Vamos visitar Lecce na Apúlia?

Lecce “A Dama do Barroco”, suprema cidade barroca de Apúlia. É muito apreciada por conta do tipo de arquitetura do seu Centro Histórico. Além do estilo barroco, outra característica é a história, que é na verdade é bastante singular e proporciona um charme encantador. Temos informações e dicas úteis para você colocar em seu roteiro de viagem!

7 9.774

Vamos visitar Lecce na Apúlia?

A cidade de Lecce é uma charmosa relíquia barroca no coração de Salento na Região da Apúlia. Além de ficar bem perto das mais belas praias de Salento, Lecce é conhecida não só pelo Barroco, mas também pelo papel-machê, pela pedra típica da cidade, pelas especialidades culinárias e pelas várias igrejas maravilhosas. Vem comigo conhecer essa bela cidade. Vamos visitar Lecce na Apúlia? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Exemplos de Roteiros Turísticos na Itália!

Nossa Introdução

Acabamos de dizer que Lecce é a suprema cidade barroca de Apúlia; por essa razão, é chamada “Dama do Barroco”, principalmente pelo tipo de arquitetura do centro histórico. Além do estilo barroco, outra característica sua é a história, que é na verdade bastante singular e proporciona um charme encantador. Tal crédito é graças ao seu enorme patrimônio artístico-cultural, ou talvez pela história, perdida nas brumas do tempo, que esta cidade expressa como nenhuma outra idade, repleta de exclusividade e detalhes. A decoração espalhafatosa gravada nos revestimentos dos edifícios leva as cores intensas da pedra típica de Lecce: de tons quentes e dourado, é um calcário sólido porém flexível – o que facilita o trabalho com a goiva. Leia também Itinerário de carro na Região da Apúlia?Quais são os 10 lugares imperdíveis da Apúlia?

Conheça um pouco da Arte Barroca e seu Centro Histórico

A arte barroca foi difundida em Lecce no século XVII, durante o domínio espanhol, substituindo a arte clássica, criando um estilo que abria espaço para a fantasia e a imaginação. O centro histórico é repleto de exemplos de trabalhos em pedra e é também um dos lugares imperdíveis. O centro histórico de Lecce é grande e magnífico, suas vielas são muito interessantes. A cidade é formada pelas ruas tortuosas espalhadas entre os edifícios barrocos (com sacadas decoradas e quintais repletos de flores) e dezenas de igrejas que surgem do nada. Conheça nesse outro post um pouco da História do Papel Marche!

Vamos visitar Lecce na Apúlia?
Lecce

1) Vamos visitar Lecce na Apúlia? VISITE O CENTRO HISTÓRICO

O centro histórico foi feito para se andar a pé e com a cabeça para cima, para sermos surpreendidos por todos esses prédios construídos com a pedra típica da cidade. Deixe-se conquistar por essa avalanche de decorações chamativas em motivo floral, brasões e figuras mitológicas, onde a influência artística espanhola e a pedra local (branca e reluzente) se uniram para criar essa forma artística, conhecida como Barroco de Lecce. Além do centro histórico, há pelo menos três lugares que você não pode deixar de ir quando visitar a cidade: a Basílica da Santa Cruz, o Anfiteatro Romano e a Praça da Catedral. Há várias outras coisas para se ver, mas essas três são as mais importantes.

2) Vamos visitar Lecce na Apúlia? VISITE A BASÍLICA DA SANTA CRUZ

Comecemos então pela Basílica da Santa Cruz, um dos maiores complexos arquitetônicos da cidade e o exemplo mais característico de barroco local, sobretudo pela riqueza de detalhes na fachada principal, com uma rosácea e um terraço decorado com cariátides. Já em seu interior, possui um padrão renascentista. Da Basílica da Santa Cruz, pegamos a Via Umberto I e Via Templari para chegar à Praça de Santo Orôncio: o coração da cidade.

Vamos visitar Lecce na Apúlia?
Lecce – Santa Cruz

3) Vamos visitar Lecce na Apúlia? VISITE A PRAÇA DE SANTO ORÔNCIO

A Praça de Santo Orôncio é a sala principal de Lecce e sempre foi o ponto de encontro da cidade. Lojas, cafeterias e escritórios abarrotam a espetacular praça oval cujo chão é decorado pelo brasão da cidade feito em mosaico: uma loba embaixo de uma árvore com uma coroa de cinco torres. Os prédios que compõem a praça, construídos entre o período medieval e o século XIX, criam uma harmonia arquitetônica heterogênea, fruto de diferentes estilos que convivem de modo equilibrado. Antigamente, era conhecida como a “Praça dos Comerciantes”, pela grande presença de mercadinhos e atividades comerciais, que depois desapareceram para dar espaço ao prédio que seria a sede do Banco da Itália.

Curiosidade

Desde 1656, a praça foi nomeada em homenagem ao santo padroeiro da cidade. Dizem que, durante a epidemia da peste que se alastrou no Reino de Nápoles, a cidade de Lecce ficou ilesa graças à mediação de Orôncio, ex-bispo da cidade. Assim, como um sinal de devoção e agradecimento, o povo mandou construir na praça uma coluna de 29 metros, sobre a qual foi colocada a estátua do santo abençoando a cidade. O Obelisco de Santo Orôncio é apenas uma das várias atrações da praça, que em grande parte é ocupada pelas ruínas do Anfiteatro Romano.

Vamos visitar Lecce na Apúlia?
Praça de Lecce – Lado A


Vamos visitar Lecce na Apúlia?
Praça de Lecce – Lado B

4) Vamos visitar Lecce na Apúlia? VISITE O ANFITEATRO

O anfiteatro foi descoberto no início do século XX por alguns trabalhadores durante a construção do edifício do Banco da Itália. Estava todo coberto, embaixo da cidade, tanto que ainda hoje não é 100% visível. O anfiteatro é o indício mais importante do período romano de Lúpias, como era chamada a antiga Lecce.

Vamos visitar Lecce na Apúlia?
Anfiteatro de Lecce

5) Vamos visitar Lecce na Apúlia? VISITA A PRAÇA E A  CATEDRAL DE LECCE

Da Praça de Santo Orôncio, seguimos em direção à Via Vittorio Emanuele II por uns 400 metros para acessar a Praça da Catedral. Essa praça é característica por ser fechada; ou seja, só tem uma entrada, os outros três lados são completamente obstruídos por prédios. Na Praça da Catedral, além da igreja de duas fachadas, vemos também o Palácio Episcopal e o Seminário. A praça é o coração da cidade antiga de Lecce. A Catedral de Lecce representa a base da vida religiosa local. A igreja, dedicada à Nossa Senhora da Assunção, foi construída em 1144, com duas fachadas (simples e diferente, mas bastante decorada) e mais a torre do sino. Ainda nessa praça há o Palácio Episcopal (do período renascentista, com arcos suntuosos) e o Seminário (característico não apenas pelo convento, mas também pela fachada em ladrilho).

Outras Igrejas de Lecce

Um tempo atrás, Lecce era considerada a “cidade das igrejas”, tanto pela quantidade quanto pela beleza de seus edifícios sacros. Além da Catedral e da Basílica da Santa Cruz, há uma infinidade de outras igrejas, são por volta de quarenta, espalhadas pela cidade. Dentre as mais antigas podemos citar a Igreja de São Nicolau e São Cataldo, no cemitério da cidade. Construída na época medieval em 1180 a pedido de Tancredo de Altavila (último rei dos Normandos), foi então reformada em 1716, adquirindo a marca barroca, porém os elementos de seu estilo original foram preservados.

Vamos visitar Lecce na Apúlia?
Lecce

6) Vamos visitar Lecce na Apúlia? VISITE A IGREJA DE SÃO MATEUS

Dentre as mais originais, não posso deixar de citar a Igreja de São Mateus, de 1667-1700, com a sua singular fachada curvilínea. Outra igreja digna de reconhecimento é a de Santa Irene, situada bem no centro da cidade; a santa foi padroeira de Lecce até o ano de 1656. O passeio pela cidade não pode acabar sem antes darmos uma volta pelas vielas para explorar as esquinas e pracinhas tão gostosas. Talvez até parar para saborear os deliciosos pratos típicos de Lecce, ou quem sabe uma boa taça de vinho primitivo de Salento.

Vamos visitar Lecce na Apúlia?
Lecce

Como Chegar a Lecce?


1) Como Chegar a Lecce? DE AVIÃO

Por estar localizada no litoral da Itália, é fácil chegar a Lecce por todo o território da bota. É bem acessível tanto de trem quanto de avião. Como não possui aeroporto (única cidade apuliense), utiliza o aeroporto vizinho de Bríndisi, a cerca de 40km de Lecce, portanto bem conectado a todos os maiores aeroportos italianos.

Leia também nossos posts sobre Aeroportos na Itália:

2) Como Chegar a Lecce? DE TREM

Inúmeros trens provenientes de várias cidades italianas chegam à estação de Lecce. A capital salentina é o terminal da rota adriática que vem de Milão ou Turim e passa por Bolonha, Pescara e Bari. Muitas são também as conexões por Roma, com trens Eurostar, mas também com ônibus.

Você sabia que a Trenitalia é a principal sociedade italiana destinada à gestão do transporte ferroviário. Saiba aqui “Qual é a diferença dos trens na Itália?“. Compre sua passagem online com antecedência e economize muito, leia o Post “Como comprar uma passagem de trem na Itália?“.


Assista esse vídeo e saiba: Como comprar uma passagem de trem ONLINE na Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Vamos visitar Lecce na Apúlia? Lecce não é só conhecida pelo seu estilo barroco, mas também como uma cidade hospitaleira, organizada, com uma grande gastronomia e um mar sensacional que fica bem pertinho – sem dúvidas, uma parada imperdível para quem está visitando a Itália. E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?