Escola de Gladiadores em Roma?

Os gladiadores romanos geram fascínio por sua força e habilidade, mas você conhece a história dos gladiadores? Sabe quem eles eram? Hoje daremos dicas e informações para você fazer um curso de gladiadores em Roma!

0 2.284

Escola de Gladiadores em Roma?

Apesar de todo a magia que há em torno dos gladiadores romanos, eles eram, simplesmente, um escravo lutador na Roma Antiga usado para divertir os nobres. O nome gladiador, deriva da espada utilizada por eles nas lutas, gládio. Hoje vamos conhecer melhor os gladiadores romanos e, no final, uma surpresinha para vocês: um curso de gladiadores em Roma, não perca!!!! Agora vamos ao nosso Post Especial do dia: Escola de Gladiadores em Roma? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

Escola de Gladiadores em Roma?

Nossa Introdução

Quem gosta de filmes sanguinários, ágeis e cheios de batalhas, certamente AMOU um dos maiores sucessos de bilheteria de todos os tempos, vencedor de cinco estatuetas do Oscar, incluindo o de melhor filme: O Gladiador (2000), com Russel Crowe. No filme, Crowe interpreta o general Maximus Decimus Meridius, um dos homens de confiança do Imperador Marco Aurélio (Richard Harris). Enquanto o Imperador orienta seu exército para lutar contra bárbaros germânicos, Maximus descobre que Marco Aurélio tem intenção de passar o poder do império para suas mãos, uma vez que ele já está muito debilitado, porém, como nem tudo são flores, o filho do Imperador, Cômodo (Joaquin Phoenix), descobre os planos de seu pai e, antes que tudo possa ser acordado, ele simplesmente ordena sua morte.

Filme Baseado em Fatos Reais

O ano é de 180 d.C. e, não feliz, Cômodo manda matar a família de Maximus também. Maximus, então, torna-se um escravo e é colocado na arena para lutar embates sanguinários, mas seu objetivo é, de fato, vingar as mortes de seu imperador e de sua família, até que chega o esperado momento: a batalha entre ele e Cômodo. Para quem assistiu ao filme, sabe como termina, para quem não assistiu: fica em paz, pois não daremos spoilers! 😉 O filme, embora baseado em personagens reais, é 100% fiel ao que, de fato, aconteceu: na verdade, Cômodo assumiu quando seu pai morreu afetado por uma peste e, enquanto Cômodo assume o trono, Maximus consegue escapar da morte e acaba sendo “condenado” a se tornar escravo e gladiador. Conquistando a plateia, Maximus desafia o próprio Cômodo e… Assista ao filme, pois daqui pra frente: a história é a mesma!

1) Escola de Gladiadores em Roma? SOBRE OS COMBATES

Embora muitos acreditem que a origem dos combates seja romana, descobriu-se que, na verdade, a origem dos combates entre gladiadores é Etrusca e, inicialmente, eram realizados para homenagear alguns homens em seus atos fúnebres, o termo utilizado era múnus. Inicialmente era algo restrito a membros da elite romana e o primeiro relato data de 264 a.C., em Roma. Quando surgiu a política “pão e circo”, em uma Roma devastada pela fome, as apresentações passaram a ser exibidas para grande público nos anfiteatros e deixaram de ser cerimônias fúnebres. Os embates eram realizados em anfiteatros e o que mais se destaca, é, claro, o Coliseu de Roma, chamado de Anfiteatro Flavius, erguido em 80 d.C., a estrutura podia abrigar até oitenta mil espectadores de todas as camadas da sociedade romana e em dias de lutas ficava LOTADA!

Sobre a Proibição dos Combates

Durante o século XIX, muitos eram contrários aos jogos de gladiadores, os gregos diziam que o “Homem devia ser sagrado aos outros Homens”, portanto condenavam a prática. Em 399 os jogos de gladiadores foram proibidos, principalmente por razões políticas: única e simplesmente porque alguns imperadores tinham medo da popularidade de alguns gladiadores, eles pensavam que, cedo ou tarde, um gladiador muito popular poderia conquistar a população e ameaçar seu governo, fazendo com que ele caísse de seu imponente cargo. Além do mais, a ideia de que um grupo de gladiadores rebeldes pudesse se reunir para tomar o poder das mãos do imperador, aterrorizava o governante e, portanto, para evitar qualquer tipo de ameaça, os embates foram proibidos.

2) Escola de Gladiadores em Roma? TIPOS DE GLADIADORES

Havia cerca de oito tipos de gladiadores e, embora nem todos tenham sido “decifrados”, podemos ter um ideia do papel de cada um deles.

Os Samnitas

Havia os Samnitas, que era o tipo mais antigo de gladiador, eles foram batizados assim porque utilizam os equipamentos deixados para trás pelos guerreiros Samnitas (inimigos de Roma nos primórdios da república). Eles usavam um escudo retangular, uma espada curta (gládio) e um elmo decorado com penas: é, sem dúvida, a imagem que a maioria das pessoas tem em mente quando falamos do assunto. Mas, no governo de Augustus, eles foram banidos, pois ofenderiam os cidadãos samnitas que passaram a ser aliados.

Os Trácios

Há também os Trácios, guerreiros vindos de Trácia que utilizavam um escudo quadrado, uma proteção no braço direito e empunhavam uma espada curva. Seu elmo era peculiar, pois possuía uma crina inclinada para frente e, na ponta, tinha esculpida uma cabeça de grifo ornado com penas.

Os Hoplomachus

Os Hoplomachus era um dos estilos mais difíceis de identificar: parecido com o trácio, usava também proteção nas pernas e um maravilhoso elmo ornado, a diferença entre eles era uma espada reta e um pequeno escudo redondo.

Os Retiarius

Os Retiarius eram os gladiadores mais reconhecíveis ao serem avistados: utilizava um tridente e uma rede, só! A rede era usada para imobilizar o oponente e o tridente, obviamente, para ataca-lo. Outra característica marcante era o uso do galerus, que nada mais era do que uma placa de bronze usada no ombro esquerdo para se proteger enquanto atacava.

O Secutor

O Secutor também era chamado de Contraretiarius e utilizava uma espada reta e um elmo pequeno e redondo, simples, sem adornos, para evitar que ficasse preso na rede do Retiarius. Sua característica de luta era ir para cima do oponente e combater bem de perto, rodeando o inimigo com agilidade e, assim, facilitando o próprio ataque.

O Murmillo

O Murmillo recebeu esse nome por causa de um peixe, o murma, esculpido em seu elmo, era facilmente reconhecido pelas aberturas na frente e pela crina reta na parte superior. Ele lutava contra Trácios e Hoplomachos, e com o peito exposto. Empunhava uma gládio, e usava um escudo retangular, grande e pesado.

O Provocator

O Provocator é um dos gladiadores do qual menos se há informação precisa. Dizem que eles utilizavam uma proteção até metade da perna, um elmo com visor, simples e sem crina, além de um escudo retangular. Só lutavam entre gladiadores do mesmo estilo.

Os Eques

E, por último, mas não menos importante, temos os Eques, que eram peculiares porque lutavam montados em cavalos. Empunhavam uma espada curta, ou uma lança, e um escudo redondo pequeno, com uma túnica de metal como vestimenta. Lutavam muito contra outros Eques e simulavam batalhas de cavalaria.

3) Escola de Gladiadores em Roma? CURIOSIDADE

Reza a lenda de que o gesto de “negativo”, com o polegar para baixo, veio desse período! O Pollice verso ou Verso Pollice é uma expressão latina para “polegar para baixo” e era utilizado na Roma antiga para confirmar a derrota de um gladiador e, o fim desse gladiador derrotado, era a morte com um golpe na jugular. Na verdade há várias controvérsias sobre a história do gesto, pois alguns historiadores insistem de que o gesto já existia há tempos, enquanto outros defendem a teoria de que foi criado naquele período.

4) Escola de Gladiadores em Roma? CONHEÇA A ESCOLA LUDUS HADRIANI

E a escola de gladiadores? A escola Ludus Hadriani – maior formadora de gladiadores – oferece uma aula prática com instrutores especializados nas técnicas de luta da Roma antiga. Aqui você vai conhecer toda a coleção de peças únicas que fazia parte do mundo dos gladiadores, vai ser acompanhado por um instrutor, e conhecer tudo sobre esse mundo fascinante.

Depois da visita ao museu e de breves explicações, você vai direto para um “treinamento” para gladiadores. A aula dura duas horas e você vai aprender várias técnicas, do jeitinho que era feito séculos atrás. Você vai vestir a armadura completinha, vai poder “brincar” com espadas de madeira e armas mais pesadas, como a gládio, além de levar pra casa um diploma sendo reconhecido como gladiador que terá registrado seu novo nome como gladiador! Tentador, não?! Já pode ir pensando no seu nome (risos). Ah: TUDO EM PORTUGUÊS! Gostou?

Atenção

  • Crianças até cinco anos podem assistir as aulas, mas não poderão participar do curso prático, O.K.?! e
  • Infelizmente, não é apto para pessoas com deficiência física.

Dica

  • Utilize roupas e sapatos confortáveis.

Curso na Escola de Gladiadores!

CLIQUE AQUI SEM COMPROMISSO E CONFIRA!


Assista esse vídeo e saiba: Viajar com crianças pela Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Escola de Gladiadores em Roma? Brincar de gladiador é muito legal! Você vai ser transportado para tempos remotos, onde tudo era talvez mais fácil, talvez mais difícil, mas sem dúvida, muito interessante! E se mesmo assim você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!