O que fazer em um dia em Urbino em Marche?

Urbino é uma cidade das cidades mais culturais da Itália e fica na província de Pesaro, na região de Marche. Hoje vamos conhecer um dos centros do Renascimento italiano em um dia. Vamos para Urbino?

0 5

O que fazer em um dia em Urbino em Marche?

Elegantemente situada nas colinas do Marche, encontramos a belíssima Urbino, uma joia do Renascimento italiano. A cidade é um concentrado de arte, cultura e história, e encanta até mesmo os turistas mais exigentes. Vamos ao nosso post do dia: O que fazer em um dia em Urbino em Marche? Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!


Assista a esse belíssimo vídeo de Urbino, em Marche!

(Fonte: Andrea Balducci)


Nossa Introdução

Hoje vamos para a região de Marche (Marcas). É uma região pouco conhecida pelo grande público turístico, mas abriga cidades realmente especiais, como Urbino. Urbino foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1998, e nos oferece mil cenários, que vão da Idade Média até o Renascimento. A cidade possui cerca de 14.800 habitantes e se distribui em uma área de 228 km². Urbino é também a terra natal de alguns famosos nomes italianos, que vão desde Raffaello, famoso pintor Renascentista, até Valentino Rossi, piloto da MotoGP. Hoje te levo para descobrir uma cidade mágica, poética e que vai conquistar seu coração! Prontos? Vamos lá!

1) O que fazer em um dia em Urbino em Marche? VISITE O PALAZZO DUCALE

Imperdível, claro, é o Palazzo Ducale. O nome de Palácio, para sermos sinceros, não se ‘encaixa’ com perfeição nesse verdadeiro forte. Estamos falando de, praticamente, uma pequena cidade dentro de outra. O local foi construído a pedido de Federico da Montefeltro e começou a ser construído a partir de 1444. Federico desejava que o Palácio Ducal de Urbino superasse, em beleza, todas as outras residências reais da Itália. Evidente que seu desejo não era somente uma maneira de expor ao mundo todo seu poder, ele queria também que a cidade fosse reconhecida como a ‘cidade perfeita’, impenetrável, intransponível e, para isso, precisaria de um forte realmente majestoso: e assim foi feito! Além do mais, Federico era apaixonado por arte e queria receber os artistas na cidade para que eles pudessem trabalhar sem distrações. Leia também: Mapa da Itália: melhores roteiros e cidades na Itália – Viajando Para Itália.

Um pouco mais sobre o Palazzo Ducale

A construção do local reuniu diversos arquitetos e demorou mais de 30 anos. As intervenções mais famosas, sem dúvida, as realizadas pelas mãos de Maso di Bartolomeo, que realizou o Palazzetto della Jole, o apartamento dos Melaranci e uma parte do pátio; Luciano Laurana, que foi o responsável pelo pátio com arcadas, a Grande Escadaria, a Biblioteca, a Sala degli Angeli, a Sala delle Adienze, o Soprallogge, e área de estudos; e Francesco di Giorgio Martini que completou os trabalhos pendentes com maestria. As duas mais belas heranças desta obra de arte é, sem dúvida, a Facciata dei Torricini e Lo studiolo, que é definido como um “baú de beleza, requinte, perspectiva.”

A Galeria Nacional de Marche

Atualmente o Palazzo Ducale abriga a Galeria Nacional de Marche com obras de Rafael, Ticiano e Piero della Francesca. O Museu utiliza 80 salas do Palácio Ducal para abrigar as obras de arte de uma coleção que ‘passeia’ entre os anos 1300 a 1600. As obras são predominantemente pinturas, mas você também pode ver móveis, esculturas, tapeçarias e desenhos. As principais atrações ficam no primeiro andar, e estão organizadas nas salas onde o duque e sua família viviam. Em uma das salas, podemos admirar duas obras-primas de Piero della Francesca: a Flagelação de Cristo e a Madonna de Senigallia. Impressionantes!

2) O que fazer em um dia em Urbino em Marche? VISITE O STUDIOLO DEL DUCA

Siga depois para o Studiolo del Duca e suas salas de recepção onde se exibem a “Cidade Ideal”, a Comunhão dos Apóstolos de Giusto de Gante e a Profanação da Hóstia de Paolo Uccello. Claro que não poderia faltar uma obra de Rafaello que, no caso, é o Retrato de uma Senhora, que fica ao lado da obra Ressurreição, de Ticiano e da Última Ceia. Já no segundo andar encontramos as obras dos séculos XVI e XVII, de artistas como Barocci, Gentileschi, Guerrieri. O ingresso para visitar o local custa 8 euros e, caso queira acessar a Rocca di Gradara, paga-se 12 euros. Você pode comprar o ingresso online clicando clicando aqui!

3) O que fazer em um dia em Urbino em Marche? VISITE A CASA DI RAFFAELLO

Já que estamos na cidade natal de Raffaello, claro, não podemos deixar de citar A Casa di Raffaello, Situada no bairro dos artesãos. Raffaello nasceu aqui no dia 28 de março de 1483 e passou sua infância na oficina de seu pai, um artista da corte de Federico da Montefeltro. Leia também nosso Post Especial Como Planejar uma Viagem para a Itália?

Um pouco mais sobre a Casa di Raffaello

O local foi comprado pela Academia Raffaello, em 1873, e desde então já reuniu diversas obras relacionadas com a vida do artista. No térreo você pode visitar a oficina de seu pai, Giovanni Santi, que hoje usada para exposições temporárias; no primeiro andar há algumas réplicas de pinturas de Raffaello e pequenas homenagens de outros artistas ao grande pintor de Urbino. Quando chegamos ao “Quarto de Rafael”, podemos observar um afresco que representa a “Madona com o Menino”, considerada uma obra ‘juvenil’, que foi realizada pelo artista com seu pai. No primeiro andar também há um pequeno pátio onde fica um poço e um lavatório.

4) O que fazer em um dia em Urbino em Marche? VISITE O ORATÓRIO DE SAN GIOVANNI

Outro ponto turístico imperdível é Oratório de San Giovanni, com sua simples, mas elegante fachada gótica de 1900. Uma vez ali é impossível não se surpreender com a impressionante obra “Crucificação”, que recobre toda a parede da abside. Ali também, nossos olhos são atraídos para as três cruzes, com Jesus no centro e os dois ladrões ao lado; os detalhes são incríveis e quanto mais olhamos a imagem, mas entendemos a Paixão de Cristo. A expressão de Jesus é algo que nos passa todo o desespero da cena e, mesmo que sem intenção, nos transporta para ‘dentro’ da pintura.

Um pouco mais sobre o Oratório de San Giovanni

O oratório foi batizado em homenagem ao nome dos afrescos da parede direita, que tanto nas ordens superior e inferior, ilustram a vida de São João Batista. Na parede esquerda encontramos também Nossa Senhora da Humildade pintada de forma esplendorosa. Saindo dali, na mesma rua, você também pode visitar outro oratório: o Oratório de San Giuseppe. Neste local você pode ver o lindo presépio em estuque datado de 1560 e realizado em tamanho natural; este é considerado o presépio mais antigo do mundo. Já a igreja do Oratório possui uma única nave e foi realizado em uma planta retangular. As paredes, a abside e a abóbada apresentam afrescos com pinturas de Carlo Roncelli e tudo ali é, realmente, muito belo. O ingresso custa 5 euros para os dois oratórios ou 3 euros para visitar somente um deles.

5) O que fazer em um dia em Urbino em Marche? VISITE O DUOMO DI URBINO

Evidente que falar de qualquer cidade italiana sem citar seu Duomo é praticamente um crime, por isso, não deixe de visitar o Duomo di Urbino, mesmo que somente vê-lo do lado de fora (já explico o motivo). Essa é a igreja mais importante da cidade, claro, mas devo dizer que talvez não seja a mais bonita. O Duomo está passando por uma enorme restauração há anos, mas as obras parecem ser infinitas. Era para ter terminado em 2018, mas não foi o que aconteceu. Aliás, não é de hoje que o Duomo ‘sofre’: a primeira construção do local data de 1021, mas logo em seguida passou por diversas reformas. Após o terremoto de 12 de janeiro de 1789, o romano Giuseppe Valadier foi encarregado da reconstrução da atual catedral em estilo neoclássico.

As pinturas de Federico Barocci

Dentro da igreja há duas belas pinturas de Federico Barocci: o Martírio de São Sebastião e a Última Ceia. A parte mais interessante da Catedral, porém, são suas grutas que ao longo dos séculos acolheram uma confraria. No período da Segunda Guerra Mundial, para se proteger das bombas, os soldados se abrigavam nas cavernas cavadas ali; nas cavernas você encontra várias capelas, além do chamado ‘Corredor do Perdão’ que, de acordo com uma antiga tradição de Urbino, era o caminho feito pelos peregrinos pedindo perdão por seus pecados durante a segunda-feira de Páscoa. Dali aproveite para fazer uma caminhada pelo centro histórico da cidade que é muito charmoso.

Um pouco mais sobre Urbino….

Impossível não citar também as Rampas helicoidais. Urbino é, essencialmente, uma cidade vertical e íngreme com ruas estreitas. Em 1400 era ideal para preparar emboscadas para ataques e, por isso, Federico da Montefeltro ordenou a construção de um bastião aos pés do Torricini di Palazzo Ducale, e, assim, colocou ali as famosas rampas helicoidais. Graças a este admirável trabalho de engenharia, o duque conseguia chegar aos estábulos ducais diretamente do palácio, mas, em 1800, foi erguido ali o Teatro Raffaello Sanzio que não foi muito bem aceito, pois apresenta uma arquitetura que ‘destona’ do resto da cidade. No entanto, isso não alterou as rampas, que foram restauradas na década de 70 e, hoje, as Rampas são uma elegante passagem para quem desejar chegar e sair do centro histórico.

Curiosidade…

Bem em frente à entrada do teatro, você encontra uma parede meio curvada. Se você se posicionar nas duas pontas da parede e falar bem baixo, a pessoa do outro lado consegue te ouvir! A parede não foi feita com esse propósito, mas vale a ‘brincadeira’ e isso foi descobertos pelas ‘fofoqueiras’ que descobriram o ‘fenômeno’ sem querer.

BÔNUS – Visite Gradara

Uma vez em Urbino, faça uma visita em Gradara. Para os fãs da ‘Divina Comédia’, de Dante, Gradara tem um grande significado. A história de Paolo e Francesca se passa no castelo dessa vila medieval. Conta a história que eles se tornaram amantes e encontraram a morte nas mãos de Gianciotto Malatesta. Dante escreve a história evidenciando a luxúria, mas causa no leitor uma espécie de dó e compreensão por um amor cheio de verdade e beleza. Para além da história dos amantes, Gradara merece uma visita porque é uma vila incrivelmente preservada, cheia de belezas e tranquilidade. Se estiver em Urbino, inclua Gradara no seu roteiro, você não vai se arrepender. Leia também: o que visitar na Itália em 7 dias?


Assista esse vídeo em nosso Canal no YouTube e saiba como funciona minha Consultoria de Viagem para Itália!


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

O que fazer em um dia em Urbino em Marche? Apesar de pouco conhecida pelos brasileiros, Urbino é uma cidade que merece atenção. Se você estiver ali perto, não deixe visitar essa cidade cheia de charmosa, que nos recebe tão bem e se apresenta de maneira tão simpática aos seus visitantes!

Está inseguro para viajar?

Se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem:)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!