Visitar a Galleria Borghese em Roma?

Um dos tesouros que poucas cidades no mundo podem se vangloriar de ter, entre outras, está situada na vegetação do parque público mais amado pelos romanos. Aqui você encontrará informações e dicas úteis para visitar essa galeria tão importante em Roma!

8 12.522

Visitar a Galleria Borghese em Roma?

Um espaço rico em arte e história. Imersa nos jardins de Villa Borghese, a galeria é uma arca de beleza da humanidade . A Galleria Borghese é um dos tesouros que poucas cidades no mundo podem se vangloriar de ter, entre outras, está situada na vegetação do parque público mais amado pelos romanos. E vale realmente muito a pena visitar a Galleria Borghese em Roma? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

Nossa Introdução

A Galleria Borghese é uma obra de arte que contém muitos outras delas, um tesouro querido por Scipione Borghese, no decorrer do século XVII. Villa Borghese, fora da Porta Pinciana, na parte interna em que está situada a galeria, surgiu no início do século XVII, em torno de uma posse inicial da família, as quais foram progressivamente anexos outros terrenos até a constituição de um imenso parque. Leia também Como reservar a Galleria Borguese utilizando o Rom Pass!

1) Visitar a Galleria Borghese em Roma? SOBRE BORGHESE

A rápida ascensão de Borghese, de origem sienense, no contexto do Império Romano, culminou com a eleição do pontífice Camillo (1605-1621) que, com o nome de Paulo V, iniciou a grande época de intervenções urbanas e empreendimentos extraordinários de coleções. O principal protagonista deste cenário, e da representação diplomática e cerimonial da corte eclesiástica, foi o sobrinho predileto do papa, o cardeal Scipione Caffarelli Borghese. Scipione pode ser considerado um caçador de talentos como Caravaggio e Gian Lorenzo Bernini.

Visitar a Galleria Borghese em Roma?
Caravaggio – Galleria Borghese – Roma

2) Visitar a Galleria Borghese em Roma? OBRAS DE CARAVAGGIO E BERNINI

Na galeria, de fato, se encontra a maior coleção do mundo de obras de Caravaggio e um grande número de obras-primas de Bernini. Dentro pode-se também ver uma das obras de Canova mais famosas como o magnífico retrato de Paolina Borghese (Pauline Bonaparte), fruto da coleção do cardeal Scipione Borghese, que no início de 1600, construiu esta galeria apenas para organizar todos os seus tesouros.

Visitar a Galleria Borghese em Roma?
Caravaggio – Galleria Borghese – Roma

Esculturas para o Cardeal

Não perca a série de esculturas feitas para o cardeal pelo jovem Gian Lorenzo Bernini (Eneas, o rapto de Proserpina, Apolo e Dafne, e Davi) que parece nos convidar para participar de seus eventos, o amor sagrado e o amor profano por Ticiano, obras-primas de Caravaggio e admirável princesa Pauline Borghese, irmã predileta de Napoleão, retratado por Canova como Vênus, a Vencedora. Um patrimônio artístico de valor inestimável povoa as salas da Galleria Borghese do século XVII. Pinturas, esculturas, mosaicos e baixos-relevos do século XV ao século XIX fazem parte da coleção exposta nos dois andares do edifício: no piso térreo estão colocadas as esculturas, enquanto o primeiro andar se encontra a pinacoteca.

Visitar a Galleria Borghese em Roma?
Imagens internas da Galleria Borghese – Roma

3) Visitar a Galleria Borghese em Roma? PRIMEIRO ANDAR

As salas no primeiro andar se introduzem numa viagem para a cor e para a tela com tesouros com verdadeiros e próprios tesouros como o “Retrato de um homem”, “A Deposição”, “Retrato da jovem mulher com unicórnio” por Raphael, “Madonna com a criança” de Perugino, “Retrato de jovem” de Ghirlandaio, “Jovem com uma cesta de frutas”, “Baco doente”, “Davi com a cabeça de Golias”, “Madonna de Loreto” de Caravaggio”, “Susanna e os velhos” de Rubens, “Amor Sagrado e Amor Profano”, de Ticiano, para citar apenas alguns.

Um dos símbolos da galeria é , de fato, a encantadora “Vênus, a Vencedora”, de Antonio Canova, que parece ter modelado com manteiga Paolina Borghese, retratada sobre o triclínio com o fruto na mão. Outras célebres esculturas são o “David”, “O rapto de Proserpina” e “Apolo e Dafne” de Gian Lorenzo Bernini.

4) Visitar a Galleria Borghese em Roma? TÉRREO

Na galeria, há um térreo com um grandioso salão de entrada chamado Salão Mariano Rossi, imponente tanto em tamanho com em suntuosidade, para decoração e para as esculturas monumentais que abriga, leva-nos no fasto do percurso do museu.O térreo é um júbilo de obras-primas de Bernini, de esculturas gregas e romanas de altíssimo valor, da Paolina de Canova, de Madonna de Loreto, de Caravaggio.

A Pinacoteca

A pinacoteca é rica de obras para os conhecedores, além de Raphael, Guercino, Domenichino, é possível apreciar algumas joias dos séculos XVII e XVIII, que se encontram no seu lar natural. Sobre tudo domina o arco feito pelo siciliano Mariano Rossi (1731-1807), que leva o nome também do salão. Como havíamos dito antes, a Galleria Borghese se distribui sobre dois andares, um, dedicado às esculturas e o outro,às pinturas, apesar de que os quartos de visita são muito pequenos, dentro deles se encontram sempre algumas grandes obras-primas.

Visitar a Galleria Borghese em Roma?
Imagem interna da Galleria Borghese

Paolina Bonaparte Borghese

Aconselho visitar este monumento esplêndido para quem quiser mergulhar na arte e respirar a criatividade humana em seus níveis mais altos e refinados, toda a arte ou quase são mantidos em dois andares. A sala inaugura o percurso no Museu com uma das esculturas mais célebres da coleção de Borghese, o retrato estátua de Paolina Bonaparte Borghese nas vestes de Vênus, a Vencedora de Antonio Canova (1757-1822). Embora a obra esteja colocada neste ambiente apenas desde 1889, esta encontra um destino natural na sala dedicada às histórias de Venus e Eneas, através de episódios narrados nos quadros do arco.

Visitar a Galleria Borghese em Roma?
Vista externa da Galleria Borghese – Roma

As cinco Telas de Domenico de Angelis

As cinco telas, de fato, pintadas por Domenico de Angelis, em 1779, representa os momentos salientes da vida do herói troiano, filho da deusa Vênus e o mítico fundador da civilização romana. O quarto do Sol tem assumido tal denominação pela presença do antigo alívio do Deus Sol sobre o carro, Oceano e a Lua sobre carruagem descendente, os quais ligam as pinturas do teto. No centro da sala está exposto Davi de Gian Lorenzo Bernini (1598-1680), criado pelo artista entre 1623 e 1624.

Outras Salas e Obras

Naturalmente há outras salas com outras obras-primas, tanto no térreo como no primeiro andar, mas necessita-se visitá-las e perceber que uma obra-prima da humanidade deve ser capaz de ver pelo menos uma vez na vida. Temos de nos lembrar que a Galeria Borghese nasceu como uma coleção particular e, portanto, as obras e a sua disposição não responde aos critérios didáticos (período, sujeito), mas refletem o gosto e as intenções de seus antigos proprietários. Os espaços são bem organizados, assim como a gestão é otimamente organizada pelos acessos à galeria, que permite de visitá-la por um tempo adequado e sem multidões.

Visitar a Galleria Borghese em Roma?
Imagem interna da Galleria Borghese – Roma

Informações Úteis

Veja agora algumas informações importantes sobre ingressos, horários, endereço e muito mais.

Ingressos e Reservas

  • A Galeria Borghese pertence ao circuito dos Museus de Roma, e como tal, o primeiro domingo de cada mês, a entrada é livre. Mas deve ser sempre reservado: enviar e-mail para [email protected] (resposta entre 48 horas).
  • A Galleria Borghese faz parte também do circuito de Roma e Roma & Più Pass, a reserva de bilhetes é sempre obrigatória.
  • Os clientes com o Roma Pass são convidados a fazer uma única reserva de entrada pelo telefone 00390632810 ou enviar e-mail para [email protected] (resposta entre 48 horas).
  • O acesso é sempre em número programado com cadência de duas horas, pela qual necessita-se reservar com alguns meses de antecedência.
  • Convém sempre apresentar-se meia hora antes do horário estabelecido.

Entrada

  • A entrada é pela via Pinciana, uma vez tidos os ingressos, tem que deixar no vestiário (gratuito) bolsas e guarda-chuvas.
  • Depois de uma breve rampa de escadas, entra-se para a galeria e permanece por duas horas de boca aberta. Muitas obras-primas, uma mais célebre do que outra, até mesmo as próprias salas são algumas maravilhas da arte com belos tetos e paredes espetaculares. Terminado a visita ao primeiro andar, que tem uma planta circular, você sai e sobe uma longa rampa que leva ao segundo andar, onde está a maior parte dos quadros.
CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E COMPRE SEU INGRESSO EM PORTUGUÊS PARA A GALLERIA BORGHESE SEM FILA!!!!
CLIQUE SEM COMPROMISSO E CONFIRA OS VALORES!

Horários

  • Terça-feira, domingo, das 9h00 até 19h00.
  • Última entrada às 17h00, turnos de visitas de duas horas para um máximo de até 360 pessoas.
  • Visite a Galeria – os turnos são realizados nos seguintes horários: 09:00-11:00 – 11:00-13:00. 13:00-15:00 / 15:00-17:00 / 17:00-19:00.
  • Dias de encerramento – Segunda-feira, 25 de dezembro, 01 de janeiro.
  • Horários de bilheteria – 08:30-18:30 horas, (a bilheteria se encontra no porão).

Depósitos e Bagagens

É obrigatório depósito de qualquer tipo de bolsa, mochila, carrinhos de bebé, carrinhos de criança, ou qualquer outro.

Tempo para Visitação

A Galleria Borghese, não é apenas um museu, mas uma experiência de como um museu deveria ser, ou quem sabe o outro adjetivo que se poderia usar. Em apenas duas horas, tem-se oportunidade de ver reagrupadas em poucas salas tantas daquelas obras-primas que, somente depois que tiver saído, você percebe a grandeza do homem como um artista nos séculos XVI e XVII, para não falar da excelente obra de Canova com a sua Paolina Bonaparte.


Como chegar a Galeria Borghese?


1) Como chegar a Galeria Borghese? DE METRÔ

Pegar o Metrô Linha A e descer Flaminio ou Espanha. Saiba aqui como usar o metrô em Roma!

2) Como chegar a Galeria Borghese? DE ÔNIBUS

Bus interno para Villa Borghese – Linha 116; Ônibus que atravessa a Villa: 88, 95, 490, 495; Ônibus: 52, 53, 63, 86, 92, 116, 217, 360, 491, 630, 910, 926. Conheça nossa seção Transportes na Itália!

3) Como chegar a Galeria Borghese? DE BONDE

Pegar o Bonde: 19, 3, ou 2.

4) Como chegar a Galeria Borghese? DE TÁXI

Pedir para ir para Rua Vittorio Veneto (altura Villa Borghese).



Assista esse vídeo e saiba: Como comprar o bilhete da Galeria Borghese em Roma? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Galleria Borghese uma emoção única, onde se respira a verdadeira arte, obras que deixam perplexos e encantados pela sua beleza absoluta, uma viagem na história e no mito que deixam o visitante sem ar. O parque de Villa Borghese é também magnífico onde se tem a possibilidade de fazer ainda um belo passeio a pé.

Se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!