Por que conhecer Cinque Terre?

Os cinco pequenos burgos que fazem parte das Cinque Terre parecem suspensos entre mar e terra, em penhascos magníficos que fazem com que os visitantes fiquem extasiados com a beleza que a Mãe Natureza pode nos dar!

6 7.320

Por que conhecer Cinque Terre?

As Cinque Terre são uma das zonas mediterrânicas mais puras e intactas da Ligúria e da Costa Tirrena. Cinco milhas de costa rochosa, reunidas por dois promontórios, cinco aldeias localizadas em uma zona de difícil acesso e justamente por isso esses lugares conseguiram manter ao longo dos tempos o seu encanto característico. A viticultura, típica da região ajudou a criar uma paisagem única, em colinas com vista para o mar. Por que conhecer Cinque Terre? Porque simplesmente não tem lugar igual em qualquer parte do mundo! Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Exemplos de Roteiros Turísticos na Itália!

Se você acha que tem muito para conhecer da Itália e não quer pensar em muitos detalhes para organizar essa viagem, leia após as Conclusões: “E agora quem poderá me AJUDAR?”


Assista a esse vídeo incrível e fique sem fôlego

(Fonte: Explorations Bhothers)


Nossa Introdução

Os burgos de oeste para leste são: Monterosso al Mare, Vernazza, Corniglia, Manarola, Riomaggiore. Como demonstrado pelos primeiros documentos históricos sobre essas maravilhas da Ligúria, as primeiras aldeias foram Monterosso e Vernazza, enquanto os outros nasceram mais tarde, durante a hegemonia militar e política de Gênova. O clima favorável e suave, faz com que a zona de  Cinque Terre possa ser visitado não somente na primavera e verão, mas até mesmo durante os períodos mais frios.

As Praias e o Parque Nacional

As praias de areia e de cascalho estão localizados principalmente nos burgos de  Monterosso e Rio Maggiore, mas essa zona não oferece somente um maravilhoso mar, o que é mais lindo e que mais vale a pena fazer é um passeio nas maravilhosas trilhas com vista para o mar, passear tranquilamente por seus característicos burgos, fazer uma bela excursão de barco pela costa, visitar santuários e obviamente experimentar as delícias da culinária da Ligúria com os seus excelentes vinhos de alta qualidade.

O território de Cinque Terre é um Parque Nacional e desde 1997 faz parte do Patrimônio da Unesco, por isso e para completar a tua experiência, se você for um mergulhador ou tiver vontade de experimentar esse esporte, não deixe de explorar as profundezas da zona marinha, que também faz parte do Patrimônio Unesco.


Assista a esse vídeo e conheça melhor Cinque Terre

(Fonte: Travel and discover)


Os cinco pequenos burgos

Os cinco pequenos burgos que fazem parte das Cinque Terre parecem suspensos entre mar e terra, em penhascos magníficos que fazem com que os visitantes fiquem extasiados com a beleza que a Mãe Natureza pode nos dar, juntamente com as obras do homem, que ao longo do tempo também contribuíram para a formação desses terraços encantadores. Vamos falar um pouco de cada um deles?

1) Por que conhecer Cinque Terre? MONTEROSSO

Localizado em colinas cobertas de vinhas e oliveiras, Monterosso tem belas praias com águas cristalinas. A torre Aurora, na colina de San Cristoforo, divide a antiga vila medieval, desenvolvido ao longo das margens do rio Branco, da parte da vila mais moderna e residencial que se estende ao longo da praia.

A parte de Monterosso antiga é caracterizada pela presença dos restos do castelo Obertengo com vista para o mar, as casas-fortes típicas atravessada por vielas estreitas. Na igreja de San Francesco há obras importantes, como a crucificação, essa obra é considerada por muitos do famoso Van Dyck. No século XVI Monterosso foi delineada por treze torres, hoje infelizmente existem somente três intactas: a torre redonda no castelo, a torre medieval que atualmente é a torre do sino da igreja de San Giovanni, e a torre Aurora. A praia de Monterosso é a maior de todos os 5 burgos, portanto a cidade é aquela que recebe o maior número de visitantes, assim como é aquela com o maior número de hotéis.

2) Por que conhecer Cinque Terre? VERNAZZA

Fundada por volta do ano mil, o seu nome nome deriva de “Gens Vulnetia”, uma antiga família romana que possuía escravos que, uma vez libertados, fundaram a vila de Vernazza.  Tempo atrás era o burgo mais florescente de Cinque Terre, por isso ainda hoje possui elementos arquitetônicos importantes como arcadas e portais. A aldeia, nobre e elegante se desdobra ao longo do torrente Vernazzola, atualmente coberto.

Atravessada por ruas íngremes e estreitas que levam até a estrada principal, que termina em uma pequena praça em frente ao porto, Vernazza é pontilhada por construções defensivas, casas torre, a Torre e o castelo Doria, símbolo da importância econômica que essa vila teve na antiguidades e que serviu para a proteção dos genoveses contra os sarracenos e as invasões bárbaras.

3) Por que conhecer Cinque Terre? CORNIGLIA

As origens de Corniglia remontam à época romana, como evidenciado pelo nome, de “Gens Cornelia”, a família romana que era proprietária do lugar. Corniglia está localizado sobre um promontório rochoso com vista para o mar, de onde se pode admirar todas as outras quatro cidades de Cinque Terre. Para chegar lá, você tem que subir a característica ‘Lardarina’, uma longa escada formada por 33 rampas e 377 degraus para chegar na aldeia ou a outra estrada a partir de onde deixa o trem.

Essa aldeia é mais unida ao território que ao mar, com uma aparência mais semelhante à de centros urbanos do interior rural, com casas mais baixas. A aldeia se estende ao longo da Via Fieschi, casas com vista para a rua de um lado e do outro a vista para o mar. Lembre-se de fazer uma visita a igreja paroquial de San Pietro, é um belo testemunho Gótico-Ligure de Cinque Terre, construída em 1334 sobre as ruínas de uma capela do século XI.

4) Por que conhecer Cinque Terre? MANAROLA

As suas origens são muito antigas,  foi fundada talvez pelos romanos, o seu  nome vem do latim “Manium Arula”, ou seja, pequeno templo dedicado a Mani, mas as informações históricas não são muito precisas, por  isso não existe uma grande certeza sobre a suas origens.  Assim como as outras vilas, Manarola é caracterizada por casas-torres em cima de um promontório rochoso de rocha escura.  Não deixe de visitar a praça principal onde estão concentrados os edifícios religiosos, incluindo a Igreja de San Lorenzo, em estilo gótico, o Oratório do Disciplinado e o campanário.

Outro monumento interessante para ser visto é a pirâmide de concreto branco, sinal trigonométrico para os marinheiros. Além disso, em Manarola você pode desfrutar da natureza com passeios relaxantes, especialmente ao longo da famosa Via dell’Amore, que une Manarola e Riomaggiore, uma trilha maravilhosa com vista para o mar, lugar realmente super charmoso e romântico, obviamente lembra de ir com um sapato confortável!

5) Por que conhecer Cinque Terre? RIOMAGGIORE

É o mais oriental das vilas de Cinque Terre e o primeiro burgo que você encontrará vindo de La Spezia, localizado na estreita vale do Rivus Maior, agora coberto. Construída no século VIII, fundada por um grupo de refugiados gregos que fugiam da perseguição iconoclasta de Leo III do Isaurico. As casas, pintadas com cores típicas da Ligúria, seguem o padrão das casas-torre, construída verticalmente em três ou quatro andares, ligadas umas as outras em fileiras paralelas. O acesso às casas é possível da entrada principal, assim como da parte de trás dos andares superiores.

Na parte alta da cidade está localizada a igreja paroquial de San Giovanni Battista, construída em 1340, o Oratório dos disciplinados do século XV – XVI, enquanto na parte oposta encontraremos as ruínas do castelo do século XV-XVI.  Em Riomaggiore começa a trilha Via dell’Amore até Maranola,  uma rua pedonal muito sugestiva, onde se pode admirar belas paisagens com  o barulho das ondas ao fundo batendo nas rochas!

Curiosidades sobre Cinque Terre

  • As Cinque Terre são: Manarola, Riomaggiore, Corniglia, Vernazza e Monterosso al Mare: todas elas têm vista para o mar, exceto Corniglia, que fica no topo de uma falésia a 100 metros do nível do mar.
  • Corniglia é a menor das cinco aldeias, mas a que melhor preservou sua natureza ao longo do tempo!
  • Monterosso al Mare tem o maior número de praias as mais bonitas. A praia que mais merece atenção é a  Praia Fegina.
  • Em 1997, as Cinque Terre passaram a fazer parte do Patrimônio Mundial da UNESCO por causa da peculiaridade de sua paisagem e do valor da interação entre natureza e atividade humana.
  • O Cinque Terre são famosas por suas paisagens fantásticas, casas com paredes coloridas, águas cristalinas, um mar esplêndido, natureza e pôres do sol : tudo isso em qualquer cidade dos 12 quilômetros de mar das Cinque Terre.
  • No passado, essas aldeias eram muito isoladas e só podiam ser alcançadas por mar e por caminhos muito sinuosos imersos na natureza, ou seja: só quem conhecia bem a área podia chegar às cidades. As cidades eram chamadas de Terras, pois pareciam ser muito distantes umas das outras. Quando se notou que eram, de fato, muito perto, as chamaram de ‘as cinco terras’, em italiano: as Cinque Terre.

Como chegar a Cinque Terre?


1) Como chegar em Cinque Terre? TREM

O melhor modo é com trem, cada vila tem a sua estação de fácil acesso e parte trem a cada 15/20 minutos, os bilhetes podem ser comprados diretamente na estação e você também pode comprar um bilhete que vale para todo o dia. Os trens partem da estação de La Spezia, por isso te convém chegar em Cinqueterre a partir de La Spezia.  A tarifa média do bilhete é entorno a 2 euros, enquanto o bilhete para o dia inteiro custa aproximadamente 16 euros e você pode pegar o trem quantas vezes quiser.

Você sabia que a Trenitalia é a principal sociedade italiana destinada à gestão do transporte ferroviário. Saiba aqui “Qual é a diferença dos trens na Itália?“. Compre sua passagem online com antecedência e economize muito, leia o Post “Como comprar uma passagem de trem na Itália?“.

2) Como chegar em Cinque Terre? CAMINHANDO

Você pode também visitar a pé, indo de burgo a burgo através das trilhas,  mas eu recomendo essa opção somente para as pessoas que têm tempo a disposição e energia!

3) Como chegar em Cinque Terre? BARCO

O último modo é com barco, no verão, a companhia Golfo Paradiso opera ferries entre Gênova e Cinque Terre. O Servizio Maritimo del Tigullio faz o trecho entre Santa Margherita e os cinco vilarejos.

Para pegar o barco basta ir no porto de qualquer uma das vilas, com exceção de Coniglia que não faz esse serviço, porque está no alto do penhasco. E você pode comprar o bilhete na mesma hora, pode comprar o bilhete para ir de um lugar para o outro (preço médio 6,50 euros)  ou para o dia inteiro (preço médio 25 euros).

Esse serviço funciona somente nos dias que o mar está tranqüilo, por isso se você tem sorte, uma ideia seria fazer a ida de uma vila para a outra com o barco e voltar com o trem para ver cinque terre de dois diferentes ângulos. O que acha?

4) Como chegar em Cinque Terre? CARRO

Você poderá entrar somente até uma parte e depois terá que deixar o carro estacionado e sempre precisará caminhar pelo menos 15 minutos a pé, isso acontece porque os burgos têm poucas ruas. Por isso ou você vai com o carro nas várias cidades, estaciona onde consegue e entra a pé, ou deixa o carro diretamente em La Spezia onde poderá pegar o trem que parte para todos os vários vilarejos.

Se for alugar um carro não deixe de ler nossos posts na seção Dirigindo na Itália no blog Viajando para Itália. Além de dicas de roteiro de carro, temos tudo sobre sinalizações, pedágios, estradas e muitos mais dicas.

Vai viajar pela Itália de carro?

Não sabe onde alugar o carro? Nós temos um parceiro que pode te ajudar: Rent Cars! Já pensou em alugar um carro na Itália, sem sair de casa, com atendimento em português, pagando em Real, sem cobrança de IOF e ainda poder parcelar em 12x sem juros no cartão? E que tal um desconto de 5% para pagamento à vista? Gostou da ideia? Então clique no banner abaixo Pesquise, compare e escolha! : )

Importante Saber

Se for dirigir na Itália é imprescindível a carteira internacional ou a sua CNH do Brasil com tradução juramentada, O.K.? Se não possuir, não dirija, pois você terá muitos problemas caso seja parado pela polícia italiana! LEIA O POST PRECISO DE CARTEIRA INTERNACIONAL PARA DIRIGIR NA ITÁLIA (PID)?


Assista esse vídeo e saiba: Preciso de carteira de motorista internacional para dirigir na Itália? Se inscreva em nosso canal e recebe mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

O charme do Cinque Terre é inesquecível! É fácil se apaixonar por estas aldeias atemporais. As aldeias são de fato um testemunho extraordinário de beleza natural,  unidas a uma excelente gastronomia. Para os amantes de frutos do mar, Cinque Terre será o paraíso: anchovas, pargo, robalo, lulas, chocos, polvo são os principais ingredientes em muitos pratos.

O que você está esperando?! Venha conhecer a beleza desse lugar tão especial!!  Mergulhe nas águas cristalinas, passeie tranquilamente pelas aldeias onde o tempo parece que parou!! Se encante com esses ângulos do paraíso na Itália!



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


para sua viagem perfeita!

CONSULTORIA

Guias 100% customizados e dentro de seu orçamento!

Planejamento de Viagem

MINICURSO

Apenas para inscritos em nossa newsletter!

 

Aproveite melhor suas férias! Aprenda a planejar com segurança e eficiência sua viagem pela Itália. Curso grátis!