Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?

A seguir, listamos as 10 atrações mais importantes dessa fascinante cidade da Toscana. Fique com a gente e monte aqui o seu Roteiro para Florença!

0 18.869

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?

Florença pode ser tranquilamente considerada o coração da Toscana, além de “berço da arte e da arquitetura italiana”, principalmente do período renascentista. Florença é indiscutivelmente a cidade toscana mais famosa do mundo. A cada ano, milhões de pessoas vão ao “berço da Renascença” visitar os principais museus da cidade, passear pelas suas ruas, observando os monumentos, as igrejas, os palácios e os lugares de maior interesse. Portanto entender quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença não é tão simples, mas vou tentar te orientar:) Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos!!! Conheça também nossa Seção Exemplos de Roteiros Turísticos na Itália!

Se você acha que tem muito para conhecer da Itália e não quer pensar em muitos detalhes para organizar essa viagem, leia após as Conclusões: “E agora quem poderá me AJUDAR?”

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?

Nossa Introdução

Esta cidade sem dúvidas há muito que oferecer, quem é fã de arquitetura e estiver em Florença não pode deixar de passear pelas ruas do centro e observar as lindas praças e os edifícios históricos da cidade. Tudo isso graças a alguns dos mais importantes artistas do passado, como Michelozzo, Andrea di Cambio, Brunelleschi e Michelangelo – que contribuíram para que Florença fosse tão rica em maravilhas artísticas. Mas quais são os 10 principais monumentos para se ver na bela cidade de Florença? A seguir, listamos as dez atrações mais importantes dessa cidade da Toscana. Conheça também nosso Post Os 20 monumentos turísticos mais visitados da Itália?

1) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? PRAÇA MICHELANGELO

Iniciemos pelo terraço de Florença: a Praça Michelangelo. Este grande mirante oferece uma vista de perder o fôlego de toda Florença e seus monumentos. Projetada pelo arquiteto florentino Giuseppe Poggi, a Praça Michelangelo tem um lindo panorama da cidade e do rio Arno, é com certeza parada obrigatória tanto para os turistas quanto para os moradores locais. Leia aqui “Como comprar ingressos para os principais monumentos na Itália?

Homenagem a Michelangelo

Poggi construiu a praça como um monumento em homenagem a Michelangelo e suas obras, que deveriam ser expostas aqui – tanto o “David” quanto às esculturas de Lourenço II de Médici. O edifício nunca chegou a ser um museu, hoje abriga um famoso restaurante panorâmico. Agora, a praça é lotada de turistas, de banquinhas e há uma grande réplica em bronze do “David” de Michelangelo. É possível acessar a praça com as linhas de ônibus nº 12 e nº 13 vindo do centro, ou então com o ônibus turístico (aquele de dois andares). Uma alternativa também é seguir a pé, subindo a grande escadaria da Praça Poggi, logo abaixo da Praça Michelangelo. Vamos conhecer a Enogastronomia Toscana?

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Euzinha em Piazzale Michelangelo em Florença

Assista esse vídeo e saiba: Quais são os bilhetes que preciso comprar com antecedência na Itália? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


2) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? PRAÇA SENHORIA

Outro monumento importante de Florença é a Praça da Senhoria, que é o coração da cidade. É daqui que é possível acessar os principais museus, a Ponte Velha e as maiores basílicas de Florença. É a praça mais importante da cidade, centro da vida pública florentina. Ao redor da praça estão também os palácios mais importantes, como o Palácio Velho – atualmente sede da Prefeitura Municipal. Antigamente, era residência da família Médici. Dentre os monumentos que embelezam a praça, os dois mais importantes são sem dúvidas: a Fonte de Netuno (conhecida também como “Biancone” – branquela – pela sua cor) e a famosa estátua de “David”, de Michelangelo (essa é apenas uma réplica, a original se encontra na Galeria da Academia).

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Palazzo Vecchio em Florença

3) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? GALERIA DOS OFÍCIOS E ACADEMIA

E o que dizer da Galeria dos Ofícios? Uma das mais importantes galerias de arte da Itália e do mundo, com um acervo de valor inestimável como: “A Primavera”, de Botticelli; “A Medusa”, de Caravaggio e “A Anunciação”, de Leonardo – um passeio ímpar entre os mestres da história da arte. As demais salas estão organizadas cronologicamente e também com base na proveniência das obras (algumas vindas de regiões italianas e outras de vários estados europeus).

Galeria dos Ofícios

Além de fascinante, todo o percurso da coleção tem um enorme apelo educacional. Se não tiver tanto tempo disponível em meio a tanta grandeza artística, você precisa pelo menos dar uma atenção a mais a algumas obras imperdíveis. A exposição na Galeria dos Ofícios é sem dúvidas muito vasta, com uma rota visual que passa por vários séculos de história. Uma galeria sem igual, que convoca visitantes do mundo inteiro. Saiba mais sobre a Galeria dos Ofícios, clicando aqui!

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Galeria dos Oficios em Florença

Assista esse vídeo e saiba: Como comprar o bilhete da Galeria dos Ofícios em Florença? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


Galleria dell’Accademia

Fundada na segunda metade do século XVIII como uma Academia de Belas Artes, onde as obras que pertenciam a algumas igrejas que foram desconsagradas juntamente com uma parte da coleção privada da família Médici e dos Lorenas (família que governou Florença após a morte do último Grão-Duque Mediceo) serviam como modelos para os novos artistas, estudantes de Belas Artes estudassem e copiassem e assim aprendiam com os grandes artistas do passado. Saiba mais sobre a Galeria da Academia, clicando aqui!

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Galeria da Academia

4) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? PALÁCIO PITTI

Agora iremos visitar o Palácio Pitti, inconfundível obra-prima do Renascimento florentino, em relação à sua estrutura (como os Jardins de Bóboli, a Gruta de Moisés, a Fonte da Alcachofra, o Teatro Rondò de Baco, a Fonte do Leão e a maravilhosa Praça Pitti), formando um acervo sem igual. Na verdade, são inúmeros os espaços expositivos no interior do palácio, cada um deles oferece um percurso extraordinário entre as obras-primas de todas as épocas: os Apartamentos Reais, a Galeria Palatina, a Sala dos Trajes, o Museu da Prata, o Museu da Porcelana e o Museu dos Coches.  Saiba aqui “Quantos dias eu preciso para conhecer a Itália?“.

Sobre o Palácio

Os Apartamentos Reais são compostos por 14 (quatorze) quartos que faziam parte da residência da família Médici. Com o tempo, a decoração foi alterada conforme os inquilinos que passaram pelo palácio, como os grão-duques de Asburgo-Lorena e a família Saboia, no breve período em que Florença era Capital da Itália.

A Galeria Palatina

A Galeria Palatina, centrada principalmente nos séculos XVI e XVII, é a galeria dos retratos dos grão-duques e está entre as mais importantes pinacotecas da Itália. Além disso, é provavelmente o museu mais visitado do Palácio Pitti e peça central de todo o acervo. A Galeria Palatina abriga alguns dos mais belos salões no Piso Nobre do palácio, com as paredes quase que completamente cobertas por obras extraordinárias do Renascentismo, do Maneirismo e do Barroco.

A Galeria Palatina, localizada à esquerda do palácio, foi criada entre o fim do século XVIII e início do século XIX pela família Lorena, que colocou nas salas de reuniões as obras-primas provenientes principalmente das coleções dos Médici, até hoje dispostos em vários ambientes. Trata-se de um acervo extraordinário que inclui obras de Raffaello, Tiziano, Caravaggio, Rubens, Pietro da Cortona e de outros grandes mestres.

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Palazzo Pitti em Florença

5) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? CATEDRAL DE FLORENÇA

Agora passamos a visitar outra obra-prima florentina: o Domo de Florença, ou seja, a catedral de Nossa Senhora das Flores, assim consagrada em março de 1436. O destaque deste monumento é a cúpula de Brunelleschi. A catedral está localizada na praça homônima e é o cartão-postal da cidade, além de ser um dos símbolos da Itália.

Sobre a Catedral

A igreja tem um projeto arquitetônico peculiar, composto por uma planta típica de basílica em três naves que dão para uma enorme rotunda tricônica e sustentam a imensa Cúpula de Brunelleschi (de 1436, a maior abóboda de alvenaria já construída). Dentro da cúpula é possível observar a grande superfície decorada com afrescos de 1572-1579, com autoria de Giorgio Vasari e Federico Zuccari. A catedral foi iniciada por Arnolfo di Cambio e começou a ser feita em 1296, com a sua morte, o projeto foi repassado a Giotto, que se dedicou em especial à Torre do Sino, toda colorida, ponto panorâmico da cidade. Saiba mais sobre a Catedral de Florença, clicando aqui!

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Catedral de Santa Maria em Florença

6) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? PONTE VELHA

Vejamos agora um dos símbolos de Florença: a Ponte Velha, que atravessa o rio Arno. Primeira e única ponte construída durante a época romana, por volta da metade do século I a.C., a Ponte Velha é um dos símbolos de Florença. É a única ponte que saiu ilesa dos bombardeiros alemães durante a retirada em 1944 na Segunda Guerra Mundial. Hoje é atração para os turistas do mundo inteiro; um lugar ideal para caminhar e observar as joalherias que ficam em cima da ponte. Não dá para perder uma parte tão característica de Florença como esta.

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Euzinha na Ponte Velha em Florença

7) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? BASÍLICA DA SANTA CRUZ

Após o passeio sobre o rio Arno, vamos para Basílica da Santa Cruz, outro maravilhoso exemplo do movimento gótico italiano. Aqui estão enterrados gênios de calibre como Galileo Galilei, Michelangelo, Ugo Foscolo, Vittorio Alfieri e Gioacchino Rossini.

Sobre a Basília de Santa Cruz

A Basílica de Santa Cruz, fundada em 1294 sob o projeto do grande arquiteto Arnolfo di Cambio, é uma das basílicas franciscanas mais antigas e grandiosas, é a máxima expressão do movimento gótico italiano. Ao lado da igreja, há um mosteiro com dois conventos, o noviciado, um refeitório e a sala capitular conhecida como Capela Pazzi. Em 1966, com a grande enchente, a igreja sofreu perdas significativas em relação a seu acervo artístico, dentre eles o Crucifixo de Cimabue. Mais tarde, a igreja passou por uma restauração completa e seu esplendor original foi retomado, tornando-se símbolo do ressurgimento da cidade de Florença.

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Basílica Santa Croce em Florença

8) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? BASÍLICA DE NOSSA SENHORA DA BOA NOVA

A Basílica de Nossa Senhora da Boa Nova (Basilica di Santa Maria Novella) é uma das igrejas mais importantes de Florença e está localizada na Praça Homônima. Nossa Senhora da Boa Nova era para Florença o ponto de referência para outra ordem mendicante: a dos dominicanos. Em termos de arquitetura, é uma das igrejas mais importantes em estilo gótico na Toscana. A fachada é obra do Frei Jacopo Talenti e de Leon Battista Alberti.

Sobre a Basílica

A basílica abriga em seu interior obras-primas extraordinárias, dentre elas: “A Santíssima Trindade”, de Masaccio (uma das primeiras obras a mostrar a técnica da perspectiva); os afrescos de Ghirlandaio na Capela Tornabuoni; o Crucifixo de Giotto; a Cruz de madeira de Brunelleschi (feita entre 1410-15, uma competição com seu amigo Donatello) e a “Natividade Mística”, uma das primeiras obras de Sandro Botticelli. Em seu interior, a basílica aparenta ser espaçosa graças à utilização dos arcos coloridos no centro da planta. O projeto é atribuído a Brunelleschi (o mesmo arquiteto da Cúpula da Catedral).

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Basílica de Santa Maria Novella em Florença

9) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? IGREJA DE SÃO LOURENÇO

Outro monumento que não dá para perder é a igreja de São Lourenço, a mais antiga de Florença. A igreja foi consagrada em 393 por Santo Ambrósio e dedicada ao mártir Lourenço. Pouco se conservou da sua construção original. Na verdade, a igreja de São Lourenço foi reconstruída duas vezes, uma em 1059 (em estilo romântico) e a segunda graças à contribuição da família Médici – que queria ter uma igreja particular conforme o projeto de Brunelleschi (executada entre 1418 e 1421), que após sua morte foi finalizada por Antonio Manetti em 1461. A última reestruturação, a qual podemos observar agora, é considerada uma das melhores construções da Renascença. A fachada permanece inacabada (embora existisse um projeto de Michelangelo que nunca foi colocado em prática).

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Igreja de San Loreno em Florença

10) Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença? CAPELA DOS MÉDICI

O décimo monumento que vamos visitar é a Capela dos Médici, que faz parte do complexo monumental de São Lourenço. O projeto para a realização da tumba da família teve início em 1520, quando Michelangelo começou a trabalhar na Sacristia Nova, partindo da planta original de Brunelleschi. Foi o Cardeal Giulio de Médici (futuro Papa Clemente VII) quem mandou construir um mausoléu para proporcionar um enterro apropriado para alguns membros de sua família: Lourenço, o Magnífico e seu irmão Lourenço, Duque de Urbino.

Sobre a Capela

A estrutura foi finalizada em 1524, caracterizada pelas paredes brancas e os detalhes em pedras claras (conforme os projetos de Brunelleschi). Entrando pela parte posterior da igreja de São Lourenço, as capelas estão separadas em três elementos distintos: a Cripta, a Capela dos Príncipes e a Sacristia Nova. Na cripta, estão enterrados os membros menos ilustres da família Médici. A Capela dos Príncipes possui uma grande cúpula projetada por Buontalenti (que teve início em 1604, mas finalizada apenas no século XX). Aqui estão enterrados seis grão-duques dos Médici. A Sacristia Nova foi realizada por Michelangelo entre o ano de 1520 e 1524 e é testemunha da grandeza dos Médici.

Quais são os 10 pontos turísticos imperdíveis de Florença?
Capela dos Médici

Vai se hospedar em Florença? Então siga nossas dicas exclusivas de Hotéis!!!

Aqui você encontrará gratuitamente indicações de hospedagem para não cair numa furada e não ficar em uma zona distante das atrações na Itália!

A seguir, não deixe de ler nossas dicas e conselhos sobre os bairros de Florença e onde se hospedar. Aqui você encontrará o melhor bairro e o tipo de hospedagem que mais se encaixa no perfil de sua viagem;)

Saiba que reservando dentro do nosso blog através da Booking.com você estará colaborando a manter nosso site e você não pagará nada a mais por isso, pois o serviço de reserva é GRATUITO. Ou seja, sem taxas de reservas ou administrativas, e as reservas podem ser canceladas Gratuitamente.

Hospedagens que aconselho no Centro Histórico

No Centro Histórico, para admirar todas as principais atrações da cidade com muita facilidade. O centro histórico de Florença corresponde à parte mais antiga da cidade e a mais bela. Se você deseja permanecer no verdadeiro coração de Florença, escolha hotéis nas áreas centrais da Piazza Santa Croce, Ponte Vecchio, Catedral, Galeria dos Oficios, etc.

Se quiser algumas indicações de pousadas e apartamentos, tenho algumas opções que aconselho para economizar, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se preferir hotéis, tenho algumas opções que aconselho com ótimo custo benefício, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho em Oltrarno

Sempre ficando bem perto do Centro Histórico, você também pode ficar em Oltrarno,  perto das lojas de artesanato mais características de toda a cidade e muito mais. A área é perfeita para aqueles que querem uma acomodação tranquila e para aqueles que querem respirar a verdadeira atmosfera florentina. E ao mesmo tempo você estará perto do centro de Florença, a uma curta caminhada dos monumentos, praças, igrejas, restaurantes, lojas e museus principais.

Se quiser algumas indicações de pousadas e apartamentos, tenho algumas opções que aconselho para economizar, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se preferir hotéis, tenho algumas opções que aconselho com melhor custo benefício, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho em Santa Maria Novella

Outro bairro interessante para ficar é Santa Maria Novella. Esta é uma área particularmente exclusiva por causa da proximidade da estação (ótimo se você quiser fazer muitos passeios que partem de Florença) e da famosa Igreja de Santa Maria Novella, também a partir daqui os deslocamentos a pé são bem fáceis.

Se quiser algumas indicações de pousadas e apartamentos, tenho algumas opções que aconselho para economizar, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se preferir hotéis, tenho algumas opções que aconselho com melhor custo benefício, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho em Santa Croce

Outro bairro onde você pode ficar é Santa Croce, onde está a igreja homônima. Esta área, situada na parte sudeste do centro histórico, está perto dos monumentos mais interessantes e tem o seu fulcro na igreja de Santa Croce. Entre os Palácios cênicos deste distrito, existem muitos hotéis que podem acomodá-lo para um final de semana maravilhoso em Florença.

Se quiser algumas indicações de pousadas e apartamentos, tenho algumas opções que aconselho para economizar, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se preferir hotéis, tenho algumas opções que aconselho com ótimo custo benefício, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho em Campo di Marte

Outra possibilidade também econômica, onde você pode ficar em Florença, é Campo di Marte; nesta área há vários hotéis bem equipados e a preços acessíveis. É uma zona residencial tranquila e encantadora de Florença, bem ligada ao centro histórico da cidade, através de transportes públicos. Campo di Marte tem sua própria estação ferroviária onde vários trens regionais e de alta velocidade fazem parada, com o qual você pode facilmente chegar às outras cidades toscanas e às principais cidades da Itália. É uma ótima escolha se você estivar com carro.

Se quiser algumas indicações de pousadas e apartamentos, tenho algumas opções que aconselho para economizar, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se preferir hotéis, tenho algumas opções que aconselho com melhor custo benefício, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Hospedagens que aconselho Fora do Centro Histórico

E então, se você decidir respirar um ar menos turístico, uma boa escolha poderia ser ficar em Florença bem fora do centro histórico, onde os preços dos hotéis são mais baratos e é a solução mais conveniente se você vier de carro. Outra possibilidade é querer ficar bem afastado, em alguma cidadezinha próxima, e experimentar o silêncio da maravilhosa paisagem toscana, mas neste caso é necessário ter um carro.

Se quiser algumas indicações de pousadas e apartamentos, tenho algumas opções que aconselho para economizar, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

Se preferir hotéis, tenho algumas opções que aconselho com melhor custo benefício, clique nos links abaixo e conheça cada um. Se gostar da sugestão já faça sua reserva e garanta bons preços;)

GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

Florença é uma das cidades mais famosas da Toscana, e representa no mundo inteiro um destino imperdível quando se vai para a Itália. Considerada o “berço da Renascença”, abriga em seu centro histórico (declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO) um grande acervo de monumentos, museus, palácios e estátuas.

Se mesmo assim você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!


para sua viagem perfeita!

CONSULTORIA

Guias 100% customizados e dentro de seu orçamento!