O que é o Jubileu Extraordinário da Misericórdia?

O Ano Santo da Misericórdia - Jubileu ou Ano Santo: o que é?

0 75

O que é o Jubileu Extraordinário da Misericórdia?

O Jubileu, ou Ano Santo, é um ano dedicado à remissão dos pecados e suas penitências, que se baseia nas tradições do Antigo Testamento. A palavra “Jubileu” vem do termo hebraico “yobel”, indicando o som do berrante, emitido pelo chifre do bode. Vamos ao nosso post do dia: O que é o Jubileu Extraordinário da Misericórdia? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

Nossa Introdução

O Jubileu acontecia a cada 50 anos, uma data especial para os hebreus, pois era o ano em que a terra seria liquidada, ou seja, as dívidas eram perdoadas (os credores renunciavam a cobrança das dívidas) e os escravos eram liberados. É um ano de ensinamento de solidariedade, esperança, justiça e do compromisso de servir a Deus com alegria e na paz com os irmãos. O Jubileu garantia, a cada 50 anos, um ano de descanso para a terra, com o intuito de fazer um plantio mais sólido. Já para a religião Católica, o Jubileu, também chamado de Ano Santo, é o período durante o qual o Papa concede indulgência plena aos fiéis que vão à cidade eterna (Roma). Leia também Como solicitar a Benção ao Papa?

O Primeiro Jubileu

O primeiro Jubileu foi anunciado em 1300 pelo Papa Bonifácio VIII, que estabeleceu que o evento não mais aconteceria a cada 100 anos, mas sim a cada 50 (contudo, os Jubileus acontecem em diversos períodos, dependendo da ocasião).

O Jubileu pode ser ordinário ou extraordinário

O Jubileu ordinário acontece de acordo com os prazos estipulados, normalmente a cada 25 anos; enquanto o Jubileu extraordinário é promovido conforme um determinado evento especial e sua duração varia de alguns dias até um ano. O costume de anunciar Jubileus extraordinários remete ao século XVI. Alguns exemplos de Jubileu ordinário são os de 2000 e de 1975, já o extraordinário é como o dedicado para a Misericórdia, que foi anunciado pelo Papa Francisco, de 08 de dezembro de 2015 a 20 de novembro de 2016. Em toda a história da Igreja Católica foram 26 Jubileus, incluindo esse último de 2000.

Os ritos que caracterizam o Jubileu: a bula papal e a abertura da Porta Santa

O Jubileu é caracterizado por alguns ritos particulares, o rito mais conhecido do Jubileu é a solene abertura da Porta Santa: se trata de uma porta que fica aberta apenas durante essas ocasiões, nos outros anos permanece trancada. Outras quatro arquibasílicas de Roma também possuem uma Porta Santa, são elas: São Pedro, São João de Latrão, São Paulo fora dos muros e Santa Maria Maior.

Abertura porta santa. Fonte jornal republica
Abertura porta santa. Fonte jornal republica

O rito da Porta Santa

O rito da Porta Santa exprime simbolicamente tal concessão quando, durante o Jubileu, é oferecido aos fiéis um percurso extraordinário para a salvação. O outro rito é a proclamação solene do Ano Santo, do Papa Bergoglio, que acontecerá com a leitura e publicação da Bula em frente à Porta Santa, no Domingo da Divina Misericórdia – festa instituída por São João Paulo II, que é celebrada no domingo após a Páscoa – portanto esta cerimônia acontecerá em 12 de abril. Já o rito de inauguração do Jubileu com a abertura da Porta Santa acontecerá em 18 de dezembro deste ano.

Por que o Jubileu extraordinário é importante?

Este Jubileu extraordinário segue cronologicamente o de 2000 e antecipa aquele previsto para 2025. São várias as razões da importância de um jubileu extraordinário, veremos algumas delas. O Papa Francisco anunciou este Jubileu extraordinário de surpresa e sem avisar antes a ninguém, essa decisão espantou o mundo, os políticos e até o prefeito de Roma! Mas o Papa reiterou-se, dizendo para não ter medo pois este Jubileu será um evento espiritual, até porque o Papa não está pensando em fazer uma organização mega-galáctica. Leia também O que visitar perto de Roma?

Outro motivo poderia ser que o Papa Francisco esteja querendo chamar o povo espiritualmente e fisicamente para a Santa Sé, em Roma, logo num momento delicado da humanidade. A crise está atravessando o mundo, inclusive em relação à fé, e ao lançar este Jubileu extraordinário se assume perante todos, da Igreja e fora da Igreja, uma supremacia não apenas religiosa mas também institucional. Outra razão poderia ser a comunicação.

Não é à toa, afinal notamos como nesses dois anos de pontificado o Papa Francisco vem utilizando e recorrendo a todos os instrumentos tecnológicos, a fim de comunicar e chegar até todos. A escolha do direito de Misericórdia, que foi logo de cara o tema de sua missão e de sua conduta, como já havia mencionado em seu primeiro Angelus com essas exatas palavras: “A misericórdia muda o mundo”. E por último, mas não menos importante, agora se torna o motivo principal do Jubileu, ou seja, a indulgência a todos. Indulgência que acontece através da peregrinação a Roma.

Para que serve a peregrinação a Roma?

A peregrinação é um caminho ao arrependimento e de preparação para a renovação interior, que os fiéis fazem seguindo os passos de Jesus. Contudo, é também um caminho “material”, pois para receber a indulgência jubilar é preciso ir em peregrinação a Roma e dirigir-se a uma das basílicas papais, que são: São Pedro, São João de Latrão, São Paulo fora dos muros e Santa Maria Maior (podem ser indicados também outros destinos, onde se deve participar da missa ou celebração litúrgica ou então fazer um “exercício de piedade”, seja uma via crucis, ou apenas permanecer por um certo tempo em devoção perante à Eucaristia em oração). Já é possível prever que para este Jubileu virão cerca de 30 milhões de peregrinos a Roma, e para isso estão tomando várias providências para a segurança, de modo a conter as milhares de pessoas que chegarão à capital, neste Ano Santo.

Reserva obrigatória para passar pela Porta Santa

O Jubileu da Misericórdia será o primeiro a exigir a reserva obrigatória para passar pela Porta Santa. Os peregrinos que desejam fazer isso devem adquirir o ingresso no qual constará a validade, com data e horário. A reserva poderá ser feita online e será gratuita. Mas consulte sempre que for anunciado para obter detalhes…

Quem não tiver acesso à Internet poderá garantir a entrada na Bilheteria do Castel Sant’Angelo, bem como nos pontos de apoio aos peregrinos. O ingresso serve para assegurar que o fluxo seja organizado, contribuindo assim pela segurança (e é o primeiro Ano Santo durante a era do Estado Islâmico). Lembre-se de consultar sempre que for anunciado para obter detalhes…

O percurso para acessar a Porta começará no Castel Sant’Angelo e seguirá pela Via della Conciliazione. Haverá um controle de segurança, os encarregados pela validação dos bilhetes serão incumbidos também de fazer fluir melhor a fila de pessoas, diminuindo assim os contratempos que naturalmente acontecem (considerando que é um evento tão grandioso, deve-se levar em conta os imprevistos).

Informações Úteis

Para conhecer todas as datas e os eventos que fazem parte do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, basta acessar o site oficial do Jubileu

Vai se hospedar em Roma? Então siga nossas dicas exclusivas de Hotéis!!!

Aqui você encontrará gratuitamente indicações de hospedagem para não cair numa furada e não ficar em uma zona distante das atrações na Itália!

A seguir, não deixe de ler nossas dicas e conselhos sobre os bairros de Roma e onde se hospedar. Aqui você encontrará o melhor bairro e o tipo de hospedagem que mais se encaixa no perfil de sua viagem;)

Saiba que reservando dentro do nosso blog através da Booking.com você estará colaborando a manter nosso site e você não pagará nada a mais por isso, pois o serviço de reserva é GRATUITO. Ou seja, sem taxas de reservas ou administrativas, e as reservas podem ser canceladas Gratuitamente.

Hospedagens que aconselho perto do Centro Histórico

Se você é apaixonado pela arte e gostaria de ficar no centro onde poderá se deslocar a pé, assim como ter inúmeras possibilidades de lugares para almoçar/jantar ou lanchar te aconselho a ficar no centro histórico. Podem ser consideradas “centro histórico” as regiões perto da Fonte de Trevi, do Coliseu, do Fórum Romano, Fórum Imperial e da Villa Borghese, da Piazza Spagna e da Piazza Navona. São as áreas mais caras, porém estará próximo de tudo, literalmente!

Se quiser economizar uma ótima opção é o B&B, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se prefere um bom hotel, tenho três opções que gosto muito, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho perto da Região de San Giovanni

Para quem deseja encontrar alternativas mais econômicas em áreas tranquilas, mas ao mesmo tempo perto dos meios de transporte para o centro, sugiro a região de San Giovanni ou do Monti (perto das estações de metrô San Giovanni, Castro Pretorio e Circus Massimo) – que é um bairro mais residencial; portanto, mais econômico e tranqüilo! E com apenas 15 minutos de metrô estará no centro também!

Tenho duas opções de Hotéis que recomendo, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Tenho duas opções de Pousadas que recomendo, clique nos links abaixo e conheça cada uma. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho perto da Cidade do Vaticano

Uma zona interessante para se hospedar e um pouco mais econômica que o centro histórico é a zona do Vaticano (Museus do Vaticano) que está muito bem conectada com tudo.

Tenho duas opções de Pousadas que recomendo, clique nos links abaixo e conheça cada uma. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se prefere um hotel, tenho três opções que recomendo, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho perto da Estação Termini

Para quem prefere ficam em bairros que tenham um bom acesso ao resto da cidade e com um preço melhor, então deve escolher uma acomodação nas intermediações da Estação Termini (de onde parte uma densa rede de meios públicos de transporte, que serve tanto o povo local quanto os turistas).

Tenho 3 sugestões boas de hotel em Termini, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se prefere pousadas tenho 2 sugestões boas, clique nos links abaixo e conheça cada uma. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho em Trastevere

Para quem prefere “saborear” a Roma autêntica e característica, não há nada melhor que reservar um hotel no Trastevere (nos arredores do histórico rio da cidade), pleno de história e tradições tipicamente romanas, conhecido pelas ruas tortuosas de pedras sampietrini e pelos centros habitacionais em estilo medieval.

O bairro fica no centro histórico e à direta do rio Tevere, em meio a uma paisagem espetacular, onde cada visitante pode observar as inúmeras igrejas e praças (como a de Santa Maria in Trastevere). Além disso, este bairro oferece vários restaurantes locais e cantinas para quem deseja experimentar a típica culinária romana.

Se quiser economizar uma ótima opção é o B&B, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se prefere um bom hotel, tenho duas opções que gosto muito, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)


Assista esse vídeo e saiba: Quais os 5 pontos imperdíveis de Roma de acordo com a opinião de uma guia turística? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

 Conclusão

O que é o Jubileu Extraordinário da Misericórdia? Por último, nos resta apenas aguardar pelo dia 8 de dezembro de 2015, quando terá início este grande evento. O Ano Santo se abrirá no quinquagésimo aniversário de encerramento do Conselho Ecumênico Vaticano II e durará até a festa do Cristo Rei, em 20 de novembro de 2016.

Resumindo, tudo já está pronto (ou quase pronto) para o Jubileu que fará da Itália, mais uma vez, o centro da humanidade, o ponto de encontro entre o mundo e o sobrenatural. Afinal, como já dizia um grande Sumo Pontífice Romano, não se pode chegar ao céu sem passar por Roma!!!



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!