Lugares imperdíveis para o aperitivo em Veneza

Vamos fazer um aperitivo em Veneza? O berço do famigerado Spritz nos oferece diversas opções para um aperitivo incrível na cidade mais romântica da Itália.

2 30

Lugares imperdíveis para o aperitivo em Veneza

Hoje vamos para a cidade berço do famoso Spritz, Veneza. A cidade nos oferece inúmeras opções de locais incríveis para degustarmos tanto o Spritz quanto outros drinks, italianos ou não, e vivermos a experiência como um autêntico italiano. Todos prontos? Vamos lá! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!! Conheça também nossa Seção sobre Exemplos de Roteiros Turísticos na Itália!

Nossa Introdução

Que Veneza é uma das cidades mais românticas do mundo, todos sabem! Talvez, o que nem todos saibam, é que Veneza é também o berço do famoso drink Spritz e, hoje, além de te contar como foi o nascimento de um dos drinks símbolos da Itália, vou te contar também quais são os melhores locais para você fazer seu aperitivo na capital da região do Vêneto.

Dizer que Veneza é incrível é redundância, porém, não há outra palavra para definir essa cidade esplêndida! Com pontos turísticos magníficos, Veneza se apresenta de uma maneira elegante, cheia de história, cultura e uma estrutura turística de fazer inveja a diversas outras cidades. Com lojas, restaurantes e bares, a cidade é mestre em oferecer o famoso aperitivo.

A história do aperitivo

Antes de tudo, vamos saber de onde veio a palavra aperitivo. A palavra veio do latim, “aperitivus” e quer dizer “que abre”, “que estimula”, ou seja: nos incentiva a tomar uma bebida para incitar nosso apetite, aumentando nossa sensação de fome.

O aperitivo é uma tradição bem antiga e, dizem, surgiu nos banquetes romanos, que tinham como praxe servir bebidas alcoólicas aos convidados antes do jantar. A história moderna do aperitivo diz que a ideia nasceu em 1786 pelas mãos de Antonio Benedetto Carpano, que iniciou a produzir um vinho aromatizado, leve e gostoso, batizado de vermute, em Turim. O vermute é um vinho branco infundido com 30 ervas e especiarias, tem um sabor meio amargo, e pode ser misturado com outras bebidas, alcoólicas ou não. O vermute ganhou espaço nas primeiras décadas do século XX e, até hoje, a tradição se mantém. A Itália tem suas bebidas queridinhas para o momento do aperitivo, claro: geralmente são coquetéis como o Americano, o Spritz, o Bitter, o Rossini, o Pirlo, além, claro, do tradicional espumante branco ou rosé. Com o passar dos anos, o aperitivo foi aprimorado e ganhou novas formas e versões: foi quando a bebida começou a ser servida com diversos petiscos.

Comidas típicas que você precisa provar em Veneza

Os aperitivos na Itália

Na Itália, normalmente, o aperitivo é servido em dois momentos do dia: antes do almoço, entre às 11h00 e às 13h00, e antes do jantar, entre às 17h00 e às 20h00. O momento favorito pelos italianos, porém, é fazer o aperitivo antes do jantar, isso porque – normalmente a partir das 18h00 – você pode pedir uma bebida e, também, ter acesso a um buffet composto por pequenos quitutes como pizzas, frios, saladinhas, sanduíches variados entre outros; disso nasceu o famigerado “apericena”, que nada mais é do que um aperitivo junto com um pequeno jantar (que pode, inclusive, substituir a refeição principal). A grosso modo podemos comparar o “apericena” com o brunch.

Antes de tudo: há diferenças entre as regiões norte, centro e sul quando falamos de aperitivo?

Sim! Vamos saber quais são?

No norte italiano o aperitivo ainda é realizado em lugares mais luxuosos, especialmente nas grandes cidades. Em algumas cidades do centro-oeste, como Turim e Milão, o aperitivo é marcado pelo famoso Prosecco, pelos bitters e, claro, pelo Spritz. Normalmente são servidos com pequenos salgados, mas podem ser servidos com batatas fritas, biscoitos salgados, salgadinhos, amendoim ou com a típica bruschetta lombarda. O grande “problema” é que o aperitivo clássico servido hoje atualmente é muito “rico”, oferecendo muitas opções de comidinhas e isso, ao invés de abrir o apetite, pode tirar a fome dos adeptos, que podem facilmente saltar o jantar.

Já na Itália central, é importante dizer que o aperitivo não é tão difundido como no Norte, mas também existe. Há uma alteração na preferência das bebidas que, no centro da Itália, tendem a seguir para o lado do Negroni – uma clássica mistura de gin, Campari e vermute tinto. O drink nasce em Florença e é muito difundido na Toscana, Emilia Romagna e Úmbria Nessa região, como acompanhamento, são oferecidas azeitonas, nozes, pistaches, palitos de pão (grissini) e batatas chips. É bom citar que, em Florença, os comes e bebes começam a ser servidos um pouco mais tarde, por volta das 19h00, mas os bares atendem quem chegar antes sem problema nenhum. Nos finais de semana o horário é estendido e pode ir até às 23h00.

No  sul da Itália o aperitivo é um momento particular e um pouco diferente do que o resto do país. No sul italiano o aperitivo é como uma prévia do jantar, mas – praticamente – sem levantar da mesa. Os tempos são mais longos e é muito comum que as bebidas sejam acompanhadas por produtos típicos locais, algo que eles valorizam muito mais do que qualquer outra região italiana. É muito corriqueiro que seja servido vinho branco e tinto harmonizados com queijos, carnes curadas e até mesmo doces. É um aperitivo muito rico em sabores e, além do mais, o horário é mais longo e vai do fim da tarde até o fim da noite. No sul da Itália eles não têm pressa e comem com muita calma: aperitivo, almoços e jantares podem durar horas, mesmo! Outra tradição do sul da Itália é servir café à noite, especialmente entre às 21h00 às 23h00. Mas por quê? Porque eles dizem que o café oferece energia extra para os amantes da noite que saem para os clubes logo após o jantar.

Veneza e o Spritz

Como dissemos um dos drinks mais famosos da Itália, e muito querido no mundo todo, nasceu em Veneza, mas vamos aos detalhes!

O Spritz deixou de ser veneziano e se tornou um dos drinks nacionais da Itália. A bebida faz parte, também, dos coquetéis oficiais da IBA (International Bartenders Association – Associação Internacional de Bartenders) desde 1986, ou seja, é uma bebida famosa e difundida no mundo todo!

O drink tem como base o Aperol, que é uma bebida alcóolica e feita com uma infusão de diferentes ervas e raízes. A mistura de tudo deixa a bebida com uma cor laranja, bem viva, e seu grau alcóolico é muito equilibrado, não passando dos 11%.

Vale lembrar que há a receita clássica do Spritz é a seguinte: 60ml de Aperol, 90ml de Prosecco, um jato de água com gás, gelo e meia fatia de laranja, PORÉM, há diversas versões do drink: pode levar mais Prosecco, refrigerante de laranja sem açúcar (na Itália a famosa ‘aranciata amara’ – a laranjada amarga), vinho branco, vermute, espumante, entre outros.

Como surgiu a receita?

A hipótese mais popular é que a palavra spritz deriva do alemão spritzen, que significa pulverizar. Como assim, Ana Patrícia? No século XIX, se espalhavam pela região de Vêneto diversos soldados, comerciantes, diplomatas e trabalhadores do Império Habsburgo. Ao irem aos bares após o expediente, eles pediam, normalmente, para que colocassem no vinho italiano, uma borrifada de água, já que os vinhos, para o paladar deles, era muito forte. Em muitas áreas da região de Friuli Venezia Giulia, se você pedir um Spritz, até hoje, eles te trarão um vinho com água. Com o passar do tempo, de fato, surgiu o Spritz como conhecemos hoje! Isso porque, para não deixar o vinho tão “aguado”, alguém decidiu colocar uma “correção” na bebida e, no caso, a bebida escolhida foi o aromatizado, amargo e delicioso Aperol. Pronto! Estava criado o que, hoje, conhecemos como Spritz.

Sem mais delongas, vamos saber aonde ir para um aperitivo dos sonhos em Veneza!

1 – Harry’s Bar

Um dos lugares mais clássicos e com uma bela história é, sem nenhuma dúvida, o Harry’s Bar. O bar é tão histórico que e, 2001, foi incluído na lista de Patrimônio Nacional do Ministério de Bens Culturais Italianos. O nome do bar, de acordo com seu dono, Giuseppe Cipriani, foi uma homenagem a um jovem estudante americano, Harry Pickering, que se mudou para Veneza nos anos 20 e foi morar com uma tia, para poder curar seu próprio vício em álcool; porém, após uma briga com a tia aristocrática, ela o abandonou na sem um tostão. Comovido, Cipriani lhe emprestou dinheiro para voltar à América e Harry prometeu pagá-lo de volta. Recuperado do alcoolismo, Pickering reapareceu em Veneza e pagou as 10.000 liras da dívida, acrescentando mais 30.000 e, com essa quantia, Cipriani comprou o local e o batizou com o nome do novo amigo.

CURIOSIDADE: Foi Giuseppe Cipriani que criou outro famigerado drink italiano, o Bellini.

Onde? Calle Vallaresso, 1323.

Horários: todos os dias, das 10h30 às 23h00.

2 – Cantine del Vino già Schiavi

Também merece destaque! Apesar de ser bem simples, o local é fantástico e é muito famoso por outro nome: Al Bottegon! Com uma lista excelente de vinhos, com mais de 500 rótulos, o local oferece produtos típicos e um atendimento muito autêntico, tanto que tudo é servido para ser consumido em pé! Merece, sem nenhuma dúvida, uma visita.

Onde? Fondamenta Nani, 992.

Horários: de segunda a sábado, das 08h30 às 20h30.

3 – Il Mercante

Vamos de clássico? Vamos de clássico! O Mercante é maravilhoso! A Igreja Frari e a praça, com sua ponte histórica, emolduram esse lugar belíssimo em Veneza. Com seus coquetéis refinados, apresenta uma decoração que vai do Oriente selvagem até as praias escaldantes do Caribe. Atendimento impecável e cheio de beleza.

DICA: não deixe de provar um drink chamado de Pacífico que é feita à base de rum jamaicano envelhecido, infundido com borra de café, Marsala, banana “Marcita” e House Wiid Bitter.

Onde? Fondamenta Frari, 2564.

Horários: de segunda a quinta, das 18h00 às 00h30; de sexta a domingo, das 18h00 às 01h00.

4 – Osteria Bancogiro 

Ao lado da Ponte Rialto, o local nos oferece uma incrível vista da cidade. É uma dos lugares mais celebrados de Veneza e nos chama a atenção suas cervejas artesanais, que são excelentes! O ambiente mescla elegância e casualidade de maneira muito harmoniosa e, sem dúvida nenhuma, se você gosta de lugares interessantes, esse lugar merece uma visita!

Onde? Campo San Giacometto, 122.

Horários: Todos os dias, das 09h00 às 00h00.

5 – Vino Vero

Outro lugar incrível, charmoso e delicioso em Veneza. O local é cheio de vida, divertido, mas não perde o toque típico veneziano. Os destaques da casa ficam para os vinhos, que são esplêndidos! Vale a visita? MUITO! Ah: eles também servem quitutes deliciosos!

Onde? Fondamenta Misericordia, 2497.

Horários: todos os dias, das 12h00 às 00h00.


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!