Como levar remédios em sua viagem para Itália?

Para evitar problemas tanto no embarque quanto no desembarque, vamos dar dicas e informações importantes, que podem te ajudar na hora de montar seu kit de primeiros socorros! Vem com a gente!!!

6 21.971

Como levar remédios em sua viagem para Itália?

Olá! Como você está hoje? : ) Muito bem, espero! Mesmo sabendo que você viaja com o Seguro de Saúde obrigatório contratado, não vale a pena acioná-lo por, por exemplo, uma dor de cabeça chata devido ao cansaço do voo, pode-se muito bem tomar um remédio com o qual você já esteja habituado como, dipirona ou paracetamol, mas, você sabe como levar remédios em sua viagem para Itália? Não? Então fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

1) Como levar remédios em sua viagem para Itália? LEVANDO OS REMÉDIOS ROTINEIROS

Pois bem, vamos começar com remédios mais rotineiros como analgésicos simples, remédios para enjoos entre outros. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e outros órgãos responsáveis pela parte na aérea do Brasil, não restringem o transporte de medicamentos simples em voos internacionais, porém, para evitar problemas tanto no embarque quanto no desembarque, vamos dar duas dicas bem simples e importantes, logo de cara, que podem te ajudar na hora de montar seu kit de primeiros socorros. Leia também Documentação para entrar na Itália! e Preciso me vacinar para entrar na Itália?

  • Mantenha seus medicamentos, sempre, em sua embalagem original, com a bula e, se possível, fechados. Evite utilizar porta-remédios! Apesar de prático, a medicação sem identificação pode te causar problemas na alfândega no país de destino.
  • Tente viajar com uma receita do seu médico de confiança, que ateste que você faz uso do remédio. Isso pode evitar muitos mal entendidos. Não é exigência da ANVISA, mas não custa nada se precaver.

Dica

  • O que levar? O kit básico ideal possui: remédio para gripe, dor de cabeça, dor de estômago, diarreia, azia, colírio, remédio para enjoo, relaxante muscular e remédio para febre, além de termômetro e curativos.

Nota

  • Não é difícil comprar este tipo de medicamento mais simples em farmácias italianas, porém nem sempre a dosagem e o nome do remédio são os mesmos, então é melhor não arriscar e evitar ao máximo comprar medicação na Itália sem aconselhamento médico, afinal estamos falando de saúde e com saúde NÃO SE BRINCA, principalmente no meio de uma viagem!

2) Como levar remédios em sua viagem para Itália? LEVANDO OS REMÉDIOS CONTROLADOS

Para casos de remédios controlados (tarja preta e outros restritos) é preciso ter ainda mais cautela: você vai precisar de um atestado médico com seu nome completo, onde conste a prescrição médica do tratamento do remédio e a posologia do mesmo. Mantenha o medicamento em sua embalagem original, com bula, conforme falamos anteriormente no item 1!

3) Como levar remédios em sua viagem para Itália? LEVANDO REMÉDIOS LÍQUIDOS, POMADAS E SPRAYS

Para remédios líquidos, pomadas e sprays, observe o limite por frasco de 100 ml. Mesmo em caso de medicamentos, essa quantidade não pode ser superior ao determinado pelos órgãos responsáveis.

4) Como levar remédios em sua viagem para Itália? LEVANDO REMÉDIOS HOMEOPÁTICOS E FITOTERÁPICOS

Em caso de remédios homeopáticos e fitoterápicos, lembre-se de que eles não podem passar por radiação, ou seja: fique longe do raio x e solicite a revista de maneira manual (faz parte da inspeção diferenciada garantida pela ANAC na Portaria de n° 1.155/2015) e apresente a receita. Leia também Preciso de Carta Convite para entrar na Itália?

5) Como levar remédios em sua viagem para Itália? LEVANDO REMÉDIOS PARA DIABÉTICOS

Para os diabéticos há algumas normas específicas e dicas que podem ajudar bastante durante a viagem. Antes de viajar converse com o seu médico! Peça a ele que te ajude a determinar as doses de medicamentos que deverão ser ministradas para que você consiga adaptar-se no novo fuso horário. Peça também um atestado em inglês onde haja a explicação do seu tipo de diabetes e a descrição do tratamento proposto, onde constará a explicação da necessidade que você tem de portar insulina, lancetas, seringas, etc. Lembre-se de solicitar a inclusão do CID, Código internacional de Doenças, no atestado!

Como levar remédios em sua viagem para Itália?

Importante Saber

  • Leve sempre cópias duplicadas do atestado e mantenha uma sempre em sua bagagem de mão, com seu passaporte.
  • Faça uma lista dos medicamentos que você porta (quantidade de seringas, lancetas, insulina) e a apresente junto com seu passaporte e atestado médico. Vai facilitar bastante sua passagem pela alfândega.
  • Evite ficar muito tempo sentado. O tempo de voo médio entre Brasil e Itália (voo direto partindo de São Paulo e chegando a Roma) é de, aproximadamente, 12 horas! Então caminhe durante alguns momentos, estique as pernas e mantenha-se hidratado. Dica: use roupas confortáveis e se possível meias de compressão indicadas pelo seu médico!

6) Como levar remédios em sua viagem para Itália? LEVANDO CILINDRO DE OXIGÊNIO

Para viajantes que tem a necessidade da utilização de cilindro de oxigênio, é necessário entrar em contato com a companhia aérea com, no mínimo, 5 dias de antecedência para informar a situação. Vale lembrar que nem todos os cilindros de oxigênio são autorizados para embarque, cada companhia aérea têm suas restrições, portanto, informe-se!

Converse com seu médico sobre o suplemento de oxigênio e a profilaxia para trombose venosa profunda e embolia pulmonar. Você também vai precisar enviar à companhia o MEDIF, que é em um formulário, preenchido e carimbado pelo médico, onde deverão constar suas informações pessoais, de seu acompanhante, necessidades específicas a bordo e/ou em solo como maca, cadeira de rodas, baterias, ambulância e oxigênio.

Informações Úteis

  • Leve seus remédios sempre em sua bagagem de mão para evitar problemas caso sua mala seja extraviada.
  • Respeite os limites determinados pela ANVISA/ANAC/INFRAERO, caso o limite não seja respeitado, sua medicação será descartada na sua presença, por um funcionário responsável pelo controle.
  • Respeite também o peso e as dimensões de sua nécessaire com medicamentos: não pode pesar mais de um quilo e deve medir, no máximo, 20 x 20 cm.
  • Toda medicação deve estar em sacos plásticos transparentes e vedados. (sacos plásticos estilo ziplock).
  • Em caso de medicamentos que necessitem refrigeração, solicite a companhia aérea que eles cuidarão disso para você. Informe-se diretamente com a companhia que eles lhe informarão como proceder.
  • Outra dica importante: não é o caso da Itália, mas caso vá viajar para outros países, principalmente países exóticos, verifique a exigência de vacinas e as tome com, pelo menos, 15 dias de antecedência à sua viagem.

Assista esse vídeo e saiba: Como transportar remédios na tua mala de viagem? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Se mesmo assim você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!