Como ler e entender um cardápio em italiano?

Hoje vamos ensinar a identificar alguns ingredientes do cardápio italiano para você não passar nenhum aperto na hora de fazer o pedido.

0 3.818

Como ler e entender um cardápio em italiano?

A Itália é um dos países onde melhor se come no mundo! Com opções super variadas, há pratos para todos os gostos (e bolsos!), mas você sabe o que pedir e como pedir? E se você pedir frango e vier peixe? Para evitar que algo do gênero aconteça, hoje vamos ‘decifrar’ um cardápio italiano básico. Vamos lá? Como ler e entender um cardápio em italiano? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

Sobre os Cardápios Italianos

Pessoal, antes de tudo, vou explicar uma coisa para vocês: alguns lugares, principalmente no sul da Itália, muitas vezes vocês vão encontrar o cardápio em dialeto, especialmente pratos típicos daquela região, portanto não há tradução do nome, mas se você souber os nomes de alguns ingredientes, isso pode facilitar muito a escolha. Digo isso porque nem todos os pratos tem a descrição no menu. Leia nossa seção sobre Alimentação na Itália!

Importante Saber

  • Se você tem alergia a algum alimento, ANOTE o nome desse ingrediente em português e em italiano e carregue sempre com você! Na dúvida, pergunte ao garçom se o prato escolhido possui o ingrediente ou traços dele, afinal você não vai querer ir parar no hospital por causa de um almoço, não é mesmo?! Para dar ênfase a essa alergia e o garçom entender, diga a ele que você é estremamente allergico a… e o nome do ingrediente. NÃO ARRISQUE, O.K.?! Na dúvida, peça outro prato! O mesmo vale para quem é VEGANO; para dizer que é vegano: sono vegano! Se você é alérgico ao glúten, você é celíaco e em italiano informe ao garçom dizendo ‘sono celiaco’ (sono cêlíaco).

Bom Saber

  • Atualmente muitos restaurantes italianos já oferecem cardápios totalmente veganos e/ou adaptado para celíacos, outros, porém, ainda ‘não chegaram’ lá. Normalmente há um símbolo na entrada do estabelecimento, mas se você ficar na dúvida, pergunte ao garçom ‘hai un menu vegano?’ ou ‘hai un menu per i celiaci?’ (se diz celíaci?).
  • Bom, o cardápio italiano é bem amplo, mesmo em lugares mais modestos: há o antepasto, a entrada, prato principal e sobremesa: sou obrigado a pedir tudo? Não, óbvio! Mas em vários lugares o valor do Menu Completo, vale MUITO a pena! Vamos agora detalhar e entender um cardápio italiano?

1) Como ler e entender um cardápio em italiano? CONHEÇA ALGUNS ANTEPASTOS

Os antepastos mais comuns são alguns frios e caponatas, que são legumes preservados em azeite, acompanhados de pães, grissini (palitos longos de massa), bruschetta (pedaços de pão servidos com várias coberturas) e torradas.

Vamos dar uma olhada:

  • Frios – Salumi/ Salumi affumicati (frios/frios defumados);
  • Queijo – formaggio (cada região oferece diversas opções);
  • Salame/Salames – salume/Salumi;
  • Mortadela – Mortadela;
  • Presunto – Prosciutto cotto ou Prosciutto crudo (Di Parma);
  • Salsicha – Wurstel (calma! Hahaha… se fala ‘viustel’).

Dica

Salsiccia, em italiano, é linguiça fresca, a nossa famosa ‘linguiça calabresa’ NÃO EXISTE na Itália e, normalmente, tudo que tiver escrito ‘calabresa/calabrese’, conta com uma dose extra de pimenta! Ou seja, se você não é fã de alimentos picantes, fique longe dos pratos com ‘calabrês’ no nome! ; )

  • Pães – Pani (cada região oferece várias opções);
  • Torrada – Fetta biscottata;
  • Caponata – legumes em conversa ‘sott’olio’, ou seja, no azeite; há diversas opções, mas as mais comuns são de abobrinha (zucchini), berinjela (melanzane) e pimentão (peperone) que pode ser vermelho (rosso), amarelo (giallo) ou verde (verde). Nos EUA, o peperone é um tipo de salame! 😉
Pessoal, vale sempre lembrar:
  • Cada restaurante apresenta o antepasto de acordo com região, ingredientes disponíveis, tradições e outros fatores. Então é, evidente, que há diferença de restaurante para restaurante e de região para região, O.K.?!

2) Como ler e entender um cardápio em italiano?  CONHEÇA ALGUNS PRATOS DE ENTRADA

Para a entrada, normalmente (e se pedido, claro!), é servido um prato de massa, risoto ou polenta. Hoje, estima-se, que existam 300 tipos de massas italianas entre massas curtas (penne, fusilli, etc) e massas longas (espaguete, talharim, etc). Seria impossível listar todas elas, mas todas são deliciosas e o difícil vai ser escolher uma só! Veja agora algumas massas (as mais conhecidas)

As Massas

  • Fusilli – parafuso;
  • Farfalle – gravatinha, embora a palavra farfalla signifique ‘borboleta’;
  • Penne – Pena. (cuidado com o penne all’arrabbiata! É uma massa mergulhada em um molho de tomate SUPER picante!)
  • Gnochhi – nhoque;
  • Lasagna – lasanha;
  • Spaghetti – Espaguete.

Os Molhos

  • Besciamella (salsa bianca): molho branco, bechamel; pode ser simples ou misturada a outros ingredientes como presunto, ervilha, queijo, etc;
  • In bianco – é uma massa cozida e puxada na manteiga;
  • Burro e Salvia – a massa, depois de cozida, é puxada na manteiga com Sálvia;
  • Al sugo – fogo no parquinho, momento de protesto! É muito comum vermos no Brasil o cardápio escrito ‘molho al sugo’: pessoal, SUGO é MOLHO em italiano, então é redundante dizer ‘molho ao sugo’; ficaria algo como ‘molho ao molho’! Feito o protesto, sigamos em frente! Hahaha… O ‘sugo’ pode ser: al pomodoro (de tomate), al tonno (molho de/com atum), sugo di carne (molho de/com carne), etc.

Dica

Quando aparece no cardápio sugo, não necessariamente será molho de tomate, o molho de tomate sempre está especificado: sugo al pomodoro con… e aí sim o ingrediente ‘complementar’ como atum, carne, etc, O.K.?

  • Quattro formaggi – molho quatro queijos;
  • A bolognesa – outro item que causa certo ‘estranhamento’. No Brasil estamos acostumados com o molho à bolonhesa feito com molho de tomate (MUITO molho!), carne moída, temperos, alho e cebola. O TRADICIONAL molho a bolonhesa não é com tanto molho de tomate como fazemos no Brasil! É mais ‘sequinho’. Para iniciar a base do molho eles refogam cebola, alho, salsão e cenoura, depois acrescentam a carne e, por último, tomates, mas não o molho de tomate, são tomates pelados, sem pele e sem semente e deixam apurar.

Bom Saber

Ingredientes básicos de um molho de tomate italiano: cebola, alho, sal e tomates pelados, sem pele e sem semente. Cada lugar faz o molho a sua maneira, então os sabores podem variar de um restaurante para outro, claro!

Outras Entradas

  • Arroz: riso.
  • Feijão: fagioli.
  • Recheados: ripieni; vale para doces e salgados.

Observação

  • Os italianos não preparam o feijão e o arroz como os brasileiros. Geralmente eles utilizam os ingredientes para fazer saladas.

3) Como ler e entender um cardápio em italiano? CONHEÇA ALGUNS PRATOS PRINCIPAIS

Sigamos para o prato principal.

Carne – Carne

A carne pode ser ao ponto (al punto), mal passada (al sangue) e bem passada (ben cotta). O bife se chama bistecca e há diferenças na preparação das carnes que podem ser:

  • in padella, na frigideira, grelhada;
  • alla griglia, grelhada no melhor estilo churrasco, de forma rápida;
  • arrosto, também no estilo de um churrasco, mas com maior tempo de cozimento, assado;
  • brasato, na brasa. É uma das mais demoradas, mas vale cada minuto de espera;
  • Lesso, ensopado. A carne cozinha em um caldo e fica muito suculenta e macia; no Brasil são os ensopados.

O mesmo modo de preparo vale para peixes e frango.

  • Frango – Pollo;
  • Peixe – Pesce.

Os legumes, verduras e afins

  • Salada – insalata; inslata verde, salada de folhas verdes;
  • Insalata russa – a nossa amada ‘maionese’, salada russa em alguns lugares do Brasil;
  • Batata – patate; para batata frita, basta dizer ‘patatine’;
  • Alface – Lattuga;
  • Brócolis – Broccoli;
  • Couve flor – Cavolfiore;
  • Repolho – Cavolo;
  • Oliva – Azeitona;
  • Alcachofras – Carciofi;
  • Alcaparras – Capperi;
  • Cenouras – Carote.

Temperando a Salada

  • Azeite – Olio, olio d’oliva;
  • Vinagre – aceto, que também pode ser balsâmico, aceto balsâmico;
  • Sal – sale.

Dicas Importantes

  • Leve contigo, anotado em um papel, aquilo que você gosta e o que você não gosta de comer. Traduza para ao italiano e, ao ler o cardápio, não se sinta mal de precisar ‘confrontar’ sua listinha. É melhor do que, de repente, pedir um prato que você não gosta muito.
  • Outra coisa: evite pedir para tirarem ingredientes dos pratos, na Itália isso pode ser algo muito ofensivo para o chef. Sei que, para muitos, isso pode ser ‘frescura’, alguns pensam “ah, mas os italianos se ofendem com tudo”: pessoal, é cultural! Respeitemos as diferenças, principalmente na casa dos outros ;).

4) Como ler e entender um cardápio em italiano?  CONHEÇA ALGUMAS SOBREMESAS

As sobremesas, i dolci, são ESPETACULARES! Sempre digo: o paladar italiano para o doce NÃO É COMO O NOSSO, então os doces italianos não são tão doces, eles usam muitas frutas, chocolate amargo, queijos, cremes e oleaginosas, como nozes.

  • Chocolate – cioccolato; pode ser branco (bianco), ao leite (al latte) ou amargo (amaro) com porcentagem variada de cacau (cacao): quanto maior a porcentagem, mais amargo ele é;
  • Creme – crema; torta alla crema (bolo com creme), bombolone alla crema (sonho com creme). Pessoal, o creme é o de confeiteiro nesses casos, mas pode ser outro tipo de creme também;
  • Sorvete – o sorvete não existe na Itália! COMO ASSIM, PATRICIA? Gelato e sorvete são coisas bem diferentes, portanto a palavra gelato NÃO TEM TRADUÇÃO para nenhuma língua. Qual a diferença entre sorvete e gelato então? Explicamos tudo nesse post e, de quebra, ainda listamos as melhores para você saber exatamente aonde ir para provar o melhor e autêntico gelato italiano;
  • Torta – torta na Itália é bolo: torta alla crema, torta di limone, torta al cioccolato; mas também pode designar as tortas propriamente ditas;
  • Salada de Frutas – Macedonia; sempre feita com as frutas da estação;
  • Biscoito – biscotti;
  • Frutas – frutta; melão, melone; morango, fragola; melancia, anguria; limão, limone; laranja, arancione; banana, banana; abacaxi, ananas; maçã, mela; maracujá, frutto della passione; romã, melograno; kiwi, kiwi; cereja, ciliegia; framboesa, lampone; manga, mango; pêssego, pesca; uva, uva;
  • Cereal – cereali.

5) Como ler e entender um cardápio em italiano?  CONHEÇA ALGUMAS BEBIDAS

Vamos as bebidas!

  • Água – acqua: com gás – frizzante; sem gás, naturale;
  • Gelo – ghiaccio: com gelo – con ghiaccio (guia-tcho); ghiacciata (guia-tchata), gelada; sem gelo, senza ghiaccio;
  • Vinho – vino: rosso, tinto; bianco, branco; espumante, frizzante/spumantino/spumante; rosè, rosè;
  • Vinho Suave – Vino soave, dolce;
  • Vinho Seco – Vino brut, secco;
  • DICA: temos um post todinho dedicado aos vinhos italianos! Ainda não viu? Clique aqui!
  • Refrigerante – bibita (bíbita); em latinha, lattina; dificilmente restaurantes vendem refrigerante em garrafa, mas, caso precise, garrafa é bottiglia (botília). Ah, as latinhas são menores do que são no Brasil, não se assuste!). O amado Guaraná é encontrado nas cidades maiores, tipo Roma, Milão… Mas algumas cidades menores também podem ter. Em italiano se diz ‘guárâna’;
  • Chá – té; de camomila, la camomilla; chá de hortelã, tè alla menta; chá gelado, tè freddo (ice tea); o chá gelado que pode ser ‘alla pesca’ (de pêssego) ou al limone (com limão);
  • Suco: succo. Atenção aqui: succo é o de caixinha; para suco natural, peça a spremuta, mas é raríssimo encontrar suco natural na Itália sem ser o de laranja, limão ou pompelmo (grapefruit), ‘la spremuta d’arancio’, então, não se frustre, ok?! Eles não são acostumados com sucos naturais como nós;
  • Café – Caffè. Na Itália, nos restaurantes, bares e restaurantes, eles só servem o espresso. Escreve com S, expresso com X é outra coisa! Hahahaha… Ele pode ser: ristretto, puro; lungo, com mais água; macchiato, nosso famoso ‘pingado’, com um pouco de leite ou correto, que leva meia dose de alguma bebida alcoólica, normalmente grappa.

Bom Saber

  • Os italianos dificilmente tomam bebidas que não seja vinho (para os adultos) ou água (para as crianças) durante as refeições, então não estranhe se você for o único da restaurante a ter uma latinha de refrigerante em cima da mesa! ; )

6) Como ler e entender um cardápio em italiano?  CONHEÇA ALGUNS UTENSÍLIOS

Os utensílios à mesa:

  • Copo/Taça – bicchieri. (se fala ‘biquiéri’);
  • Xícara – Tazza;
  • Colher – Cucchiaio (cuquiáio);
  • Faca – coltello;
  • Garfo – forchetta;
  • Guardanapo – tovagliolo (tovaliolo);
  • Toalha de mesa – tovaglia (tovalia);
  • Prato – Piatto.

7) Como ler e entender um cardápio em italiano?  CONHEÇA ALGUMAS PIZZAS

Chegamos às pizzas! A pizza na Itália, embora sirva duas pessoas muito bem, é individual. Os sabores mais pedidos são:

  • Margherita – autoexplicativo! Hahahaha;
  • Quatro queijos – quattro formaggi;
  • Linguiça com funghi – salsiccia e funghi (é um espetáculo essa pizza!);
  • Mussarela – Mozzarela.

Bom Saber

  • Na Itália NÃO EXISTE PIZZA CALABRESA DO JEITO QUE A CONHECEMOS NO BRASIL! A ‘pizza calabresa’ na Itália é uma pizza com pedaços de ‘linguiça calabresa (que se chama assim porque vem da Calábria) PICANTE’; mas, como já falamos anteriormente, a linguiça é aquela fresca, O.K.?!
  • A pizza na Itália é 8 ou 80: ou você ama ou você odeia! Os brasileiros, normalmente, estranham um pouco, pois é bem diferente da nossa.

Assista esse vídeo e saiba: Como entender um menu em um restaurante italiano? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Como ler e entender um cardápio em italiano? Gente, reforço: leve anotado, em italiano, em um papel uma pequena lista daquilo que você gosta de comer para não correr o risco de pedir algo que não te agrade, O.K.? Não tenha pressa para comer, os italianos fazem dos momentos das refeições verdadeiros rituais, então os garçons não ficarão ao lado da mesa ‘te apressando’. Os horários das refeições na Itália são Como ler e entender um cardápio em italiano?mais específicos do que no Brasil, para saber mais, leia este post!

Se mesmo assim você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


para sua viagem perfeita!

CONSULTORIA

Guias 100% customizados e dentro de seu orçamento!

Planejamento de Viagem

MINICURSO

Apenas para inscritos em nossa newsletter!

 

Aproveite melhor suas férias! Aprenda a planejar com segurança e eficiência sua viagem pela Itália. Curso grátis!