Documentação para entrar na Itália?

Documentação para entrar na Itália? Apesar da isenção de visto para brasileiros, a Itália exige alguns documentos essenciais para poder visitá-la! Aqui você terá todas as respostas!

39 24.721

Documentação para entrar na Itália?


Nos últimos anos, vários países têm adotado medidas mais rígidas no controle de entrada e circulação de estrangeiros em seus territórios. Por isso, quando você for viajar para algum país, para turismo, estudo ou trabalho, cuidados redobrados devem ser tomados antes da sua partida. Os turistas brasileiros que irão visitar a Itália estão ISENTOS DE VISTO de entrada para permanência de até 90 (noventa) dias. Mais afinal de contas qual é a documentação para entrar na Itália?

Se você acha que tem muito para conhecer da Itália e não quer pensar em muitos detalhes para organizar essa viagem, leia após as Conclusões: “E agora quem poderá me AJUDAR?”


É sua primeira vez na Itália? Então não deixe de assistir a esse vídeo com dicas imperdíveis para viagem dos seus sonhos. Se inscreva em nosso canal e receba vídeos com temas importantes sobre a Itália.

Visite também nosso POST ESPECIAL:O que eu preciso saber antes de viajar para a Itália?” e faça uma viagem tranquila.


1) Documentação para entrar na Itália? DOCUMENTOS

A seguir, apresentamos os principais requisitos para ingressar na Itália:

  • Passaporte com validade superior a 03 (três) meses quando da saída do Espaço Schengen (*);
  • Passagem área de retorno para o Brasil;
  • Reserva do Hotel onde ficará hospedado ou a Carta Convite assinada por um cidadão italiano ou residente;
  • Seguro Médico Internacional;
  • Recursos financeiros que possam garantir o seu sustento durante sua estadia (aproximadamente 60 euros por dia).

Nota (*) Acordo de Schengen é uma convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países signatários. Um total de 30 países, incluindo todos os integrantes da União Europeia(exceto Irlanda e Reino Unido) e três países que não são membros da UE (IslândiaNoruega e Suíça), assinaram o acordo de Schengen. LiechensteinBulgáriaRoménia e Chipre estão em fase de implementação do acordo. Fonte: Wikipedia.

2) Documentação para entrar na Itália? REQUISITOS PARA ENTRADA DE TURISTAS

O cidadão brasileiro que pretende viajar para a Itália a turismo não necessita de visto de entrada se a permanência for de, no máximo, 90 dias. A seguir, apresentamos os principais requisitos para o ingresso na Itália:

A) Passaporte e Documentos de Viagem

Para o ingresso, a permanência ou o trânsito na Itália, o cidadão brasileiro deve estar munido de um passaporte com validade de pelo menos 06 (seis) meses posteriores à data de entrada na Itália. Aceitam-se também outros documentos de viagem reconhecidos como válidos pelo Governo italiano. Viaje prevenido e leia nosso Post Especial sobre “Perda ou Roubo de Passaporte na Itália” e saia do Brasil seguro.

Nota

A partir de 19 de julho de 2013, entraram em vigor novas normas europeias para nacionais de terceiros-países, entre os quais brasileiros, para ingressar no espaço europeu: Os passaportes dos viajantes deverão ter, no mínimo, três meses de validade no momento da saída do território europeu. Antes de viajar, verifique a validade de seu documento de viagem para evitar problemas ao ingressar na Europa.

Fonte: http://cgroma.itamaraty.gov.br/pt-br/News.xml

B) Disponibilidade de Recursos Financeiros

O brasileiro que pretende ingressar na Itália deve dispor de recursos financeiros que possam garantir o seu sustento durante a prevista permanência e cobrir eventuais despesas médicas e hospitalares. A disponibilidade dos recursos financeiros pode ser demonstrada mediante a apresentação de dinheiro em espécie, cartões de crédito internacionais, títulos de serviços pré-pagos ou de documentos comprobatórios da disponibilidade de fontes de renda na Itália. A seguir, uma tabela indicativa para a determinação dos meios mínimos de subsistência solicitados para o ingresso na Itália.

Tabela de acordo com o Ministério das Relações Exteriores italiano

Duração da viagem 1 pessoa 2 ou mais pessoas
De 1 a 5 dias: quota fixa total EUR 269,60 EUR 212,81
De 6 a 10 dias: quota diária por pessoa EUR 44,93 EUR 26,33
De 11 a 20 dias: quota fixa

Quota diária por pessoa

EUR 51,64

EUR 36,67

EUR 25,82

EUR 22,21

Acima de 20 dias: quota fixa

Quota diária por pessoa

EUR 206,58

EUR 27,89

EUR 118,79

EUR 17,04

 

C) Alojamento Idôneo

O cidadão brasileiro deve comprovar a existência de um alojamento idôneo na Itália, apresentando a reserva do hotel onde ficará hospedado ou a carta convite assinada por um cidadão italiano, ou estrangeiro legalmente residente, com a qual atesta a sua disponibilidade para oferecer hospedagem na Itália ao cidadão brasileiro. A carta convite deve estar acompanhada de uma cópia do documento de identidade de quem está convidando.


VOCÊ SABIA?

Presenteio meus leitores com 30 minutos de Consultoria GRATUITA para a escolha dos Hotéis.

EU QUERO A MINHA CONSULTORIA AGORA


D) Bilhete Aéreo de Retorno para o Brasil

No momento do ingresso em território italiano o cidadão brasileiro deverá estar de posse do bilhete aéreo de retorno para o Brasil, já marcado para um prazo máximo de 90 (noventa) dias, e apresentá-lo às autoridades de fronteira italianas, quando solicitado.

No momento da entrada na Itália, recomenda-se postura tranquila e séria, evitando tanto nervosismo, rigidez ou agressividade, por um lado, como postura desleixada ou excessivamente informal e familiar, por outro. A vestimenta deve ser sóbria.

É importante que o viajante brasileiro não conte com a boa vontade ou cooperação do agente de imigração, e muito menos com gestões ou facilidades que o mesmo possa proporcionar. Por exemplo, deve ir com as provas já constituídas, e não na dependência de poder obtê-las por via eletrônica, pois não contará com um computador nem com internet, ou mesmo buscá-las na bagagem despachada. O caso típico é o do bilhete de retorno.


GANHE um guia de viagem para a Itália clicando no banner abaixo e não deixe de conhecer nossos outros Guias de Viagem Clicando Aqui!

Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia


3) Documentação para entrar na Itália? REQUISITOS PARA PERMANÊNCIA TEMPORÁRIA

O cidadão estrangeiro que pretende entrar na Itália por motivo de turismo deve declarar a sua presença no território italiano à “Questura” (que é um tipo de delegacia de polícia), no prazo de 8 (oito) dias, de acordo com o Decreto Lei n°.10 (de 15/02/2007) publicado no Diário Oficial (Gazzetta Ufficiale) n°. 68 (de 15/02/2007). Se, no entanto, o turista entrar na Europa pela Itália e se a Polícia de Fronteira carimbar em seu passaporte com a “Declaração de Presença”, então o turista não precisa ir à Questura.

Para os turistas que entrarem na Itália por outro país europeu (do Espaço Schengen) e não passarem pelo controle de fronteira italiano, será preciso sempre comparecer à “Questura” para declarar sua presença quando esta for por prazo maior do que 8 (oito) dias. Fonte: Consulado Brasileiro. Lembre-se também de consultar sempre seu agente de viagem!

MAIS INFORMAÇÕES DO CONSULADO DE ROMA

A) O cidadão brasileiro precisa de visto para entrar na Itália? Quais documentos deve providenciar?

O cidadão brasileiro que viaja para a Itália a turismo não necessita de visto se a permanência no território italiano for de, no máximo, 90 (noventa) dias, de acordo com o “Regulamento (CE) N.539/2001 “del Consiglio dell’Unione Europea” del 15/03/2001.

Além do documento de viagem válido (passaporte), é preciso demonstrar que dispõe de recursos financeiros para garantir a sua subsistência durante a estadia. A disponibilidade de recursos financeiros pode ser demonstrada, por exemplo, mediante exibição de dinheiro em espécie, títulos de crédito ou comprovante de fonte de renda na Itália. É preciso demonstrar, ainda, a disponibilidade de um alojamento (que pode ser comprovada, por exemplo, através da “lettera di invito” (Carta Convite). É necessário que o passaporte do viajante tenha, no mínimo 03 (três) meses de validade depois da data de saída do território europeu. A ausência dos requisitos acima indicados provoca a rejeição do estrangeiro por parte da Polícia de Fronteira.

Para maiores informações, consulte os seguintes links: http://poliziadistato.it / http://www.esteri.it

B) Entrei na Itália como turista. Por quanto tempo posso permanecer de forma legal?

A autorização de entrada e permanência para o turista possui validade de 90 (noventa) dias. Ultrapassado esse período, a pessoa passa à condição de clandestinidade, o que, atualmente, é considerado crime pela lei italiana.
Por isso, é preciso prestar muita atenção no prazo da autorização de permanência. A pessoa clandestina pode sofrer algumas consequências: além de responder a um processo, receberá a carta de expulsão e poderá ficar impedida de entrar no espaço Schengen por um período de 10 anos.

C) É possível estender o prazo para o visto de turismo?

Infelizmente NÃO! O visto de turismo ou, mais propriamente, a autorização de permanência não pode ser prorrogada.

D) Quanto tempo devo esperar para entrar novamente na Itália como turista, de forma regular?

A lei permite a permanência máxima na Itália de 3 (três) meses por semestre, contados a partir da data do primeiro ingresso no país. Somente é possível entrar novamente na Itália (ou em qualquer país que faça parte do espaço Schengen) e permanecer por mais 3 meses como turista, de forma regular, após transcorridos 6 (seis) meses da data do primeiro ingresso. Está verificação é feita com base nos carimbos de entrada/saída no passaporte

E) Como faço para trabalhar na Itália regularmente?

Não compete ao Consulado dar informações sobre questões sobre imigração, permanência e residência na Itália. Para tal, aconselhamos a leitura atenta da página do Ministerio Dell Interno

Fonte: http://cgroma.itamaraty.gov.br/pt-br/perguntas_frequentes.xml#autorizacao2

Importante

Não me responsabilizo por eventuais mudanças na tipologia de documentação para entrar na Itália! Lembre-se sempre de consultar o consulado para verificar se existem novas atualizações.

Atenção para quem vai dirigir na Itália!

A PID (Permissão Internacional para Dirigir), é um documento que você também precisa levar. Te lembro que, se for querer dirigir, é obrigatória a carteira de motorista internacional. Muitas vezes as locadoras não solicitam, mas se a polícia te parar é multa na certa, além de uma possível apreensão do veículo. Não corra riscos! Leia tudo sobre a PID em nosso Post Especial “Preciso de carteira internacional para dirigir na Itália?


Conclusões

Quando formos viajar é de fundamental importância ter todos os documentos necessários para evitarmos qualquer tipo de problema no destino da viagem.

Leia também nossos Posts Especiais:

Leia: “O que fazer antes de viajar para Itália?

Leia: “O que eu preciso saber antes de viajar para a Itália?

Leia: “Preciso de carteira internacional para viajar para a Italia?

Se mesmo assim você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)


“E agora quem poderá me AJUDAR?”

Muita informação não é mesmo ? Se você leu esse artigo e sentiu aquele friozinho na barriga pensando: E agora???? Quem poderá me AJUDAR??? Não se desespere, pois nós temos a solução.

Como dirigir com neve na Itália?

São tantos detalhes para se pensar: dinheiro, passagens, hotéis, restaurantes, opções de passeio, tempo, deslocamento, segurança, clima, família… que as vezes dá vontade até de desistir, não é mesmo? Mas nós TEMOS A SOLUÇÃO OU O SEU DINHEIRO DE VOLTA (estornamos 100%)Para oferecermos essa GARANTIA é porque temos certeza absoluta que irão gostar dos nossos serviços. Veja os depoimentos de quem fez esse serviço conosco.

Para todas essas questões temos a Consultoria de Elaboração de Roteiro, onde otimizaremos seu tempo através do seu perfil.

 Não, não, não pense que é caro ou fora do seu alcance. Inclusive, provamos a você que é possível gastar bem menos através de um roteiro bem elaborado e personalizado. Continue lendo nosso post.

Vai sobrar dinheiro ?

Como dirigir com neve na Itália?
Otimize seu tempo, conheça mais lugares e poupe seu dinheiro

→ Contratando a Consultoria de Roteiro com antecedência, o nosso serviço será quase gratuito*. E tem mais, você ainda receberá muitos brindes e bônus. Descubra os presentes que você estará recebendo ao longo dessa pré-organização clicando bem aqui!

Clientes que reservam esse tipo de serviço com antecedência (em média 2 a 3 meses) podem economizar mais de 200 Euros com os nossos serviços (que deram um total de, mais ou menos, 90 Euros), ou seja: economizaram na viagem com pequenas mudanças e, só com passagens de trem, dicas de restaurantes, etc, você poupou mais de 200 Euros; além de ter toda a viagem organizada da melhor maneira possível.  Entre em contato conosco e saiba mais…


Conheça também nossas indicações:

 PASSEIOS EM GRUPO EM LÍNGUA PORTUGUESA NAS PRINCIPAIS CIDADES ITALIANAS? RESERVE AGORA CLICANDO AQUI!


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.
   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

39 Comentários
  1. nelly magne soh Diz

    Sou Camaronesa residente no Brasil. Preciso ir à Itália por 15 dias. Alguém poderá me convidar e me hospedar? Neste caso preciso saber quanto gastaria por isso?

    Carta convite e hospedagem

  2. Sonia Carvalho Diz

    Bom dia Ana tenho uma dúvida. Não sei falar nenhuma língua estrangeira terei problemas na imigração para me comunicar? Como entender o que me perguntam? Irei passar 15 dias em Janeiro/2016..

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Querida tantos estrangeiros não falam a lingua, por isso compra um manual de conversação de turistmo e estuda a parte da imigração.. ou até mesmo alguma coisa em ingles.. senão fica tranquila, a maior parte das pessoas não entendem e passam do mesmo jeito 🙂

  3. Danilo Diz

    Ana, sabe se essa Declaração de Presença é rápido de fazer? eu chego pela Alemanha, mas não quero perder tempo resolvendo documento, se ao menos pudesse ser resolvido aqui mesmo. Eu li em outros lugares que os hoteis tbm fazem isso no momento do check- in sabe algo sobre isso?

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Danilo essa declaração é necessário somente se for ficar tantos dias na Itália e se chegar diretamente pela Itália, visto qeu chega pela Alemanha será feito diretamente no aeroporto da Alemanha..

  4. Maria Teresa Diz

    Olá, Ana Patricia!

    Viajarei com a minha família para a Itália em agosto. Quem pagou as passagens e vai nos hospedar e custear serão os meus parentes que moram perto de Caserta.

    É obrigatório o Seguro Schengen?

    Devo levar alguma carta, informando que seremos custeados e hospedados pelos meus parentes italianos para apresentar ao agente de imigração?

    Desde já agradeço sua atenção.

    Baci.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Querida nesse caso não sei com certeza se o seguro é obligatório, mas é muito importante faze-lo.. é um risco não ter um seguro.. você precisa de um comprovante de lugar para ficar, por isso é importante ter a carta visto que não vai ter o voucher de um hotel, basta uma simples carta dizendo que vão estar na casa deles com o número de telefone.
      Grande abraço
      Ana Patricia

  5. claudia travassos Diz

    Olá Ana Patricia,
    eu tinha a informação, Segundo o tratado de Shengen, que para entrar na Italia se precisa que o passaporte esteja valido no mínimo 3 meses a contar da data de saída do país. É isto mesmo ou são 6 meses?

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Cara as informações em sites diferentes estão confusas, próximo mês vou no consulado de Roma e vou pedir um esclarecimento sobre isso.. mas acredito que seja realmente 3 meses.. 🙂

      A partir de 19 de julho de 2013, entraram em vigor novas normas europeias para nacionais de terceiros-países, entre os quais brasileiros, para ingressar no espaço europeu: Os passaportes dos viajantes deverão ter, no mínimo, três meses de validade no momento da saída do território europeu.
      Antes de viajar, verifique a validade de seu documento de viagem para evitar problemas ao ingressar na Europa.

  6. Lucas Henrique Merino Diz

    Oi Ana, bom dia!
    Estou com uma viagem marcada para a Itália em Novembro.
    Vou ficar na casa de um amigo, gostaria de saber se esta carta convite precisa ser assinada por ele, ou ele pode me enviar eletronicamente? E vou ficar 11 dias, qual seria a quantia adequada de euros para levar? Visto que encontro informações diferentes em varios lugares.

    Agradeço desde ja!

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Melhor que ele assine e depois te envia por email ou faz uma foto e te envia what ap, o importante é tb ter o contato telefonico dele..: enfim, não me ocupo dessa parte legal por isso te digo como fizeram vários amigos e nunca tiveram problemas. Em relação a tua segunda pergunta veja o seguinte post:)
      http://www.viajandoparaitalia.com.br/informacoes-uteis/conselhos-para-economizar-durante-a-viagem/quanto-eu-gastaria-em-uma-viagem-na-italia/

      Grande abraço
      Ana Patricia

  7. catia Diz

    Patrícia, onde e como devo prosseguir pra fazer esse seguro schengen?
    Aguardo resposta!

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Catia basta verificar com qualquer empresas que faz seguro de viagem:) abraços, Ana Patricia

  8. catia Diz

    Qual o valor cobrado pra esse seguro? Nas agências bancárias não faz?

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Dá uma olhada para vc ter idéia do que se trata:) basta colocar seguro schengen no google que vem todas agências de seguro.. https://www.comparaonline.com.br/seguro-viagem/seguro-schengen abraços e boa sorte.. Ana Patricia

  9. Michele Chiletto Diz

    Boa Tarde, você pode me esclarecer que tipo de seguro viagem é obrigatório – saúde, acidentes pessoais,…
    E o valor, existe valor obrigatório de cobertura?
    Muito obrigada pelas muitas e preciosas dicas.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Michele o seguro Schegen é feito por todas empresas que fazem seguro.. te convém se informar com eles (online vc encontra tantas possibilidades), porque são mais informados sobre mudanças.. mas geralmente o seguro é somente para a saúde.. 🙂 Faz uma maravilhosa viagem:) Ana Patricia

  10. Caique Diz

    Ana Patrícia,eu viajar para Itália para visitar Familiares irei ficar hospedado na casa e meus familiares eles irá mandar uma carta convite para que eu possa ingressar na Itália, mesmo assim e obrigado eu levar comigo um valor “considerável”em euros?
    Ou portando a carta e tendo familiares Ítalo brasileiro, não tenha necessidade de levar euro!

    Espero ter compreendido à pergunta, desde já agradeço pela resposta!
    Se possível poderia me mandar essa resposta também através de e-mail?
    Segue: [email protected]

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Bom dia Caique como mencionado no post são dois itens diferentes:) recursos financeiros é um ponto e o comprovante estadia é outro:) Boa viagem, Ana Patricia

  11. benvindo kileke Diz

    na verdade gostei muinto de tua organizacao , tambem sou um de deste home que gosta visitar italia, por que ja visite america, engletterra , china , ect……, agora como poso fazer para visitar italia

  12. Herica Diz

    Parabens pelo post Ana. Muito bem esclarecido! Bjs.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Obrigada querida! 🙂

  13. Paola Diz

    Oi Ana,
    Teria como me passar teu email?
    bjo

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Oi, está no contato no blog, mas te envio aqui: [email protected] Grande abraço, Ana Patricia

  14. Andreia Diz

    Oi, tudo bem? Adorei descobrir sua página com as dicas para a Itália. Poderia me ajudar numa dúvida? Vamos viajar em 5 pessoas neste sábado, para Veneza e depois Roma, e 3 de nós possuímos também o passaporte italiano. Minha dúvida é: nós 5 podemos pegar a mesma fila na imigração de lá? Ou 3 têm que pegar a fila para italianos e 2 para estrangeiros? Muito obrigada

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Andréia esse tipo de informação é sempre melhor vc consultar fontes oficiais como o consulado por exemplo, mas acredito que tenham que fazer fila diferente de acordo com o tipo de passaporte que vocês tem… :0 abraços, Ana

  15. Camila Russo Diz

    Pode tirar uma dúvida minha? Estou indo pra Itália pra tirar minha cidadania italiana. Como vou comprovar a residência?

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Camila essa não é a minha área de atuação.. de qualquer forma quando vc entra com a documentação, vc deve dizer onde esta a tua residência.. e vai passar o “Vigile” para verificar se vc realmente mora la.. Abraços, Ana

  16. Murilo Assunção Diz

    Oi Ana Patrícia, estive na Itália entre os dias 05 a 19 de junho de 2018 e gostaria de deixar aqui meus agradecimentos pela enorme contribuição que seus postes me deram. De muita valia. Minha entrada para a comunidade europeia foi por Paris e apesar de conturbada frente à uma conexão pra Milão com prazo curto, não me foi pedido nada de reservas em hotel, euros em espécie, seguro saúde, nada, nada. E com relação à reserva de veículo, segui seu conselho e fiz pela Alamo através da rentacar. Aconselho todos entregar o carro com o tanque cheio, pois no meu caso, como estava próximo de vencer a diária, entreguei o carro com o tanque vazio e me foi cobrado um preço de combustível bem mais caro que nos postos e ainda tive que pagar uma multa de 48 euros para que um funcionário levasse o carro até um posto pra reabastecer. Muito obrigado.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Obrigada pelas excelentes dicas querido!! 🙂

  17. William Diz

    Olá, Ana Patrícia!

    Conheci teu blog há algum tempo e ele tem me ajudado muito. Parabéns pelo teu excelente trabalho!

    Vou pra Itália agora em julho/2018; tenho a lettera di invito da universidade, mas não tenho a cópia do documento de identidade do professor que a assinou; devo providenciar a carta di identità dele, tal como tu indicas?

    Fiquei confuso com o dinheiro necessário; ficarei quase 30 dias; quantos Euros devo ter? Gostaria de saber não quanto se gastará por dia, mas quanto dinheiro é obrigatório ter.

    Abraços!

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Willian, tudo bem? Sim, é necessário a cópia do documento do professor de acordo com o site do Consulado brasileiro em Roma. Em relação ao valor, basta fazer a soma da tabela. Portanto em 30 dias você vai precisa de uma soma fixa de EUR 206,58 mais EUR 27,89 por dia. Tantas vezes eles nem pedem isso.. mas é sempre melhor seguir as regras indicadas pelo consulado brasileiro. Boa viagem, Ana

  18. Tamires Diz

    Boa noite
    Gostaria de esclarecer uma dúvida , vou para Itália semana que vem e meu namorado tbm irá , porém não vamos nos mesmo dia e ele fará conexão na França em Paris , e minha irmã fará a carta convite para ele tbm , porém a dúvida eh , ele precisa ter a carta em italiano e uma carta em francês , por fazer conexão na França a imigração dele será lá né , ou somente a carta em italiano e o suficiente para apresentar lá ?
    Obrigada desde já

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Tamires acredito que basta a carta para a Itália. 🙂 visto que ele estará fazendo somente conexão mas o destino final é a Itália, por via das duvidas faz a mesma carta também em inglês. Abraços, Ana

  19. Fátima Diz

    Boa tarde Patricia. Parabéns pelo blog. Vou para a Itália em novembro e vou chegar por Roma. Vou precisar me registrar na Questura?
    Obrigada.

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Veja o que esta escrito no post: O cidadão estrangeiro que pretende entrar na Itália por motivo de turismo deve declarar a sua presença no território italiano à “Questura” (que é um tipo de delegacia de polícia), no prazo de 8 dias, de acordo com o Decreto Lei n°.10 (de 15/02/2007) publicado no Diário Oficial (Gazzetta Ufficiale) n°. 68 (de 15/02/2007). Se, no entanto, o turista entrar na Europa pela Itália e se a Polícia de Fronteira carimbar em seu passaporte a “Declaração de Presença”, então o turista não precisa ir à Questura.
      Para os turistas que entrarem na Itália por outro país europeu (do Espaço Schengen) e não passarem pelo controle de fronteira italiano, será preciso sempre comparecer à “Questura” para declarar sua presença quando esta for por prazo maior do que 8 dias. Abraços, Ana

      1. Fatima Diz

        Obrigada!

  20. Fabricia Diz

    Oi a carta convite è obrigatoria? Eu estou indo para Itália, eles sempre pedem a carta convite, vc poderia me informar se daria poblema se eu fosse so com a passagem de ida?? Tem poblema?

    1. Ana Patricia Da Silva Diz

      Fabricia com certeza.. Vc tem que ter ou o voucher ou a carta convite para comprovar onde vai estar hospedado assim como a passagem de volta.. Vir para cá somente com a passagem de ida e ainda mais sem um comprovante de onde ficar é problema na certa. Grande abraço, Ana

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!