Devo me preocupar com os terremotos na Itália?

Os terremotos na Itália não são raros, mas não são tão frequentes quanto eram antigamente. Hoje vamos tirar todas as dúvidas sobre esse tema tão temido pelos brasileiros.

0 3.282

Devo me preocupar com os terremotos na Itália?

Venha para a Itália com tranquilidade. Segundo os sismólogos a Itália, nos últimos anos, apresentou abalos sísmicos decadentes, com menos frequência e menor intensidade. É claro que os fenômenos nos assustam, mas não podemos nos prender a isso como um pânico e não viajar só por isso. Então vamos saber: será que devo me preocupar com os terremotos na Itália? Não deixe de consultar nossa seção Clima na Itália com dicas e informações sobre o clima na Itália! Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!

Se você acha que tem muito para conhecer da Itália e não quer pensar em muitos detalhes para organizar essa viagem, leia após as Conclusões: “E agora quem poderá me AJUDAR?”


Assista esse vídeo e saiba: Qual é o mês que mais chove na Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


1) Devo me preocupar com os terremotos na Itália? COM VIAGEM MARCADA?

Pois bem: teve um terremoto na Itália e eu estou com viagem marcada. O que fazer? Siga viagem! Se o terremoto aconteceu na cidade para a qual você está indo, ligue para o hotel e se informe sobre a situação deles, afinal a defesa civil vai avaliar os danos e, dependendo da dimensão do tremor, vai evacuar a cidade. Quando acontece um terremoto, a primeira providência das autoridades é fechar as linhas de trem ao redor de onde aconteceu o abalo para análise de possíveis danos nos trilhos; claro que, como não é prioridade, essa análise pode demorar dias e até semanas. Até segunda ordem ninguém entra na cidade atingida!

Importante Saber: leia nosso post Perdi meu passaporte na Itália, o que fazer?, essa leitura ajudará você a se prevenir caso venha perder seu passaporte, viaje seguro e tranquilo sabendo que terá recursos para sair dessa situação tão desagradável.

2) Devo me preocupar com os terremotos na Itália?  ESTANDO NA ITÁLIA?

Estou na Itália e teve um terremoto! O que eu faço? Tente não entrar em pânico! O fato de você estar bem já é algo muito valioso! Se tiver que sair às pressas leve com você seus documentos: não se preocupe com malas a pertences! Nada vale nossa vida nessas horas! Siga as orientações das autoridades e mantenha a calma sempre, por mais difícil que seja!

Pense em todas as pessoas que perderam suas casas e você verá que ‘sua perda’ não é nada comparada a quem não tem mais onde morar! Triste realidade, eu sei! Tente ajudar, se possível! Quando acontecem tragédias como essas, a força tarefa é fundamental e os italianos são MUITO solidários: ajudam sempre uns aos outros! Pergunte como você pode ajudar e, se puder, não hesite!

Cuidados: evite locais fechados após um terremoto!

Busque ficar em lugares abertos e sem estruturas de concreto ao redor. Algumas construções podem ter sofrido danos e colapsar somente depois do tremor. Todo cuidado é pouco!

Importante, Entenda sobre a Magnitude

Magnitude é a medida da intensidade da energia mecânica gerada por um choque sísmico e baseia-se na amplitude das ondas sísmicas registradas pelos sismógrafos. Terremotos com magnitudes de até 04 são quase imperceptíveis, exceto por instrumentos ou em condições particulares. Da magnitude 04 a 07, além de uma percepção clara, também existem danos e perigos crescentes. Os terremotos mais catastróficos têm magnitude 08 ou 09 e podem ocorrer uma vez por ano. O maior terremoto ocorreu no Chile em 22 de maio de 1960 e atingiu magnitude 9,5.

A tabela abaixo descreve os efeitos característicos dos terremotos de acordo com as magnitudes, mas pode variar dependendo da distância do epicentro, do tipo de construção e do terreno em que ocorrem.

MAGNITUDE EM GRAUS RICHTER

EFEITOS

0 – 1,9Só pode ser registrado usando equipamento apropriado.
2 – 2,9Somente aqueles que estão em decúbito dorsal o alertam; um pêndulo se move.
3 – 3,9Poucas pessoas percebem isso, como um passeio de caminhão; vibração de um copo.
4 – 4,9Ele é normalmente avisado; um pêndulo se move consideravelmente; copos e pratos de tilintar; pequenos danos.
5 – 5,9Todo mundo sente isso chocante; possíveis rachaduras nas paredes; os móveis se movem; alguns feridos.
6 – 6,9Todo mundo percebe isso; possivelmente em pânico; colapso da casa; frequentemente ferido; risco de vida; ondas altas.
7 – 7,9Pânico; perigo de vida nos edifícios; apenas alguns edifícios permanecem intactos; mortos e feridos.
8 – 8,9Vida ameaçada em toda parte; edifícios inutilizáveis; ondas de até 40 metros de altura.

9 +

Catástrofe; possivelmente uma grande mudança na superfície da Terra.

3) Devo me preocupar com os terremotos na Itália? COM AS FREQUÊNCIA DOS TERREMOTOS?

Onde acontecem os terremotos com mais frequência? A defesa civil fez um mapa, em 2015, com os locais onde os terremotos são mais intensos e mais possíveis de ocorrer (para ver a versão em HD, clique neste link!).

As cores representam quatro zonas que a defesa civil define conforme abaixo:

  • Zona 1: A mais perigosa, podem ocorrer terremotos fortes com grandes danos. No mapa, cor vermelha. Ex: L’Aquila.
  • Zona 2: Podem ocorrer fortes abalos com consequências graves, mas menores do que os da zona 1. No mapa, cor laranja. Ex: Perugia.
  • Zona 3: Podem ocorrer fortes abalos, mas menos intensos do que na zona 1 e 2. No mapa, cor amarela. Ex: Florença.
  • Zona 4: Os abalos nessas regiões não apresentam altos riscos. No mapa, cor cinza. Ex: Sardenha.

Apesar de tudo a Itália não está na lista dos países mais atingidos do mundo como Chile e Japão.

Terremotos na Itália: devo me preocupar?

Atividades Sísmicas em Nosso Planeta

Na Terra eles ocorrem todos os dias, veja a seguir:

  • cerca de 8000 terremotos de magnitude 0;
  • aproximadamente 1000 de magnitude 2;
  • cerca de 130 de magnitude 3;
  • 120 vezes por ano de magnitude 6;
  • 18 por ano de magnitude 7;
  • uma vez por ano em magnitude 8;
  • uma vez a cada 20 anos de magnitude 9.

Vamos entender um pouco sobre os Terremotos?

Vamos começar relembrando nossas aulas de geografia: os terremotos são causados pela movimentação das placas tectônicas. A Itália está entre duas enormes delas: A Placa Africana e a Placa Eurásia.

Terremotos na Itália: devo me preocupar?

Para complicar ainda mais, há uma pequena placa no leste italiano, a Microplaca Adriática.

Terremotos na Itália: devo me preocupar?

Quando ela se move, os abalos atingem as placas maiores que se movimentam e causa os tremores, a parte mais atingida da Itália é o centro, mas o sul também já sofreu com terremotos.

Terremotos na Itália: devo me preocupar?

Notícias

Alguns tremores são inofensivos, outros devastadores! O pior deles aconteceu em 1908, em Reggio , que deixou 82 mil mortos. Outro terremoto devastador foi registrado em Eboli, perto de Nápoles, onde morreram 2.700 pessoas. A maior parte dos terremotos acontece de madrugada, o que dificulta uma fuga eficaz dos moradores.

O Epicentro

É quase IMPOSSÍVEL prever o epicentro de um terremoto, sua intensidade e para onde as ‘ondas’ de movimentos seguirão, mas a Itália tem um programa de computador que ‘calcula’ os números de uma possível tragédia como numero de mortos, feridos e valores monetários devido aos danos causados pelos abalados sísmicos. Tudo isso é calculado com base em densidade geográfica, localização, extensão territorial, etc.

Outro fator que contribui para a movimentação das placas tectônicas são os vulcões e é bem sabido que a Itália possui alguns vulcões em atividade, o que pode ser um agravante para a situação. Além de toda a tragédia, a Itália possui inúmeras construções centenárias, que ficam mais frágeis com o passar dos anos e, por isso, mais suscetíveis a grandes danos. Alguns cientistas afirmam que os animais conseguem pressentir um abalo sísmico e assim encheram suas fazendas com animais visando ajudar as autoridades.


Assista esse vídeo e saiba: Viajar com crianças pela Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Viaje com tranquilidade. Segundo os sismólogos a Itália, nos últimos anos, apresentou abalos sísmicos decadentes, com menos frequência e menor intensidade. E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


para sua viagem perfeita!

CONSULTORIA

Guias 100% customizados e dentro de seu orçamento!