A Pizza Italiana! Sabor, tradição e história!

Quem não gosta de pizza? A italiana, então! Espetacular! Mas você conhece a história da ‘rainha italiana’?

0 140

Como nasceu a pizza italiana?

A ‘rainha italiana’, vossa majestade, a PIZZA!

Aaaahhh pizza! Nossa companheira nas noites de finais de semana, nossa salvadora da pátria quando bate aquela preguiça de cozinhar… A pizza está presente no mundo inteiro e é bem difícil encontrar alguém que não goste de um belo pedaço de pizza, principalmente se ela for daquelas cheias de queijo com um toque de manjericão.


Faça da sua viagem para Itália uma experiência única! Conheça os meus e-books com dicas exclusivas de quem conhece o melhor da Itália!


Ao contrário do que muitos pensam a pizza não foi inventada na Itália, lá ela foi somente aprimorada, digamos assim. Há registros de 6.000 anos atrás onde egípcios e hebreus já comiam uma massa similar a da pizza: era feita de água e farinha, não levava molho nem recheio. Era, na verdade, conhecido como ‘pão de Abraão’ e se chamava piscea (que hoje seria uma espécie de pão sírio). Há quem diga também que a pizza começou com os gregos, que faziam um tipo de massa com grão de bico, farinha de trigo ou arroz, para depois assá-la em tijolos quentes. Passado algum tempo, três séculos antes do nascimento de Cristo, os fenícios e os turcos muçulmanos, durante a era medieval, cobriam seus ‘pães’ redondos e assados com cebola e carne, nascendo assim a ‘primeira pizza com recheio’.  Entre idas e vindas, durante as Cruzadas, esse costume chegou até a Itália. Onde? No dito ‘berço da pizza’, Nápoles!


Se você deseja viajar para a Itália, siga o canal Viajado Para Itália no YouTube e descubra as melhores dicas para sua viagem ser inesquecível.


Assim que chegou à Itália, e agradou os italianos, além da carne e da cebola os napolitanos também colocavam por cima azeite e ervas; alguns colocavam tomate, que tinha acabado de chegar da Espanha, dai a origem do molho que banha a massa; como se não bastasse, certos lugares serviam a iguaria dobrada ao meio, com o recheio ‘escondido’, dai nasceu o Calzone.

Antes de ter fama e sucesso, a pizza era um prato muito consumido pelos mais pobres no sul da Itália, uma vez que, para substituir a carne, eles utilizavam toucinho e queijos baratos. Em 1889, graças ao primeiro pizzaiolo da história, Dom Raffaele Espósito, o prato chegou à realeza. A serviço do rei Umberto I e da rainha Margherita, o padeiro napolitano quis homenagear a bandeira da Itália utilizando as cores branca, vermelha e verde, para isso ele colocou por cima da massa queijo, manjericão e tomate, assim nascendo a famosa pizza Margherita.

A rainha logo caiu de amores pelo prato e começou a difundi-lo entre a classe nobre. A fama percorreu o mundo e fez com que a primeira pizzaria do mundo fosse inaugurada, chamada Port’Alba que era frequentada por poetas, artistas e outros nomes importantes das artes italiana.

A VERDADEIRA PIZZA NAPOLITANA

Vamos lá! Em primeiro lugar os napolitanos NÃO CONSIDERAM a nossa pizza como pizza de verdade, vou explicar porquê! Em 1982, foi fundada em Nápoles, por Antonio Pace, a Associação da Verdadeira Pizza Napolitana, (Associazione Verace Pizza Napoletana); a ideia era promover a culinária e a tradição da autentica pizza napolitana. Como? Defendendo a cultura, evitando a miscigenação cultural pela qual a receita passa ao redor do mundo e criando um estatuto! A pizza é reconhecida como produto DOC (di origine controllata, Denominação de Origem Controlada, em português) o que atesta que os produtos são elaborados com ingredientes regionais.

Recomendo a leitura:

As cinco melhores pizzarias de Nápoles.

Segundo a associação, a Verace Pizza Napolitana deve ser elaborada com: farinha, fermento natural ou levedura de cerveja, água e sal, além de ser trabalhada somente com as mãos ou por determinados misturadores previamente aprovados pela associação.


PASSEIOS EM GRUPO EM LÍNGUA PORTUGUESA NAS PRINCIPAIS CIDADES ITALIANAS? RESERVE AGORA CLICANDO AQUI!

Depois a massa deve descansar e ser esticada manualmente, sem o uso de rolo ou equipamento mecânico em nenhum estágio. Na hora de assar deve ser colocada SOMENTE em forno a lenha a 485°C, sendo que, sobre a superfície do forno, não deve ser colocado NADA, ou seja: ela deve ser acomodada na própria estrutura do forno. A cobertura da autêntica pizza também entrou no estatuto e deve estar em conformidade com as especificações napolitanas, como respeitar o nome em italiano. São elas:

  • Marinara (Napolitana): tomate, azeite de oliva, orégano e alho.
  • Margherita: tomate, azeite de oliva, queijo mozzarella e manjericão.
  • Ripieno (Calzone):  pizza recheada e fechada. Leva queijo ricota, queijo mozzarella especial, azeite de oliva e salame.
  • Formaggio e Pomodoro: tomate, azeite de oliva e queijo parmesão ralado.

Quando dizemos a um italiano que no Brasil temos pizza de estrogonofe, pizza com frutas, pizza doce e etc, eles querem MOR-RER! Hahaha… Eles acham um absurdo e não comeriam JAMAIS uma pizza com borda recheada, por exemplo. Pizza Calabresa, então?!?!? É um CRIME para eles! Outro fato que causa estranheza aos italianos: como pode uma pizza servir até quatro pessoas? Jamais! Na Itália, como a massa é fina e a cobertura ‘discreta’, que não transborda como nas nossas, UMA pizza serve UMA pessoa! (Mesmo sabendo que duas poderiam comer tranquilamente apesar do tamanho reduzido: equivale a uma pizza média pra gente!).

Enfim, se tem uma coisa que italiano leva MUITO a sério, é a abençoada pizza! E, por incrível que pareça, a Itália aparece em quarto lugar no ranking dos países que mais consomem pizza no mundo ficando atrás dos EUA, Brasil, que aparece em segundo lugar e, PASMEM: da França, que surge no ranking na terceira posição. O sabor mais consumido no Brasil é calabresa e na Itália, a clássica, tradicional e deliciosa, Margherita.

VAMOS APRENDER A FAZER A PIZZA NA ITÁLIA?

“Tudo acaba em pizza!”

Quem nunca ouviu essa expressão? Pois bem: você sabe de onde ela vem? Em São Paulo, onde tem uma gigantesca colônia italiana, comer uma pizza é associado às celebrações, com reunião de amigos e familiares; deste costume, a expressão de ‘tudo acaba em pizza’, quer dizer que, depois da briga, acusados e acusadores, para confraternizar e fazer as pazes, devem se sentar à mesa se comer uma pizza; assim, ao final da refeição, tudo estaria em paz.

CURIOSIDADE: Sabia que em Portugal a pizza se escreve com um Z só, ficando PIZA? E você sabia que a palavra Pizza é uma das poucas palavras que mudam de uma língua para a outra? ; )

CONCLUSÃO

Se você estiver na Itália não deixe passar a chance de comer uma pizza, se estiver em Nápoles, melhor ainda! Mas pelo amor de Deus: jamais peça ao atendente ketchup e outros condimentos, muito provavelmente ele irá chamar e polícia e você será deportado! Hahahaha… brincadeiras a parte: bom apetite! ; )



Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.

 

   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.