itália, é uma região cheia de encantos. Com uma história que impressiona, devido aos diversos povos que passaram por ali, a Sicília é uma das regiões mais belas da Itália: nos oferece praia, montanha, arquitetura, natureza e detalhes únicos! A partir de agora vamos fazer um passeio de três dias pela ilha para quem tem poucos dias na Sicília.

Nosso Itinerário

Usaremos como base para começarmos nosso passeio em poucos dias na Sicília, a incrível cidade de Palermo, capital da região. Para chegar até lá você pode ir de avião, descendo no aeroporto Falcone e Borsellino di Palermo – Punta Raisi (não há voos diretos saindo do Brasil) ou optar pelo trem, descendo na estação Central de Palermo.

Temos também um post especial sobre onde se hospedar em Palermo e você pode acessá-lo clicando aqui! Para facilitar seu deslocamento, opte por um hotel perto de alguma estação de trem, vai te ajudar e facilitar muito o seu passeio em poucos dias da Sicília. Saiba mais sobre Palermo clicando aqui!

Passeios em grupo em língua portuguesa nas principais cidades italianas?  

Reserve agora mesmo!
Quero saber mais!

1) O que fazer na Sicília? PRIMEIRO DIA

Primeiro dia: Palermo. Podemos começar nosso passeio de poucos dias na Sicília pela belíssima Piazza Ruggero Settimo. Uma das praças mais simbólicas da cidade se une à Piazza Castelnuovo, formando a incrível Piazza Politeama. É aqui que a vida da cidade acontece! Com seu homônimo Teatro Politeama, a Praça é parada obrigatória para quem passa por Palermo.

Castello della Zisa

Saindo da Piazza Ruggero Settimo você pode seguir o passeio para chegar ao Castello della Zisa. Você pode ir caminhando, cerca de meia hora, enquanto observa os detalhes da cidade, ou você pode utilizar o ônibus 124 (desça na parada L’emiro – Guerrazzi) ou 106 (desça na parada, Perpignano – Polito), que te leva até lá em 10 minutos. Se estiver com o tempo apertado, opte pelo transporte público (a passagem custa 1,90 euros). Como temos pouco tempo, também poucos dias na Sicília, não podemos perder nenhum minuto, portanto, sugiro que opte pelo ônibus!

Quando chegar ao Castelo, você vai dar de cara com um edifício de uma beleza singular: o castelo remonta ao século XII e é uma das assinaturas deixadas pelo povo normando em sua passagem na Sicília. O castelo foi projetado para ser residência de veraneio por William I. Quando os árabes chegaram à ilha, o castelo se tornou uma corte árabe e, até hoje, é possível observar a marca deixada pelos árabes na decoração do teto que foi, na verdade, projetada para combater o calor da cidade, deixando o ar circular para que o vento soprasse e refrescasse o ambiente.

Palazzo Normando ou Palácio Real de Palermo

Saindo de lá siga para a Via Colonna Rotta (10 minutos de caminhada) para chegar ao Palazzo Normando. Também chamado de Palácio Real de Palermo, esta construção é algo de magnífico, além de colossal! O Palácio remonta ao século IX e em seu interior há uma infinidade de obras de arte, salas cheias de luxo e é ali que você encontra a Capela Palatina, um dos lugares mais espetaculares da cidade. Ainda no Palácio: uma área daqui é sede da Assembleia Regional da Sicília.

Igreja de San Giovanni degli Eremiti

Saindo do Palácio, seguindo para a esquerda do edifício, você encontra a Via dei Benedettini, e é aqui que fica a Igreja de San Giovanni degli Eremiti, que é uma preciosidade arquitetônica em meio a densa vegetação que se apresenta dentro de seu pátio. Nesta pequena igreja você não encontra nada dentro dela: ela está vazia! Mas, do lado de fora, sua impressionante beleza se mostra em seu claustro, que nos oferece uma esplêndida vista do Palácio Normando.

Catedral de Palermo

Seguindo pela Via del Bastione e entrando na famosa Piazza della Vittoria, você alcança o Corso Vittorio Emanuele, a artéria principal da cidade conhecida como “il Cassaro”. Passando pela Porta Nuova, à esquerda fica a Catedral de Palermo. Seu estilo gótico é facilmente reconhecível e é de uma beleza estonteante; sua cúpula, porém, é em estilo barroco tardio e é imponente!

Dentro da Catedral você encontra o estilo neoclássico, que se faz ainda mais presente com sua planta em cruz latina e três naves. Aqui ficam os restos mortais dos reis da Sicília, Frederico II e Rugero II. Também ficam abrigadas aqui as relíquias de Santa Rosália, que é a padroeira de Palermo. Nas salas do Tesouro da Catedral, você poderá admirar a tiara de ouro da rainha Constança de Aragão e outros objetos encontrados nas tumbas da realeza. Quem quiser pode subir no topo da Catedral, onde há uma passarela que nos oferece uma vista maravilhosa de Palermo.

Piazza Pretoria e o Trio de Igrejas

Antes do almoço do primeiro dia de nosso itinerário de poucos dias na Sicília, continuamos o passeio pelo Corso Vittorio Emanuele atravessando Maqueda. Esse cruzamento abriga um incrível exemplo de arquitetura barroca: é aqui que fica o chamado “I quattro Canti” (os quatro cantos).

Essa região reúne, em 20 metros, maravilhas para nossos olhos: a Piazza Pretoria, com sua Fonte da Vergonha (chamada assim por causa da nudez das estátuas presentes aqui), enquanto na praça adjacente encontramos um maravilhoso trio de igrejas: a de Santa Caterina, a igreja de San Cataldo e a de Santa Maria dell’Ammiraglio, chamada também de La Martorana.

Parada para o Almoço

Suba pela Via Maqueda seguindo em direção a Politeama. Aqui você chega à chamada Descida dos Jovens e, virando à esquerda, você vai encontrar um lugar excelente para almoçar: a tradicional Vecchio Club Rosanero. Com comida típica e ambiente agradável, o custo benefício é excelente. Conheça também a nossa seção sobre Alimentação na Itália!

Mercado Ballarò

Após o almoço desça em direção à estação Maqueda, passando pela Porta di Vicari e virar à direita ao longo do corso Tukory. Descendo o Corso, você encontra o Mercado Ballarò que é, de longe, um dos lugares mais animados de Palermo. Aqui você encontra cores, sabores e odores inebriantes. Para voltar para nosso ponto de partida, siga direto pela Via Maqueda, à esquerda, e prepare-se para um jantar leve e uma boa noite de sono.

MAPA COM A CAMINHADA DO PRIMEIRO DIA NA SICÍLIA

O que fazer na Sicília

Ana Patricia Italia - Roteiros PersonalizadosAEROPORTOS NA ITÁLIA

Como ir dos principais aeroportos ao Centro das cidades turísticas?

O Viajando para Itália traz guias rápidos e fáceis de entender para ajudar você a se locomover com segurança e economia pela Itália.


Descubra os melhores caminhos!

Como ir do Aeroporto de Milão até o Centro?

Como ir do Aeroporto de Roma até o Centro?

Mais informações sobre outros Aeroportos na Itália

2) O que fazer na Sicília? SEGUNDO DIA

Segundo dia: Catânia. Partimos cedo de Palermo com destino a Catânia, no leste da Ilha. A viagem de trem dura cerca de 3 horas. Sugestão: saía cedo de Palermo para aproveitar bem Catania! Catania é uma cidade belíssima que nos oferece ótimas opções de passeios fantásticos e mesmo com poucos dias na Sicília, é parada obrigatória! Chegando a Catania, após ter se instalado no hotel de sua escolha, podemos começar o passeio. Caso precise de ideias para se hospedar em Catânia, você pode acessar nosso post especial sobre o assunto clicando aqui!

Começaremos o passeio pelo coração da cidade, a Piazza Duomo. Aqui você já consegue observar três dos mais lindos e famosos monumentos de Catania: a Catedral de Sant’Agata, a Fonte do Elefante e a Fonte Amenano.

Catedral de Sant’Agata

O Duomo da cidade é um símbolo majestoso de Catania. A Catedral de Sant’Agata, é dedicada ao santo padroeiro da cidade tem sua imagem conservada dentro dela. Em seu interno fica também outras obras de arte como, por exemplo, à direita, o monumento fúnebre do famoso compositor Vincenzo Bellini.

Fonte dos Elefantes

Saindo de lá, não longe, podemos logo avistar a famosa Fonte dos Elefantes, composta por uma base acima da qual se ergue um elefante feito em pedra de lava que contém um obelisco nas costas. Seu nome é esse é o nome U Liotru e ele é o símbolo da cidade desde 1239.

Fonte Amenano

Não deixe de ver outra famosa fonte, a Fonte Amenano, no lado sul da Praça do Duomo. A Fonte representa o rio Amenano e nos mostra a imagem de um jovem que segura uma cornucópia da qual flui a água.

Abadia de Sant’Agata

Em frente à Catedral, do outro lado da Via Vittorio Emanuele II, encontramos a Igreja da Abadia de Sant’Agata, que deve ser visitada por quem quiser subir em sua cúpula para uma visão fantástica da cidade. Se você tiver sorte e pegar um dia claro, pode ver também, ao longe, sua majestade: o esplendoroso Etna.

Piazza Carlo Alberto

De lá, siga para a Pescheria de Catania, que é um mercado colorido, animado, caótico e, portanto, característico de Catania. Não muito longe dali você encontra a Piazza Carlo Alberto, onde acontece um mercado diário onde você pode encontrar frutas, roupas, brinquedos e outras mercadorias. Aqui também, aos domingos, há um mercado de pulgas, onde você pode encontra verdadeiros achados!

Teatro Massimo Vincenzo Bellini

Da Pescheria siga pela mesma Via Vittorio Emanuele II e chegue até o magnífico Teatro Massimo Vincenzo Bellini. Catania, de forma incrível, prestou sua homenagem ao seu filho mais famoso: o compositor Vincenzo Bellini. O Teatro foi construído em 1890, 55 anos após sua morte, aos 34 anos. Da lá, siga pela Via Antonino di Sangiuliano até a Via Crociferi. Depois de alguns metros, à sua esquerda, você começa a avistar as inúmeras igrejas e conventos barrocos. São todos lindos e é difícil escolher um só.

Teatro Romano, Mosteiro Beneditino e à Igreja de San Nicolò

No final da Via Crociferi, vire novamente na Via Vittorio Emanuele. Depois de alguns passos, você chegará ao Teatro Romano, que se “esconde” atrás de uma fileira de casas. Após uma rápida visita, continue pela Via Vittorio Emanuele II e, de lá, é possível chegar ao Mosteiro Beneditino e à Igreja de San Nicolò, através da Via Quartarone, virando à direita. No Mosteiro é possível subir no topo de sua cúpula para uma vista incrível da cidade. Saindo dali, vire a esquerda com destino à Piazza Santa Maria dell’Itria. Dali, você pode seguir até o Teatro Romano, um antigo anfiteatro romano de uma beleza única.

Parada para o almoço

Para almoçar, você pode optar pelos ótimos, e variados, restaurantes distribuídos por toda aquela região. Por ser uma área central, não é difícil encontrar um lugar para fazer uma excelente refeição. Meu Conselho é almoçar no Novanta Cinque Cento.

Dali, você pode voltar para a Piazza do Duomo e, no caminho, observar as várias igrejas espalhadas pela região. Catania é cheia de detalhes e a melhor maneira de conhecer a maioria deles: é caminhando. Depois de um dia cheio, volte para seu hotel, faça um belo jantar e descanse!

MAPA COM A CAMINHADA DO SEGUNDO DIA NA SICÍLIA

O que fazer na Sicília

ANA PATRICIA - banner consultoria 2019 b30 MINUTOS DE CONSULTORIA FREE!

Um dos vários benefícios do Viajando para Itália

Presenteio meus leitores com 30 minutos de Consultoria GRATUITA para a escolha dos Hotéis na Itália. Basta completar o formulário a seguir.


Aproveite agora mesmo esta oportunidade!

Quero minha consultoria agora!

3) O que fazer na Sicília? TERCEIRO DIA

Terceiro e último dia: Taormina. Faremos um rápido bate e volta partindo de Catania para uma cidade incrível: Taormina! Da estação central de Catania até a estação de Taormina, levamos cerca de duas horas, mas Taormina é pequena é possível ter um belo panorama da cidade em pouco tempo. Saiba mais sobre Taormina clicando aqui!

Chegando a Taormina de trem, você vai precisar utilizar um ônibus para ir até o centro histórico, mas é rápido e os ônibus saem com frequência da estação de trem. No verão não é difícil encontrar os ônibus cheios, então talvez seja necessário aguardar mais do que o normal.

Teatro Grego

Começamos o passeio pelo símbolo de Taormina: o Teatro Grego. O Teatro Grego é o monumento mais famoso de Taormina e o segundo maior teatro da ilha, depois daquele de Siracusa. Foi erguido pelos gregos no século III a.C. que não escolheram o promontório à toa: com uma vista panorâmica, abrigava representações dramáticas e musicais. No século 2 d.C. o teatro foi modificado e ampliado pelos romanos que apresentavam batalhas entre gladiadores.

Villa Comunale di Taormina

Saindo dali, siga para a Villa Comunale di Taormina. Com seus belos jardins públicos, há tempos atrás era um parque privado criado pela vontade de Lady Florence Trevelyan Cacciola, a nobre escocesa que viveu em Taormina em 1884. O local foi construído como um típico jardim inglês e estava repleto com uma grande variedade de flores e plantas do todo o mundo. Daqui também você tem uma vista magnífica do Monte Etna e da costa de Taormina.

Palazzo Corvaja

Seguimos o passeio até o Palazzo Corvaja. O núcleo do palácio era sua torre cúbica que foi erguida pelos árabes para fins militares, entre os anos de 902 e 1079, à qual foram adicionadas a ala esquerda e a escadaria que levava até o pitoresco pátio no primeiro andar, que é do século XIII, e também a ala do início do século XV, que era dedicada às assembleias do Parlamento da Sicília. A mistura arquitetônica é belíssima e une: as ameias da torre de origem árabe, as janelas no estilo catalão-gótico e o portal de entrada normando. Tudo lindíssimo!

Igreja Barroca de San Giuseppe

Dali, siga para a Piazza IX Aprile. Ali você encontra um impressionante terraço panorâmico com vista para o mar e é ali também que fica o famoso centro da vida social de Taormina. A rua principal da cidade, Corso Umbero, começa ali: no verão a cidade fica lotada de turistas e há shows de musica e artistas de rua espalhados por ali. Na mesma praça fica também Igreja Barroca de San Giuseppe, do século XVII, que é a antiga igreja gótica de Sant’Agostino.

Torre do Relógio ou Porta di Mezzo

Ali você também encontra ali a imponente Torre do Relógio, ou Porta di Mezzo, que nos apresenta uma vista para a praça e seu arco dá acesso ao centro antigo. Foi construída no século XII e destruída durante a invasão francesa, sendo reconstruída somente em 1679, quando recebeu o relógio.

Duomo de Taormina

Dali para o Duomo é, literalmente, dois passos! O Duomo de Taormina merece ser visitado! Construída nos anos 1400 nos restos de uma igreja do século XIII, a Catedral dedicada a São Nicolau passou por várias reformas.  O portal principal de 1636 e os dois portais laterais que remontam ao século XV, o da esquerda, e ao século XVI o da direita, são belíssimoas!

O interior tem uma planta em cruz latina com três naves e três absides, além de abrigar seis colunas monolíticas, sendo três de cada lada, feitas em mármore rosa encimadas por capitéis decorados com um teto de madeira. A fachada externa é simples e foi decorada com uma pequena rosácea de inspiração renascentista e com duas janelas. Em frente ao Duomo, fica uma fonte de estilo barroco do século XVII, construída em degraus circulares cercados por quatro fontes laterais.

Parada para o Almoço

Para almoçar: Restaurante Al Duomo. Charmoso, com uma vista linda e pratos fantásticos. Depois do almoço uma parada para observar o mar e, de lá, retornamos para a estação para pegar o trem de volta para Catania e, depois, seguir para o aeroporto.

MAPA COM A CAMINHADA DO TERCEIRO DIA NA SICÍLIA

O que fazer na Sicília


VIAJANDO PARA ITALIA - Seguro Viagem ObrigatorioEstá gostando da matéria até aqui? Espero estar te ajudando.   

Lembre-se que o Seguro Viagem é OBRIGATÓRIO!
Saiba mais sobre o Seguro-Viagem

Assista esse vídeo e saiba: Qual transporte utilizar na Itália: carro ou trem? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Mesmo que tenhamos poucos dias na Sicília, é possível conhecer o melhor da região sem deixar nada para trás. Mas tenha uma certeza: você vai querer voltar com calma! E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?


"QUEM PODERÁ ME AJUDAR A ORGANIZAR MINHA VIAGEM?"
Viajando para Italia - banner roteiros personalizados 2019 - aSão tantos detalhes para se pensar: dinheiro, passagens, hotéis, restaurantes, opções de passeio, tempo, deslocamento, segurança, clima, família… que às vezes dá vontade até de desistir, não é mesmo? Mas nós temos a solução - e ela se chama CONSULTORIA DE ELABORAÇÃO DE ROTEIRO!

Nesta consultoria, otimizamos o seu tempo, criando um roteiro de viagens ideal ao seu perfil. Você irá amar seu roteiro - se não gostar, recebe seu dinheiro de volta! (estornamos 100%). 

Ver depoimentos!



Poupe dinheiro durante a viagem!

Viajando para Italia - banner roteiros personalizados 2019 - bContratando com antecedência a Consultoria de Roteiro, o nosso serviço será quase gratuito*. E tem mais, você ainda receberá muitos brindes e bônus! 

Faça seu roteiro antecipado e ganhe!

A nossa consultoria significa para você: economia na viagem com pequenas mudanças, dicas de restaurantes com o melhor custo-benefício, otimização do seu tempo (dia por dia), dicas para evitar furadas... enfim, uma viagem organizada da melhor maneira possível! 


Saiba mais (sem compromisso!)

Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


para sua viagem perfeita!

CONSULTORIA

Guias 100% customizados e dentro de seu orçamento!