Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto?

Em Vêneto, Bassano del Grappa oferece a seus visitantes lugares fantásticos além de, claro, uma deliciosa Grappa. Preparamos uma lista com as atrações desse lugar incrível!

0 549

Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto?

Atravessada pelo rio Brenta, Bassano del Grappa é um destino pouco conhecido por turistas brasileiros, mas reserva belíssimas surpresas. Famosa por seu bacalhau, aspargos e por sua incrível Grappa, Bassano é o tipo de cidade que surpreende. Vamos ao nosso post do dia? Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

1) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? VISITE A PONTE VECCHIO

O ponto mais visitado e conhecido da cidade é a Ponte Vecchio, também chamada de Ponte Dos Alpinos. A ponte passa por cima do rio Brenta no local mais estreito dele e é o símbolo mor de Bassano. Sua estrutura original era toda de madeira, mas as inundações eram frequentes, principalmente nas épocas das chuvas e, após danos causados pelas guerras, a ponte foi reconstruída várias vezes, até que em 1567, o arquiteto Palladio fez um projeto audacioso para fazer a ponte no melhor estilo romano, porém a ideia foi rejeitada pela administração da cidade e eles decidiram mantes a ponte do jeito que ela sempre foi, mas, dessa vez, se adequando às regras técnicas de segurança e estrutura. Ou seja: você está olhando para uma versão nova do passado! É, de fato, uma ponte belíssima!

2) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? VISITE O MUSEU DOS ALPINOS

Parada quase obrigatória é também o Museu dos Alpinos. Uma antiga taberna, na cabeceira da ponte indica o caminho: desça as escadas à esquerda e surpreenda-se! A entrada custa um e o local possui duas salas que preservam relíquias e histórias relacionadas da ponte contando um pouco sobre a bela cidade de Bassano.

3) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? CONHEÇA A VIA DO TABACO

A Via do Tabaco também é interessante. Do lado oposto da ponte, seguindo para o centro e virando à direita ao longo do rio Brenta, fica Via do Tabaco, que cruza o Val Brenta. Recebe esse nome porque, em épocas antigas, era aqui que eles cultivavam o tabaco. Oferece uma bela vista da ponte e de uma parte da cidade.

4) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? CONHEÇA A GRAPPERIA NARDINI

Uma joia da cidade, claro, não podia deixar de ser uma fábrica de Grappa. A Grapperia Nardini é uma verdadeira instituição da cidade de Bassano. Famosa, não é difícil de encontra-la, até porque a pequena loja está sempre lotada, por isso o movimento te indica exatamente aonde ir. Com diversas grappas para venda e degustação, não deixe de provar as grappas clássicas, que são extremamente saborosas. Para agendar visitas à destilaria, basta clicar aqui e preencher o formulário.

5) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? VISITE O BELVEDERE E O JARDIM DO PALAZZO

Se você ADORA fotografar, há dois pontos muito interessantes para fazer ótimas fotos: o Belvedere e o Jardim do Palazzo Sturm. O primeiro fica na Via Macello, logo que você sai da ponte, à esquerda. Aqui você encontra a foto clássica da ponte inteira! Para chegar ao segundo ponto, basta você ir até a sede do Museu da Cerâmica: a vista impressiona!

6) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? VISITE A VILLA CA´ERIZZO LUCA

Também a partir da ponte, há poucos minutos, você encontra a Villa Ca’Erizzo Luca. Essa residência, em 1918, era propriedade da Cruz Vermelha Americana e entre os vários voluntários, havia um famoso nome, Ernest Hemingway. Aqui você encontra o Museu Hemingway e o Museu da Grande Guerra. As cinco grandes salas de exposições abrigam várias fases do conflito e conta como foi a participação dos Estados Unidos na Primeira Guerra Mundial. Na entrada a ‘recepção’ não poderia ser mais sugestiva: Hemingway ‘apresenta’ dois de seus mais belos romances que são ‘Adeus às armas’ e ‘Do outro lado do rio e nas árvores’.

7) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? VISITE O MUSEU DA GRAPPA

Não deixe de visitar também o Museu da Grappa. Evidente que, estando na terra da melhor grappa italiana do mundo, uma passada por aqui é quase obrigatória! Esta pequena joia conta a história da grappa e de todo o processo envolvido em sua produção. A grappa é, na verdade, o único conhaque que vem somente de uma matéria prima sólida: o bagaço, as cascas e as sementes da uva, separadas do mosto. Aqui também há uma pequena loja que vende grappas locais.

8) Vamos conhecer Bassano del Grappa em Vêneto? CONHEÇA O CENTRO HISTÓRICO

Claro que não podíamos deixar de conhecer o Centro Histórico de Bassano. O centro histórico de Bassano del Grappa abriga a Praça do Monte Vecchio, onde você pode apreciar o belo e imponente Palazzo Monte di Pietà. É aqui também que fica Casa Dal Corno Bonato, cuja fachada exibe toda a beleza de belos afrescos. Outro lugar de incrível beleza é o Castelo Ezzelini e, imperdível, é uma visita ao Duomo de Santa Maria em Colle, que começou a ser construída no ano 1000 e foi reconstruída em 1417. Outra importante Praça de Bassano é a Piazza della Libertà, que abriga a igreja neoclássica de San Giovanni, erguida em 1300 pelo arquiteto Miazzi.

Ali também você encontra e Capela do Sacramento, toda em estilo barroco. A Igreja de San Francesco, também merece destaque e, lá dentro, você pode apreciar a estátua de Nossa Senhora com o Menino Jesus, além de São Francisco e Santo Antônio. Aproveite a visita e vá conhecer a Torre Cívica, que domina todo o centro histórico e remonta ao século XIII. O Templo Votivo dos Caídos, em estilo neogótico, também é digno de visita: foi feito no início do século XX e foi destinado, após a Grande Guerra, como Ossário dos Caídos da Grappa; aqui estão enterrados 6.000 soldados. Não se esqueça de dar uma caminhada também pela Viale Dei Martiri. Pra quem chega à cidade de carro, é aqui o lugar para estacionar. Aqui, para cada árvore ao longo da via, há 31 placas que homenageiam os guerrilheiros mortos.

Um pouco da História de Brassano

A história de Bassano é longa e complexa, mas podemos resumi-la para podermos entender como se tornou o que é hoje: Bassano del Grappa data do século XI a.C. e a colonização romana dali, provavelmente, aconteceu no século II a.C.. Bassianus, que era um colono romano, decidiu instalar ali uma propriedade agrícola e do nome dele que deriva talvez o nome da cidade. Além dos romanos, passaram por ali lombardos e francos. Com o passar dos séculos, a história de Bassano começou a envolver políticos e militares, principalmente os de Ezzelini: seu poder vinha da riqueza das terras e era inflada pela cobrança de ‘dízimos’, por parte do bispo de Vicenza. No entanto, a supremacia dos Ezzelini acabou limitando a autonomia municipal, porém, acabou favorecendo a administração do Ezzelini que formou magistrados para cuidar de tudo.

República de Veneza

Em 1259, Ezzelino III morreu e os Bassanesi pediram a proteção de Pádua, recebendo os bens e os direitos da família Ezzelini. Após um breve domínio de Vicenza (1260-1268), Bassano passou por um período de tensão, dominado por Pádua, indo para as mãos de Verona e, novamente, retornando para Pádua, que só terminou em 1388, quando o poder ficou nas mãos dos Visconti. O período de Visconti deu uma pequena, mas importante, autonomia para a cidade, evidenciada em seu Estatuto de 1389. Em 10 de junho de 1404, Bassano se tornou parte da República de Veneza e os acordos previam a manutenção dos estatutos e costumes do município.

O Desenvolvimento Comercial

Depois de quatro séculos de dominação da Sereníssima e a passagem por uma guerra, entre 1509 e 1513, Bassano começou a se desenvolver comercialmente. Em 27 de dezembro de 1760, o Senado de Veneza elevou Bassano ao posto de cidade. Depois disso Bassano ainda passou pelo domínio napoleônico, pela lombardo, pela primeira e segunda guerras mundiais e pelo fascismo. Bassano só começou a ser ligada ao resto da Itália em 1877, com uma ferrovia que ia até Pádua; depois disso se ligou a Veneza , Trento, Vicenza e Brenta, sendo essa última, ligada á cidade por uma ponte.

Onde comer em Bassano?

Ristorante Melograno – Inaugurado em 1990 oferece pratos locais e uma seleção de grappa, claro, fantástica! Administrado por uma família, a comida é saborosa e o atendimento excelente, é o tipo de lugar ideal para quem quer comer bem gastando pouco. Onde fica: Contrà Chiesa, 35 – Bassano del Grappa. Horários: de terça a domingo, das 10h00 às 0h00.


Assista esse vídeo e saiba: Fazer uma viagem perfeita para Itália? Como funciona a consultoria da Ana Patrícia? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)

 


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Bassano reúne charme e elegância, além de ser muito romântica. É uma cidade belíssima, ideal para quem quer conhecer lugares novos. Cheia de charme e belezas ‘escondidas’, Bassano del Grappa vai te surpreender.

E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!