As cinco melhores vinícolas de Chianti

Hoje trago para vocês uma lista com as cinco melhores vinícolas da zona produtora de um dos vinhos mais famosos e deliciosos do mundo: o esplêndido Chianti.

0 448

As cinco melhores vinícolas de Chianti

Quando falamos de vinhos italianos, o Chianti é um dos primeiros nomes que nos surge em mente. Com um sabor único e que seduz nosso paladar no primeiro gole, é um vinho clássico e capaz de agradar até mesmo os paladares mais exigentes. Hoje nós vamos saber quais são as cinco melhores vinícolas de Chianti. Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Exemplos de Roteiros Turísticos na Itália!

Nossa Introdução

O Chianti é, sem dúvida, um dos vinhos mais celebrados do mundo. A rota das vinícolas entre Florença e Siena é a famosa Strada SS222 e é lindíssima! Se quiser saber mais sobre a rota do vinho de Chianti, te convido a ler este post: Estrada do vinho do Chianti e suas melhores vinícolas”.

Hoje vamos falar exclusivamente das cantinas de Chianti e te indicaremos 5 delas. Evidente que há uma infinidade de vinícolas e é uma mais agradável do que a outra, porém vale lembrar que nem todas são abertas à visitação e, a maior parte delas solicita reserva, portanto: se planeje com antecedência, O.K.?!

ATENÇÃO:

Nota

  • O termo “Enogastronômico” (você também pode encontrar escrito como “enogastronomia”) significa “turismo de gastronomia e vinhos”. Essencialmente, é uma palavra italiana e, também, é uma palavra “nova” e não muito comum “AINDA”! Conheça nossa seção Alimentação na Itália!

1) As cinco melhores vinícolas de Chianti: CAPANNELLE

CapannelleA Capannelle não é só uma cantina: é hotel, restaurante e um verdadeiro centro enogastronômico fantástico! Moderna, charmosa e com vinhos impecáveis, recebe seus visitantes de uma maneira descontraída, mas sem deixar a elegância clássica dos italianos de lado. A vinícola começou a operar em 1974 e lançou seu primeiro vinho um ano depois; não preciso nem dizer que foi, e é até hoje, um sucesso, não é mesmo?!

2) As cinco melhores vinícolas de Chianti: LAMOLE

Lamole – Fundada logo após a Segunda Guerra Mundial, a Lamole é uma das vinícolas mais conhecidas de Chianti. A adega ainda mantém suas salas mais antigas de envelhecimento impecáveis: algumas datam de meados do século XIV, já que faziam parte do Castelo de Lamole. A cantina também possui uma parte moderna com tecnologia de ponta e produz um vinho de primeira qualidade. A zona onde está localizada a vinícola é belíssima e nos apresenta panoramas belíssimos.

3) As cinco melhores vinícolas de Chianti: DIEVOLE

Dievole – Vinho, comida impecável, azeite de oliva e resort. Sabe o que falta aqui? Você! A Dievole é um verdadeiro paraíso para os amantes do vinho! Com uma estrutura espetacular, oferece aos seus visitantes uma cantina esplendida, restaurante e hospedagem. Tudo de muito bom gosto e em uma localização deliciosa, esse é o lugar ideal para quem quer fazer uma verdadeira imersão no mundo enogastronômico.

4) As cinco melhores vinícolas de Chianti: COLTIBUONO

Coltibuono – Outro fantástico resort que tem como atração principal sua belíssima vinícola! A estrutura do local recebe os turistas de uma maneira deliciosa e o tempo parece voar uma vez ali. Você pode aproveitar também para fazer algum curso culinário oferecido pela cantina. O local é incrível e nos oferece ótimas opções para um final de semana dos sonhos. A cantina é moderna, as vinhas bem cuidadas e o staff possui uma simpatia apaixonante.

5) As cinco melhores vinícolas de Chianti: CASTELLO DI AMA

Castello di AmaQuer degustar um Chianti esplendido e um castelo? Pois então você acaba de encontrar o seu destino! O Castello di Ama é um dos melhores produtores de Chianti da zona e apresenta também um restaurante incrível em sua propriedade. Com uma vista de tirar o fôlego e em uma localização privilegiada, vai te oferecer uma experiência enogastronômica única e inesquecível!

Um pouco da História do Chianti…

O termo Chianti surgiu pela primeira vez num pergaminho de 790, porém, os primeiros registros referentes à vinificação no Chianti aparecem somente em 913 e foram encontrados na igreja de Santa Cristina, em Lucignano. Mas, somente em 1023, a terra daquela área foi concedida para vinhas; a concessão foi feita a um colono que se comprometeu a melhorá-las em Grignano, perto de Florença e torna-la produtiva. Na Idade Média surgiu, então, a vocação do Chianti, que segue a linha de ensinamentos dos monges. Seguindo para o século XII, surgem ali as famílias que tornariam o Chianti o que ele é hoje; das famílias mais famosas podemos citar Ricasoli, em Brolio desde 1141; e os Antinori, que produzem vinho desde 1385. A produção se expandiu e se tornou fonte importante de renda. Por volta da segunda metade do século XIII, surge a Arte dei Vinattieri, a mais importante das Artes Menores, acompanhada pela abertura de tabernas e adegas por toda a região de Chianti.

Normas para regulamentar a produção

Desde 1400 a excelência do Chianti se fez presente e, por isso, houve a necessidade de protegê-lo, especialmente seu nome e sua qualidade; com isso uma das primeiras atitudes foi a proibição pela Lega del Chianti, em 1444, da colheita das uvas antes de 29 de setembro, festa de San Michele. Depois disso foram estabelecidas sanções para quem falsificasse o produto e/ou seu selo. Em 1716, o Grão-Duque Cosimo III emitiu normas para regulamentar a produção, a venda e o nome do Chianti; também foram estabelecidos os limites das áreas de produção.  O decreto estabeleceu regras e controles para a produção de 4 vinhos regionais: Chianti, Pomino, Carmignano e Val d’Arno di Sopra.

Finalmente em 1874 as regras para produção do Chianti foram definidas, mas o protocolo só entrou em vigor, de fato, em 1984. Até esse ano o Chianti era composto por 70% de Sangiovese, 15% de Canaiolo, Trebbiano e Malvasia e os 5% restantes de outras variedades de uvas (podendo ser Mammolo ou Colorino). A composição rendeu a Chianti a primeira medalha de ouro na exposição internacional de Paris. Saiba aqui tudo sobre os tipos de vinhos italianos! e Como transportar vinhos da Itália para o Brasil?

Curiosidade

No dia 4 de maio de 1924, 33 produtores da região fundaram o consórcio do Chianti chamado de Gallo Nero. O objetivo era proteger e limitar a zona de produção do vinho.

Bom Saber…

Você sabia que diversas vinícolas oferecem pacotes especiais aos visitantes que podem participar desse verdadeiro ritual que é a colheita da uva? Se quiser saber mais e quando acontece a colheita, você pode ler nosso post especial: Qual é o melhor período para visitar as vinícolas na Itália?

Procurando uma mala especial para transportar os vinhos?

A empresa responsável por estes produtos únicos é a Lazenne e eles entregam em qualquer hotel da Europa. Inclusive você poderá pagar com cartão de crédito, e em Reais! Ficou curioso? Então clique no banner abaixo sem compromisso e conheça todos os acessórios. Você vai se encantar!

lazenne_468x60


Assista esse vídeo e saiba: Roteiro de 07 dias na Toscana. Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

As cinco melhores vinícolas de Chianti – A zona do Chianti é, sem dúvida, uma região muito especial para os amantes de vinho. Mesmo que você opte por visitar uma vinícola que não tenhamos listado acima, tenha uma certeza: você não vai se arrepender, pode ter certeza!

Está inseguro para viajar?

E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!