É obrigatório fazer seguro de viagem para ir para a Itália?

8 3.634

É necessário fazer seguro de viagem para ir para a Itália?

Olá! Espero que vocês estejam bem! : ) Hoje vamos falar do temido e famigerado seguro de viagem; muitas pessoas me perguntam como funciona, o que cobre e a dúvida mais comum é: mas é obrigatório? Pois bem, vamos lá!

A Itália faz parte do Tratado de Schengen, que é um acordo entre países europeus que permite a livre circulação de pessoas em parte do território Europeu e foi esse acordo, também, que aboliu a necessidade de pedido de visto para os cidadãos brasileiros que viajam para a Europa. O seguro de viagem vale para a Itália e para mais 25 países da União Europeia: Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Holanda, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia e Suíça e é OBRIGATÓRIO!

Ah, lembre que o seu seguro deve cobrir no minimo 30.000 euros!!!

Se você tem dúvidas sobre os documentos que deve fazer para a viagem, recomendo a leitura desse post:

Documentação para entrar na Itália?

Por que é importante?

Porque uma simples consulta no exterior pode chegar a custar 200 euros! Com o seguro obrigatório você viaja com muito mais tranquilidade e, caso haja necessidade, pode acioná-lo a qualquer momento; Claro que esperamos que você não precise deste serviço, mas é sempre bom estar prevenido! Além do mais, alguns seguros incluem ainda: serviços de assessoria jurídica, indenização de extravio de bagagem, assistência em caso de perda de documentos e reembolso por atrasos ou cancelamentos de vôos.

O que devo considerar na hora de contratar?

Em primeiro lugar compare os preços! Não saia em desespero e contrate o primeiro que encontrar. Verifique atentamente os valores da cobertura médica e lembre-se de considerar casos particulares como gestantes, idosos, estudantes de intercâmbio e praticantes de esportes radicais; há planos individuais e familiares para todos os casos. Leia o contrato do começo ao fim e questione, sempre, em caso de dúvida. Vale lembrar que alguns cartões de crédito internacionais oferecem o serviço de graça para seu titular, cônjuge e dependentes que viajam com passagens compradas com estes cartões, verifique com sua operadora a disponibilidade deste serviço. Leia com atenção sobre como é o procedimento em caso de necessidade e anote os telefones de onde precisa ligar em caso de emergência.


PRESENTE EXCLUSIVO PARA OS MEUS LEITORES. FICOU CURIOSO? EU QUERO O MEU PRESENTE!


Durante a viagem, vou praticar alguns esportes radicais, se eu sofrer um acidente meu seguro cobre? E em caso de morte acidental? A maioria dos seguros não cobre acidentes ocorridos em práticas de esportes radicais. Se te disserem que existe a cobertura, leia o contrato e não compre o seguro antes de sanar essa dúvida! Alguns seguros NÃO cobrem acidentes esportivos em seu plano básico, mas se informe sobre a possibilidade de incluir essa cobertura como adicional.

O que, de fato, o seguro obrigatório básico cobre?

Itens que são necessários constar no contrato de cobertura básica:

•    Atendimento médico e odontológico 24h por dia;
•    Seguro no caso de suspensão ou cancelamento da viagem por motivos médicos;
•    Acompanhante em caso de hospitalização prolongada;
•    Hospedagem após alta hospitalar;
•    Remarcação de passagem para retorno ao Brasil;
•    Repatriação médica e funerária ao Brasil tanto para caso de doença ou acidente quanto falecimento;
•    Assistência funerária;
•    Indenização em caso de morte;
•    Indenização em caso de invalidez permanente ou total ocorrida durante a viagem;
•    Localização ou indenização de bagagem extraviada;
•    Despesas jurídicas;
•    Pagamento antecipado de fiança.

Eu tive um problema com o seguro, como proceder?

Antes de qualquer coisa tente resolver com o próprio seguro: entre em contato com o SAC ou com a ouvidoria e acompanhe a ocorrência de perto; tenha todos os documentos em mãos e, caso você ainda esteja no exterior, lembre-se de sempre deixar uma cópia de toda a documentação da viagem com alguém de confiança no Brasil. Caso não tenha o retorno esperado, entre em contato com a SUSEP, Superintendência de Seguros Privados, que é regida pelo Conselho Nacional de Seguros, o CNSP. Eles são responsáveis somente por seguros contratados no Brasil.

Onde posso contratar um seguro de viagem?

É muito simples e mais barato do que você imagina; acesse agora mesmo o site da Seguros Promo; neste site você vai encontrar tudo o que precisa para pesquisar, comparar e escolher o melhor seguro de viagem!

10% DE DESCONTO PARA OS LEITORES DO VIAJANDO PARA ITALIA!

E uma última informação, fazendo a cotação com a SegurosPromo você poderá escolher entre as melhores seguradoras (com os melhores custo-beneficios!). Aproveite nosso cupom EXCLUSIVO que te oferece 10% de descontoPARAITALIA10.

Somente o nosso blog te presenteia com os melhores descontos, certo?!

Clique no banner abaixo e faça a cotação:
Europa 1

Restaram algumas dúvidas? Deixe seu comentário!

8 Comentários
  1. Luiz Diz

    Como assim obrigatório? eu fui a itália 2 vezes nos últimos anos sem seguro saúde e não fui impedido de adentrar no território, também não fui perguntado sobre o seguro

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Boa tarde Luiz, tudo bem? Sim, é obrigatório, não sou que digo, assuntos como esses consulto sempre as fontes oficiais.. justamente para não passar informações erradas para os leitores… .. basta ir no site do consulado e ver os documentos que eles mencionam como obrigatório para a viagem para Itália….:) .. se não pediram é um discurso diferente..:) Um grande abraço, Ana

  2. Maria DE FÁTIMA PAGLIARINI FLEURY DA ROCHA Marina PAGLIARINI FLEURY DA ROCHA Diz

    Ola
    Vou para a Itália em novembro e pretendo fazer um bate volta para Lugano a partir Milão. O seguro para a italia vale na Suíça?
    Obrigada

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Vc deve fazer o seguro europeu.. Suiça sai fora do seguro para a Italia:) Ana

      1. Maria DE FÁTIMA PAGLIARINI FLEURY DA ROCHA Marina PAGLIARINI FLEURY DA ROCHA Diz

        Sim. Vou fazer aquele obrigatório de 30.000 euros pelo cartão que eu comprei a passagem. Não serve?
        Obrigada

        1. Ana Patricia Da Silva Diz

          Maria basta que seja especificado que é para a area SHEGEN. Ou seja uniao europeia. Abraços, Ana

          1. Fatima Diz

            Entendi. Obrigada

          2. Ana Patricia Da Silva Diz

            🙂

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!