Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário?

Uma das regiões mais históricas da Itália, a Sicília é feita de cultura, beleza e magia. Nesse post super mega especial você terá o melhor da Sicília para colocar no seu Roteiro de Viagem para a Itália!

0 516

Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário?

A Sicília é uma das regiões mais visitadas da Itália, mas algumas pessoas a deixam de fora do itinerário. Hoje vamos te dar cinco motivos para você incluir a Sicília no seu itinerário! A Sicília poderia ter sua própria novela mexicana! Hahaha… A Ilha tem uma história bem trágica, triste e dramática, mas a região conseguiu se reerguer e se tornar o que é hoje: local turístico, histórico, cultural e lindo! Meu Deus, como a Sicília é linda, gente! Quais são os motivos para conhecer essa maravilhosa região? Vamos saber agora o melhor sobre a Sicília!!!! Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

1) Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário? A COMIDA

Com uma riqueza gastronômica  impressionante a Sicília é um paraíso para quem gosta de comer do bom e do melhor. A culinária da ilha é a característica mais memorável e gratificante de qualquer visita por aqui. A Ilha abrange lanches soberbos com suas comidas de rua e sobremesas saborosas, mas também apresenta refeições saudáveis e pratos típicos tradicionais. Não deixe de experimentar os arancini – bolinhas de arroz, recheadas e fritas e, claro, os deliciosos cannoli uma casca de massa crocante recheada, tradicionalmente, com ricota cremosa, mas que também pode receber recheios de chocolate, nozes e tantos outros. Leia também Quais são as 10 cidades imperdíveis da Sicília?. Se você estiver hospedado em Palermo sugiro um Tour chamado Comida de Rua e História de Palermo: Excursão a Pé! Clique aqui para saber mais!

2) Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário? O VINHO

É simplesmente impossível falar da Sicília e não citar suas antigas tradições vinícolas. A Sicília é o berço do amado Marsala, que é o vinho clássico da região, mas a Sicília foi além de produz vinhos mais modernos como o Nero d’Avola. Entre as frequentes erupções vulcânicas do Etna, grandes altitudes e baixas temperaturas, o clima siciliano parece ser ajustado a mão para produzir vinhos de excelente qualidade, outros vinhos importantes produzidos na ilha são os dos vinhedos de Graci, Ciro Biondi e Tascante. Lei nosso Post Especial Quais são os tipos de vinhos italianos?

Procurando uma mala especial para transportar os vinhos?

A empresa responsável por estes produtos únicos é a Lazenne e eles entregam em qualquer hotel da Europa. Inclusive você poderá pagar com cartão de crédito, e em Reais! Ficou curioso? Então clique no banner abaixo sem compromisso e conheça todos os acessórios. Você vai se encantar!

lazenne_468x60

3) Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário? A ARQUITETURA

A arquitetura da Sicília une vários estilos e fica difícil escolher o mais bonito! Marcante, a arquitetura pode ser apreciada em toda a ilha, mas nas principais cidades os desenhos dos prédios antigos parecem nos dizer ‘olá!’: impressionam! Uma das regiões mais memoráveis da Sicília para os amantes de arquitetura é o Vale do Noto, que abriga a incrível coleção de construções barrocas que foi, recentemente, registrada como Patrimônio Mundial da UNESCO. Cidades como Modica, Noto e Ragusa merecem destaque. Leia também Roteiro com transporte público no sul da Itália!Conheça um Tour de carro na Sicília!

4) Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário? O VULCÃO

Não é qualquer região que ostenta um vulcão do jeito que ostenta a Sicília. No lado oriental siciliano os visitantes podem conhecer o Monte Etna, o vulcão ativo mais alto da Europa. Sim! ATIVO! O vulcão é o marco de Catânia e é também Patrimônio Mundial da UNESCO. Entra em erupção frequentemente e movimento a indústria agrícola e o turismo da região.  É possível visitar o vulcão (visitas guiadas são aconselhadas), mas para quem prefere admirar toda sua beleza de longe, as melhores cidades são Catânia e Taormina: vistas belíssimas! Tour no Monte Etna: teleférico, jipe e excursão a pé até o cume

5) Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário? AS RUÍNAS

Como pudemos ler acima, a Sicília tem muita história para contar e heranças, realmente, muito valiosas! Uma das melhores maneiras de explorar a história da Sicília é visitando algumas das antigas ruínas da ilha. Testemunhas físicas do passado sofrido, as ruínas que se espalham por diversas cidades, servem de ponto de referência em cidades como Agrigento, Siracusa e Taormina. O Vale dos Templos, Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, é um impressionante e belo exemplo da arquitetura grega em Agrigento; o Parque Arqueológico de Neapolis, um complexo em Siracusa, conta com um anfiteatro romano, um teatro grego e restos de várias pedreiras. Outra atração popular e famosa no mundo todo é o Teatro Grego em Taormina, um antigo teatro que, pasmem, ainda funciona!

Vamos saber mais sobre a Sicília?

É sempre bom e importante conhecer um pouco da história da cidade que pretendemos ou vamos visitar. A seguir um pouco sobre a história da Sicília. Fique com a gente e saiba tudo sobre o lugar que você vai visitar, ainda mais se você estiver sem um guia, com certeza nossos textos te ajudarão muito!

Seus Povos

Bom, para terminar o nosso post, vamos te contar um pouco da história siciliana: nos milênios III e II a.C., a Sicília foi povoada por diversos povos como os sicanos, elímios e sículos. Já no século IX a.C., a Ilha já mostrava um grande potencial comercial, até por estar em uma posição privilegiada no Mediterrânao. Assim, o fenícios fundaram entrepostos de comércio no oeste da ilha; segundo registros, a Ilha, do outro lado, também era habitada por outro povo, os morgetes. Os gregos chegaram por ali no século VIII a.C. para colonizarem a costa sul e leste, que foi batizada de Magna Grécia.

Brigas pelo Poder

No ano de 754 foi fundada Siracusa que não demorou a se tornar a principal cidade da ilha. Seu crescimento foi tão significativo que a Sicília se tornou uma das regiões mais importantes do Império Cartaginês. E foi, praticamente, nesse período que começaram as brigas pelo poder: embates entre cartagos e gregos pela liderança da ilha eram comuns, mas não foi nem um e nem outro que conquistou a Ilha: foi o Império Romano. Roma, então, tornou a Sicília sua principal fonte de trigo.

Augusto, que era o Imperador, colonizou Palermo, Siracusa, Catânia e tantas outras cidades, mas o sucesso não durou muito: os ataques dos piratas e ataques de bandidos fizeram a Sicília declinar. Vale lembrar que a Sicília chegou a ser a província mais rica do Império Romano. Em 440 a região foi invadida por Vândalos e Roma perdeu o controle siciliano. Os Vândalos dominaram a Sicília até 496, quando a Sicília, novamente, sofreu mais um ataque. Dessa vez foram os ostrogodos que dominaram a região. Já em 535, Justiniano II ordenou a Belisário que atacasse os ostrogodos: a conquista foi mais fácil do que pensavam e o seu ‘pequeno’ exército com 15.000 soldados dominou rapidamente a ilha, invadindo também a península.

O Império Bizantino

Até 549 o Império Bizantino dominou a Sicília, mas eles não esperavam que o Império Búlgaro desviasse toda a atenção deles e desse espaço para a reconquista do território pelos ostrogodos, no entanto Roma, no outono de 549, reconquistou a Itália e a Sicília, mas seu triunfo durou pouco: Justiniano enviou o General Narses e mandou invadir a ilha pelo norte, derrotando os ostrogodos e recuperando o território. Em 552 houve uma grande batalha entre Gualdo Tadino e Gubbio. Os poderosos exércitos de Totila e de Narses se enfrentaram numa grande batalha e Totila morreu na batalha. Substituído por Teia, seu reinado durou pouco tempo, pois sofreu uma dura derrota pelos bizantinos novamente.

Quando os Bizantinos acharam que tudo já estava resolvido e que não existiam mais ameaças, veio o baque! A separação do Império Bizantino e seu enfraquecimento eram claros, e a Sicília sentiu de maneira triste: tudo declinou, desde a economia passando pela política, até a vida cultural e social, nesse momento a atração por Roma e seu Império crescia, enquanto os habitantes já não mostravam mais interesse no Império Bizantino e por Constantinopla. Entre 803 e 820 o Império Bizantino decaiu e forma dramática e em 825 os nobres decidiram pedir ajuda aos árabes. Claro que os bizantinos não aceitaram e se revoltaram.

Outros Povos na Sicília

Depois disso foi guerra atrás de guerra. Passaram ainda pela Sicília os povos: normandos, suábios, angevinos, aragoneses, judeus, espanhóis, piemonteses e burbons. Finalmente, em 1861, a Sicília foi ocupada pelas tropas do nacionalista italiano Giuseppe Garibaldi. Garibaldi reconheceu Vítor Emanuel II como rei, monarca do Piemonte e da Sardenha, e, assim, a Sicília foi incorporada por plebiscito ao Reino da Itália. Após a Segunda Guerra Mundial com a Constituição de 1948, a Sicília, devastada pela pobreza e pela Máfia, recebeu um estatuto de autonomia, convertendo-se numa região autônoma e com amplos poderes de autogoverno. Ou seja: uma região que passou por tanta coisa e possui heranças tão importantes de tantos povos tem muito a nos oferecer!


Assista esse vídeo e saiba: Documentação para entrar na Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)



Conclusão

Cinco motivos para incluir a Sicília no seu itinerário? Eu poderia apresentar uma lista quase infinita de motivos para você visitar a Sicília, poderia ficar horas tentando te convencer, te contato a história dessa região fantástica, mas quando você estiver com os pés ali você vai entender tudo que estou te dizendo e, provavelmente, me dirá: você esqueceu-se de listar uma das razões! E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!