Cremona a terra natal do Torrone na Lombardia

Terra do Torrone e dos violinos, Cremona é repleta de história, beleza e cultura!

0 257

Cremona a terra natal do Torrone na Lombardia

Com belezas arquitetônicas impressionantes, uma riquíssima gastronomia e música, Cremona desafia nossos sentidos e nos apresenta tudo de forma poética, elegante e simples. A menos de uma hora de Milão, é uma excelente ideia de bate e volta! Já conhece a cidade? Não???? Então venha com a gente conhecer Cremona a terra natal do Torrone na Lombardia. Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!! Conheça também nossa Seção sobre Exemplos de Roteiros Turísticos na Itália!

1) Cremona a terra natal do Torrone na Lombardia: VISITE O DUOMO

A Piazza Del Comune, também chamada de Piazza Del Duomo, recebe os turistas e se apresenta de maneira elegante no centro da cidade. Construída com uma simetria impressionante, é ela que abriga o belíssimo Duomo de Cremona, dedicado a Santa Maria Assunta. A Catedral foi construída em estilo românico e, anos mais tarde, recebeu alguns detalhes da arquitetura gótica.

Uma enorme rosácea, do século XIII, decora a fachada que é toda de mármore branco. Dentro da Catedral é impossível não se apaixonar pelos afrescos impecáveis que foram inspirados no antigo testamento; os afrescos são do século XIV e XV. As ilusões óticas também chamam a atenção: há uma pintura onde Jesus Cristo parece ‘escorregar’ para fora da tela! Conforme você se move, da esquerda para a direita ou vice-versa, a imagem parece ‘te seguir’… É um efeito, realmente, muito interessante!

2) Cremona a terra natal do Torrone na Lombardia: VISITE O IL TORRAZZO, O RELÓGIO ASTRONÔMICO E O BATTISTERO

É na mesma Praça do Duomo que também fica Il Torrazzo, que é uma enorme torre que embeleza a cidade com seus 111 metros de altura, sendo considerada a mais alta da Itália. A vista do alto é incrível e os quase 490 degraus até o topo acabam sendo irrelevantes quando se chega ao ponto máximo. Na enorme torre fica também um relógio astronômico construído no século XV; ele apresenta todos os signos e, para completar o panorama da Praça principal, há ainda o Battistero, de 1887.

3) Cremona a terra natal do Torrone na Lombardia: VISITE A LOGGIA DEI MILITI E O PALAZZO DEL COMUNE

Do outro lado da Praça podemos encontrar as lindíssimas arcadas da Loggia dei Militi e o Palazzo del Comune, onde ficam expostos raros violinos fabricados na cidade.

Terra do Violino

Cremona é a capital mundial da liuteria, que é a arte de fabricar violinos! Na cidade há mais de 200 fábricas de violinos e, em 2008, cientistas holandeses descobriram que o ‘segredo do violino perfeito é a madeira utilizada em sua fabricação: elas são de melhor qualidade de recolhidas durante a primavera’! Os nomes mais famosos de mestres fabricantes, há mais de 300 anos, são os dos luthiers (mestres na fabricação de violinos) Antonio Stradivari e Guarneri Del Gesu, ambos cremonenses. Se você quiser ver o processo de fabricação de um violino de perto, há uma maneira bem simples: a associação dos mestres que constroem violinos de Cremona tem um site onde, preenchendo um cadastro, é possível solicitar uma visita a uma fábrica. Para solicitar o convite, clique CLIQUE AQUI! ou que tal fazer uma Excursão a pé de 3.5 horas e museu de violino em Cremona?

Curiosidade…

Até hoje nenhum mestre conseguiu replicar um violino com o som impecável de um Stradivarius e, 300 anos depois, os violinos Stradivarius ainda são considerados os melhores do mundo; há algumas controvérsias em que alguns músicos dizem preferir os mais modernos, mas é questão de gosto! Em 2006, em um leilão, foi vendido o violino Stradivarius do modelo The Hammer pelo valor de US$ 3,5 milhões. A fábrica de Stradivari construiu cerca de 1.050 instrumentos, entre eles violinos, harpas, violas e violoncelos; hoje existem, aproximadamente, somente 650 deles, sendo cerca de 500 violinos espalhados pelo mundo.

Terra do Torrone

Reza a lenda que o Torrone foi criado em Cremona: não há nada confirmado, mas ninguém ousa negar a origem. O doce consiste em uma massa de mel, clara de ovo, açúcar; é cozida por cerca de 10 horas e, durante o processo, são acrescentadas à massa nozes, amendoim, amêndoas ou avelãs; em algumas regiões, como na Sicília, eles acrescentam pistache.

O festival do torrone de Cremona acontece em Novembro e a cidade é ‘dominada’ pelo cheiro doce dessa iguaria deliciosa! Apesar de ser muito mais consumido no natal, há lojas especializadas em torrone e não é difícil encontra-lo em outras épocas do ano! Se quiser ENLOUQUECER em uma lojinha histórica e encontrar torrone, molhos prontos, bebidas e tantas outras iguarias, visite o Negozio Sperlari, que funciona desde 1836 no mesmo lugar e passou de geração para geração. A loja é INCRÍVEL!


Assista esse vídeo e saiba: Fazer uma viagem perfeita para Itália? Como funciona a consultoria da Ana Patrícia? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Vamos conhecer Cremona a terra natal do Torrone na Lombardia? Na ‘pianura padana’, Cremona nem sempre entra na lista dos viajantes, uma pena! A cidade fica a menos de uma hora de Milão e nos presenteia com histórias e belezas sem iguais! Passeie por Cremona de forma livre, leve e solta! Cada esquina esconde uma preciosidade que sempre nos surpreende! Experimente doces, ouça música e observe as belezas arquitetônicas únicas de uma cidade cheia de história.



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!