Por que conhecer o museu arqueológico de Nápoles?

É um dos museus mais importantes da cidade de Nápoles, e possui um dos patrimônios mais ricos e mais preciosos de obras de arte e artefatos de interesse arqueológico na Itália.

2 4.496

Por que conhecer o museu arqueológico de Nápoles?

É um dos museus mais importantes da cidade de Nápoles, e possui um dos patrimônios mais ricos e mais preciosos de obras de arte e artefatos de interesse arqueológico na Itália; é considerado um dos mais importantes museus arqueológicos do mundo, se não o mais importante ao que se diz respeito à história da era romana. Vamos ao nosso post de hoje: Por que conhecer o museu arqueológico de Nápoles? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!

Nossa Introdução

O museu contém uma grande coleção de artefatos romanos de Pompéia, Stabia e Herculano. Cada amostra é colocada na seção temática correta, que data da pré-história à antiguidade tardia. A coleção inclui obras da mais alta qualidade produzidas pelos gregos, romanos e era renascentista. Leia também Como ir a Nápoles a partir de Roma? e O que fazer me Nápoles em um dia?

1) Por que conhecer o museu arqueológico de Nápoles? A CONSTRUÇÃO

A construção do museu tem uma grande importância arquitetônica, sendo um dos palácios mais impressionantes de Nápoles, localizado no local na antiga necrópole da Neapolis grega, a necrópole de Santa Teresa. O edifício que hoje abriga o museu é a construção do Museu Real, erguido em 1585 como ‘o quartel de cavalaria’. Das primitivas instalações possui, hoje, apenas o portão oeste na Via Santa Teresa, e foi construído pelo arquiteto Casale, por ordem do vice-rei da Espanha, Don Pedro Giron, em 1585.

A estrutura foi então transformada, entre 1610 e 1615, pelo arquiteto Giulio Cesare Fontana, também a fim de transferir para lá os estudos da antiga Universidade. Finalizaram a obra arquitetos do século XVIII, Ferdinando Fuga e depois Pompeu Schiantarelli, que ampliou o antigo Palácio dos Estudos para converter em um museu universal, de acordo com o modelo cultural enciclopédico em vigor naquele tempo. Nos últimos anos, o palácio perdeu quase todas as suas decorações esculturais, e criou outro andar, tomou o aspecto mais compacto e imponente, mas ainda muito característico.

2) Por que conhecer o museu arqueológico de Nápoles? AS COLEÇÕES

Nesse museu estão preservados extraordinários artefatos importantes que se dividem em três grupos principais que são: a coleção Farnese, a coleção de Pompéia e os achados de escavações.

A Coleção Farnese

A Coleção Farnese, é uma das maiores coleções de esculturas antigas do mundo, mérito de Alessandro Farnese, melhor conhecido como Papa Paulo III. Essa coleção foi formada no século XVI, por meio da compra e confisco de coleções aristocráticas, doações e, especialmente, com os resultados das escavações promovidas pela família Farnese, em Roma. Caminhando pelos longos corredores do museu você vai ser ‘sequestrado’ pela majestade das imponentes estátuas de Hércules, de Apolo, sentado com sua lira e de Dionísio, representado como uma divindade oriental, com uma barba e um longo roupão. Todos esses deuses se opõem a retratos mitológicos, vasos e esculturas de animais.

Outra peça que vale a pena ver é o Atlas de Farnese, na sala Meridiana. A estátua retrata o Titã Atlas suportando o mundo em seus ombros, no qual estão representadas quarenta constelações. O Atlas, de Farnese é a representação mais antiga das constelações. Não há outros monumentos figurativos que testemunham a iconografia da esfera celeste, uma vez que foi considerado na cultura astronômica grego-helenística.

A Coleção Pompeiana

A Coleção Pompeiana, no entanto, é dedicada aos artefatos encontrados durante as escavações de Pompéia, Herculano e Stabia; existem afrescos, mosaicos, utensílios de cozinha, panelas, arsenais, marfins e cerâmicas. Cada quarto é um pedaço da história para traçar as paredes dessas cidades destruídas. Entre essas obras está o grande mosaico retratando a batalha de Issus de Alexandre, o Grande contra Darius e a Casa do Fauno, nomeado pela descoberta de uma estátua de bronze do ‘Fauno Dançarino’. No andar do meio, subindo a escada do lado esquerdo, você pode admirar o ‘Gabinete Secreto’, onde estão reunidos vários artefatos com tema erótico ou sexual que foram descobertos durante as escavações de Pompéia e Herculano, no final da seção Mosaicos. De extraordinária beleza é também o Modelo de Pompéia, localizado em um grande espaço entre os Vidros e o Templo de Isis, onde ele retrata a cidade submersa em todos os seus detalhes. Leia também Como conhecer Pompéia em um dia?

Outras Coleções

Entre outras coleções se destaca a Coleção Egípcia, a terceira em importância na Itália, depois do Museu do Vaticano e do Museu Egípcio de Turim. A Coleção Egípcia do Museu Arqueológico de Nápoles é a mais antiga. Localizada no subsolo, é reconhecível graças ao extremo de uma escultura egípcia na entrada, representando um funcionário ajoelhado que mantém um pequeno templo em honra de um deus.

É talvez a coleção mais macabra pela exposição de múmias, sarcófagos, motivos fúnebres, estátuas votivas, moldes, obeliscos faraônicos e romanos. Já que você está visitando esse importante museu, você não deve esquecer-se de ver, a Coleção Epigráfica que representa uma das mais importantes coleções epigráficas do mundo; é uma coleção dedicada a textos escritos em grego, em dialetos latinos e itálicos. Você também pode ver a Coleção Numismática, que recolhe as primeiras moedas feitas na Grécia Antiga até as do Reino das Duas Sicílias, que foram recebidas no Museu através da aquisição de coleções particulares, como a de Farnese, Borgia e Santangelo, e as escavações realizadas em comum no Vesúvio e no sul da Itália.

Sala Meridiana

A visita ao museu dura cerca de três horas. Quando tiver terminado de visitar as coleções, não perca a Sala Meridiana, um dos espaços arquitetônicos mais imponentes da cidade de Nápoles. Ele foi usado para abrigar a ‘Biblioteca Pública’ quando o palácio foi sede da Universidade de Nápoles. Muito interessante é o teto decorado por Pietro Bardellino onde se aumenta o trabalho de dois soberanos, Fernando IV de Bourbon e Maria Carolina da Áustria, a favor da cultura.

Informações Úteis

  • Horários: O museu fica aberto todos os dias, das 09h00 às 19h30, o dia de fechamento semanal é Terça-feira.
  • Endereço: Piazza Museo Nazionale 1980135, Nápoles, Itália
  • Valor: Custa em torno de 15 Euros aproximadamente (valor sujeito a alterações).
  • Site Oficial: museoarcheologiconazionale

Vai se hospedar em Nápoles? Então siga nossas dicas exclusivas de Hotéis!!!

Aqui você encontrará gratuitamente indicações de hospedagem para não cair numa furada e não ficar em uma zona distante das atrações na Itália!

A seguir, não deixe de ler nossas dicas e conselhos sobre os bairros de Nápoles e onde se hospedar. Aqui você encontrará o melhor bairro e o tipo de hospedagem que mais se encaixa no perfil de sua viagem;)

Saiba que reservando dentro do nosso blog através da Booking.com você estará colaborando a manter nosso site e você não pagará nada a mais por isso, pois o serviço de reserva é GRATUITO. Ou seja, sem taxas de reservas ou administrativas, e as reservas podem ser canceladas Gratuitamente.

Hospedagens que aconselho no Centro Histórico

O Centro Histórico, entre outras coisas, oferece uma grande variedade de acomodações, desde os hotéis mais elegantes localizados em prédios históricos até os mais acessíveis. Além de hotéis existem outros tipos de alojamento, como charmosas pousadas, os famosos B&Bs.

As opções de apartamentos e B&B que aconselho com ótimo custo benefício são:
As opções de Hotéis que aconselho com ótimo custo benefício são:

Hospedagens que aconselho no Calçadão de Nápoles

Outra área perfeita para parar e dormir é o Calçadão de Nápoles.Uma das áreas mais amadas, não só pelos turistas, mas também pelos próprios napolitanos. O Calçadão, chamado de Lungomare, é um dos melhores lugares para dar às suas férias um toque mágico e emocionante.  Os hotéis nesta área são particularmente luxuosos e bonitos, também porque oferecem quartos com vistas panorâmicas e serviços exclusivos, naturalmente a preços bastante elevados. Como é uma área predominantemente de pedestres, você não será perturbado pelo tráfego e pelo barulho.

As opções de apartamentos e B&B que aconselho com ótimo custo beneficio são:
As opções de Hotéis que aconselho com ótimo custo benefício são:

Hospedagens que aconselho no Chiaia

Chiaia não é um bairro cheio de atrações, mas é agradável passear pelas suas ruas requintadas, onde existem boutiques, restaurantes e cafés de classe, pequenos hotéis de luxo e B&B localizados em suntuosas mansões. Os valores dos lugares nesta área são muito mais elevados do que as do centro histórico, mas por outro lado você está perto de tudo em uma área segura e elegante.

As opções de apartamentos e B&B que aconselho com ótimo custo beneficio são:
As opções de Hotéis que aconselho com ótimo custo benefício são:

Hospedagens que aconselho no Posillipo e Vomero

Se você quiser desfrutar do espetáculo natural oferecido pelo Golfo de Nápoles, então o lugar certo para ficar é entre as colinas que hospedam os bairros de Posillipo e Vomero, as áreas mais evocativas da cidade. Bem conhecido e famoso por todos, hoje eles se tornaram particularmente populares também como lugares ótimos para se hospedar. São lugares cheios de romance, onde é agradável passear pelas pequenas ruas e descobrir vilas cercadas por vegetação, lojas de artesanato e muitos mercados que povoam esses bairros.

As opções de apartamentos e B&B que aconselho com ótimo custo beneficio são:
As opções de Hotéis que aconselho com ótimo custo benefício são:

Assista esse vídeo e saiba: Como pegar um trem na Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Por que conhecer o museu arqueológico de Nápoles? A conclusão desse texto é que você precisa visitar o museu, caso ainda não tenho ido, o mais rápido possível, porque vai ser uma emoção que permanecerá em suas memórias para sempre.

Se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


para sua viagem perfeita!

CONSULTORIA

Guias 100% customizados e dentro de seu orçamento!

Planejamento de Viagem

MINICURSO

Apenas para inscritos em nossa newsletter!

 

Aproveite melhor suas férias! Aprenda a planejar com segurança e eficiência sua viagem pela Itália. Curso grátis!