Coronavírus na Itália: a atual situação

Após mais de um ano e meio com fronteiras fechadas para turismo de brasileiros, a Itália divulgou um novo decreto e, hoje, vamos te contar tudo que você precisa saber sobre o assunto! (ATUALIZADO 16 DE DEZEMBRO DE 2021)

11 38.555

Coronavírus na Itália: a atual situação

INFORMAÇÕES SOBRE O CORONAVÍRUS NA ITÁLIA: um guia rápido e objetivo com tudo que você precisa saber sobre o assunto! Como está a situação na Itália em relação ao Coronavírus? Fique com a gente e saiba tudo sobre o país da bota! Aqui no Viajando para Itália estamos sempre mantendo nossos leitores informados e atualizados;)

Primeiramente: força para as famílias que perderam entes queridos; aplausos aos que estão na linha de frente nessa ‘guerra’; coragem e fé para todos nós!

Nossa Introdução

A Itália, no dia 23 de fevereiro de 2020, foi declarada o país europeu mais afetado pelo novo Coronavírus. O alarme surgiu depois da morte de duas pessoas (uma na região da Lombardiae outra na região de Vêneto) devido ao vírus. O Instituto de Saúde Italiano declarou alerta de epidemia no norte do país e intensificou o scanner de transeuntes nos principais acessos das cidades como aeroportos e estações de tremLeia também nosso novo Post: O que fazer em casa no período de quarentena?

Os números, na Itália, desde o início da pandemia…

Os números, na Itália, desde o início da pandemia, são os seguintes: 5.282.076 de infecções com 135.178 mortes. Nas últimas três semanas a Itália viu o número de novas infecções aumentar consideravelmente e a média diária de contágio está na casa de 8.300 novos casos por dia. Em agosto de 2020, a Itália registrou apenas duas mortes por dia, mas atualmente o número já ultrapassou a média de 100 mortes por dia, dando um sinal de alerta ao país.

Vale lembrar…

Vale lembrar de que estamos entrando no inverno, ou seja, é o período mais critico para que doenças virais se espalhem e, para conscientizar a população, o governo italiano – além de ter adotado a vacinação em massa – reforçou os testes realizados, isso porque o problema afeta toda a Europa – que enfrenta um lento e progressivo novo surto do vírus SARS-CoV-2. O governo desenvolveu um plano de contenção estratégico reunindo medidas operacionais para que seja evitado um novo lockdown, por exemplo.

Medidas Preventivas

A Itália está adotando medidas preventivas e trabalhando com diversas hipóteses como uma possível epidemia localizada, transmissão difusa, transmissão em massa, etc. O que isso significa? Que eles estão em constante monitoramento e, para tal, eles adotaram algumas medidas como manter fronteiras com alguns países fechadas e declarar estado de emergência até 31 de Março de 2022, embora tenha determinado uma data de revisão das medidas de restrições para o dia 31 de Janeiro de 2022.

Como está a campanha de vacinação na Itália?

Os números da vacinação na Itália são os seguintes: 46.002.239 pessoas já foram totalmente imunizadas, ou seja, cerca de 85,17 % da população acima de 12 anos. As vacinas utilizadas para a imunização foram Pfizer/BioNTech, Moderna, Janssen, Vaxzevria (AstraZeneca), e Pfizer Pediatrico (a vacinação em crianças entre 5 e 11 anos já começou em território italiano e, até o momento, foram administradas 382 doses, cobrindo cerca de 0,01 % da população nesta faixa etária.) Também já começou a aplicação da terceira dose no público específico (maiores de 18 anos que tenham tomado a segunda dose até 5 meses atrás) e, até agora, 13.082.103 de pessoas já receberam a dose de reforço, ou seja, 63,98 % da população.

Importante Saber

  • As informações contidas nesse post podem estar mudando a cada dia, por isso, estaremos atualizando todas as informações através do nosso instagram. Se informe aqui: instagram.com/viajandoparaitalia

Orientações do Governo Italiano

  • Lave bem as mãos por, pelo menos, 20 segundos; utilize álcool em gel quando não puder lavar as mãos; evite tocar boca, olhos e nariz; evite aglomerações; cubra boca e nariz quando for espirrar ou tossir utilizando lenço descartável e o jogue no lixo imediatamente.
  • Se estiver na Itália e apresentar os sintomas que são febre, dores musculares, dor de garganta, dificuldades para respirar e falta de ar, NÃO VÁ AO PRONTO SOCORRO, ligue para o número 112 (ou 118) e informe sua situação.
  • Importante dizer que, por pior que pareça, o Coronavírus pode não ser fatal, pois há tratamento e chance de cura, por isso é importante estar atento aos sintomas. Leia também Coronavírus viajar sim ou não para a Itália? 

Viagem Marcada

Estou com viagem marcada para Itália o que devo fazer? Aguardar! Infelizmente não podemos dizer com precisão como estará a situação na Itália nos próximos meses, isso vale hoje também para o Brasil; pode ser que tudo seja contido rapidamente e pode ser que a situação se agrave. Evidente que esperamos que esse problema seja contido o mais rápido possível, não só na Itália, mas no mundo todo, porém é impossível ter uma previsão do que pode acontecer nos próximos meses.

Importante

  • Tome a vacina! Vacinas salvam vidas! Se você não se sente seguro para tomar a vacina, sugiro que converse com seu médico sobre o assunto, faça pesquisas e tome sua decisão. Lembre-se de que a tendência do mundo é exigir vacinação contra a COVID, por isso, em algum momento, você terá que tomar a vacina, ou seja: não deixe para depois! Se proteja, proteja sua família, sua sociedade!

Movimentação pelo Continente

Atualmente alguns países da Europa aceitam receber brasileiros para turismo. São eles: Espanha, Finlândia, Inglaterra, Portugal e Suíça, porém: desde que estejam totalmente vacinados (inclusive com a Coronavac); dois países, Alemanha e França, possuem restrições para receber vacinados com a Coronavac, porém, aceitam turistas brasileiros vacinados com Pfizer, AztraZeneca ou Janssen.

Estou na Europa e quero ir para a Itália: posso ir?

Sim! Se você já está em território europeu e não esteve no Brasil nos últimos 15 dias, você pode ir para a Itália a turismo. Pode haver a exigência de exame PCR negativo ou exigência da realização do teste na sua chegada ao país.

Atenção:

  • A Itália não é obrigada a receber turistas brasileiros que entrem em seu território por outro país, por isso eles podem, sim, negar sua entrada no país, ok? Esteja ciente de que isso pode acontecer, embora seja difícil.

Em quais situações brasileiros podem entrar na Itália atualmente?

Pessoas que não tenham transitado ou partido do Brasil nos 14 dias anteriores à viagem. De acordo com a Embaixada da Itália no Brasil, a entrada e o tráfego aéreo para brasileiros vindo do Brasil são somente permitidos desde que o passageiro não tenha nenhum sintoma da Covid-19 e apenas para as seguintes situações:

  • Pessoas com residência comprovada na Itália;
  • Pessoas tenham filhos menores de idade em território italiano, cônjuge ou união civil (com auto declaração, sem autorização do Ministério da Saúde);
  • Para fins de estudo (com auto declaração sem autorização do Ministério da Saúde, carta da instituição de ensino, endereço de permanência e exigência de quarentena);
  • Para fins profissionais (com auto declaração sem autorização do Ministério da Saúde, carta da empresa contratante, endereço de permanência e exigência de quarentena em caso de longa permanência);
  • Urgência e emergência onde seja imprescindível a presença da pessoa em questão (com auto declaração sem autorização do Ministério da Saúde, carta que comprove a urgência, endereço de permanência)
  • Motivos de saúde/tratamento médico (com auto declaração com autorização do Ministério da Saúde, laudo médico assinado e carimbado, endereço de permanência).

É OBRIGATÓRIO EM TODOS OS CASOS SUPRACITADOS:

Certificado de teste PCR ou antígeno negativo realizado nas 72 horas anteriores ao ingresso no território nacional; realização de um teste molecular na chegada ao aeroporto ou, no caso de chegada em portos ou locais de fronteira, no prazo de 48 horas, junto à autoridade sanitária local competente. Independentemente do resultado do teste de covid-19, os viajantes deverão cumprir uma quarentena de dez dias e, após o período, realizar mais um teste de Covid-19.

Quem é isento de quarentena?

Isenção de quarentena mediante autorização do Ministério da Saúde. Desde que não se apresentem sintomas de Covid-19 e COM a autorização do Ministério da Saúde estão isentos de quarentena os seguintes casos:

  • Entrada e permanência na Itália por menos de 120 horas com motivos comprovados de trabalho, saúde ou necessidades de urgência absoluta;
  • Funcionários de empresas e entidades com sede legal ou secundária na Itália, para deslocações ao estrangeiro com duração não superior a 120 horas, motivadas por necessidades comprovadas de trabalho;
  • Funcionários e agentes da União Europeia ou organizações internacionais, agentes diplomáticos, equipe administrativa e técnico de missões diplomáticas, funcionários consulares, militares – incluindo os que regressam de missões internacionais – pessoal das Forças de Segurança, pessoal do Sistema de Informação para o segurança da República e do Corpo de Bombeiros (Vigili del Fuoco) no exercício de suas funções.

Auto Declaração

Há, porém, também a obrigatoriedade de auto declaração, teste molecular ou antigênico negativo realizado nas 72 horas anteriores ao ingresso no território nacional, e obrigação de teste molecular ou antigênico negativo realizado na chegada ao aeroporto, ou, no caso de chegada em portos ou locais de fronteira, quando possível, no prazo de 48 horas desde o ingresso no território nacional, junto à autoridade sanitária local competente.

Atenção:

  • Dê informações precisas e reais em TODOS os formulários solicitados! Em caso de falsas declarações há sanções previstas em lei como prisão de até três meses e multa de 206 reais.

Sobre o cancelamento dos pacotes de viagens, cruzeiro e voos…

A frustração de não viajar mais vem acompanhada do risco de prejuízo e a discussão de quem deve arcar com ele numa situação imprevisível e de força maior pode gerar acordo mais também conflitos. Segundo o vice-presidente da Comissão Direito do Consumidor OAB/SP, Arthur Rollo a situação é de negociação, pedindo adiamento da viagem, ou mudança do destino ou devolução (cada lado perderá seu percentual). Se ambas as partes não chegarem a um acordo a questão irá parar no Poder Judiciário e nem sempre será agradável para ambos os lados.

Outra dúvida muito comum:

A OMS (Organização Mundial de Saúde) disse que se o país tiver, pelo menos, 75% da população vacinada, é considerado um país seguro; por que o Brasil, com 75,18% da população com o ciclo de vacina completo, ainda não figura na lista de países seguros? Porque, também de acordo com a OMS, este número é teórico e variável. Vale lembrar também de que, agora, há a exigência da terceira dose em diversos países do mundo e, para “piorar” a nova cepa Ômicron, ou seja: a porcentagem de vacinados não influência – diretamente – para que um país seja, ou não, considerado seguro. Sem contar que, agora, quem está passando por um momento delicado é a Europa, então é necessário fazer uma contenção de trânsito para que a nova cepa do vírus circule o menos possível pelo mundo. É importante citar que, embora alguns países já estejam com números satisfatórios de vacinados, alguns países não chegaram nem na metade da imunização ideal.

É necessário considerar que, além do número ‘ideal’ para cada país (de acordo com sua população, ou seja, números proporcionais), também é necessário atingir o número ideal no continente e, em alguns, os números permanecem baixos como, por exemplo, na própria Europa, que conta com somente 69% da população vacinada, e na África, onde o número de vacinados não ultrapassa a casa dos 2% da população. Na América do Sul, esse número não chega a 70% (dados do site oficial da OMS).

Bom Saber…

Alguns questionam a reabertura das fronteiras italianas para turismo para outros países da América do Sul, porém precisamos citar que, infelizmente, o governo italiano não deixou claro, em nenhum momento, qual é o critério adotado para autorização ou não de turismo.

Importante:

Saiba aqui como solicitar reembolso de bilhetes de trem Itália com a Italo!
Saiba aqui como solicitar reembolso de bilhetes de trem Itália com a Trenitalia!

Nosso Cuidado com você…

Não tome decisões precipitadas! Lembre-se de que com a entrada do inverno e com a nova variante da COVID, a Ômicron, a tendência é de que, infelizmente, a situação piore um pouco em toda a Europa. Estamos acompanhando as notícias, alertas e informações para manter nossos clientes e leitores a par de toda a situação.  O governo italiano pediu aos turistas que tenham compreensão no caso dos aeroportos, estações de trem ou outros acessos que necessitem ser fechados repentinamente, ou se no caso, o funcionamento de tudo fique mais lento. O governo italiano está fazendo o seu melhor na contenção do vírus, mas precisa da ajuda de todos – locais e turistas – para que suas medidas sejam efetivas.

FONTES:

Ministério da Saúde Italiano, Ansa, Corriere Della Sera, La Stampa, La Repubblica, Reuters, Reopen Europe, União Europeia, Embaixada Italiana no Brasil, Itamaraty, Consulados Brasileiros Milão e Roma.

Assista esse vídeo em nosso Canal no YouTube e saiba tudo sobre a Itália!


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Coronavírus na Itália: a atual situação. A pandemia AINDA não acabou, por isso precisamos manter todos os cuidados que nos são orientados pelas autoridades! Fiquem sempre com a gente e se mantenham informados sobre tudo que acontece na Itália!

Está inseguro para viajar?

Se você ainda tem a intensão de vir a Itália no futuro, podemos juntos, fazer um roteiro alternativo para você! Não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!