As cinco melhores vinícolas de Barolo

Um dos vinhos italianos mais famosos e celebrados do mundo é o Barolo. Produzido na região de Piemonte, é um vinho de sabor único e especial. Hoje vamos descobrir quais são as cinco melhores vinícolas de Barolo na Itália.

0 818

As cinco melhores vinícolas de Barolo

O Barolo é um dos vinhos mais celebrados da Itália. É um vinho tinto com Denominação de Origem Controlada e Garantida e é produzido no Piemonte. O Barolo é um dos vinhos mais apreciados pelos enólogos e um dos mais famosos vinhos do mundo. Hoje vamos conhecer as cinco melhores vinícolas de Barolo. Fique com a gente e faça o melhor do país da bota! Aqui no Viajando para Itália você realiza a viagem dos seus sonhos! Conheça também nossa Seção Hospedagens na Itália – Dicas para suas Férias!


Assista a esse belíssimo vídeo!!! Imperdível!

(Fonte: icommultimediatv)


Nossa Introdução

A região de Piemonte é recheada de vinícolas históricas, especiais e únicas, por isso você pode imaginar como foi difícil escolher somente cinco delas para escrevermos este post. Evidente que não seguimos a ordem ‘da melhor para a pior’, pois seríamos injustos, porém escolhemos as vinícolas mais interessantes e algumas das mais visitadas e queridas tanto por turistas quanto por moradores locais. A região possui vinícolas em todas as partes e não é difícil encontrar a que melhor se adaptar às suas necessidades. Durante as degustações, é comum que os enólogos nos ofereçam uma verdadeira aula sobre uvas, vinhos e suas harmonizações; de forma impecável, eles nos oferecem o melhor do mundo dos vinhos com classe, simplicidade e muita simpatia.

Dica

  • Algumas vinícolas não abrem para visitação em alguns meses do ano! Por isso, antes de fazer a visita, sugiro que você faça reserva de horário e confirme antes de visitá-la! Um dos pontos altos das vinícolas é a época da colheita da uva. Diversas vinícolas oferecem pacotes especiais aos visitantes que podem participar desse verdadeiro ritual. Se quiser saber mais e quando acontece a colheita, você pode ler nosso post especial: Qual é o melhor período para visitar as vinícolas na Itália?
  • Lembre-se de confirmar com a vinícola escolhida se a colheita é aberta ao público, pois algumas delas não abrem neste período. Temos outros dois posts muitos especiais pra você também: Barolo e seus vinhos e Quais são os tipos de vinhos italianos?

Atenção!

  • Em hipótese alguma beba e dirija, O.K.?! Caso queira fazer degustação de vinhos, contrate um motorista particular (fale comigo, tenho ótimas indicações!). A sanção para quem dirige após beber na Itália é pesada e se tem algo que funciona por aqui, são as leis. Para saber mais, leia nosso post:Posso beber e dirigir na Itália?

1) As cinco melhores vinícolas de Barolo: G.D. VAJRA

A G.D. Vajra é uma das cantinas mais modernas de Barolo. É uma cantina dedicada a produzir um Barolo da forma mais natural possível, o tornando ainda mais saudável. O código de ética da cantina é seguido à risca e a vinícola é administrada pela mesma família desde a sua fundação. Apesar de produzir outros vinhos, o Barolo é o carro chefe e, evidente, o mais conhecido. É possível visitar a cantina, porém é necessário fazer a reserva via telefone. Para maiores informações, você pode clicar aqui!

2) As cinco melhores vinícolas de Barolo: L´ASTEMIA PENTITA

A L’Astemia Pentita, uma das cantinas mais modernas do Barolo, ela é definida como “uma declaração de amor ao vinho!”. Sua arquitetura é um show à parte e os vinhos produzidos por aqui são muito especiais! Seu nome, em tradução livre a abstêmia arrependida, é uma homenagem à criadora do projeto, Sandra Vezza, que não era uma apreciadora de vinhos e, ao provar o Barolo, caiu de amores e decidiu produzir sua própria bebida. O prédio que abriga a vinícola é impressionante, moderno e de uma beleza única. Para visitar o local é necessário agendar com antecedência e você pode fazer sua reserva clicando aqui!

3) As cinco melhores vinícolas de Barolo: AZIENDA AGRICOLA BREZZA

Outra histórica vinícola na região é a Azienda Agricola Brezza. Em funcionamento desde 1885, a empresa possui apenas 20 vinhas, mas produz um vinho excepcional. Está na quarta geração de administradores e produz seus vinhos de maneira biológica, sempre mantendo um alto nível em todos os seus rótulos. Foi a primeira vinícola a utilizar rolhas de vidro em alguns de seus rótulos, tudo pensando em manter o máximo dos aromas de seus vinhos mais preciosos como o Nebbiolo d’Alba, Barbera d’Alba, Dolcetto d’Alba, Langhe Freisa e Langhe Chardonnay. Fica em uma localização privilegiada e, para agendar sua visita, você pode clicar aqui!

4) As cinco melhores vinícolas de Barolo: ROCCHEVIBERTI

Pensa em um lugar lindíssimo: é esse! A vinícola Roccheviberti está em uma localização privilegiada e é de uma beleza impressionante em Langhe. Os Nebbioli destas colinas são considerados uns dos melhores de toda a região. A vinícola ocupa 4,5 hectares de terras e produz diversas uvas, sendo especializada nas famosas Nebbiolo, Barbera e Dolcetto, todas nativas de Langhe e Piemonte. Os vinhos produzidos aqui são, de fato, excepcionais. Para agendar sua visita, basta clicar aqui!

5) As cinco melhores vinícolas de Barolo: CANTINA FRANCESCO BORGOGNO

A Cantina Francesco Borgogno, está em funcionamento desde 1930, possui cerca de 7 hectares e produzem, em média, 35.000 garrafas de vinho por ano. Todas são produzidas utilizando métodos tradicionais de envelhecimento, utilizando barris de carvalho eslavo até hoje – embora tenham modernizado grande parte da produção. É considerada uma das melhores vinícolas italianas e seus vinhos são de altíssima qualidade. Por ser administrada até hoje pela mesma família, manteve a tradição de ser uma das vinícolas mais clássicas, importantes e famosas do Piemonte.

Um pouco da história do Barolo

A história de Barolo teve início há quase 2500 anos com a população Stazielli, mas não foi no Piemonte, foi na Ligúria. Sua fama, porém, veio em 1751, quando, de acordo com a história, um grupo de diplomatas piemonteses já havia levado o vinho para a região e, depois, enviou algumas garrafas de “Barol” para Londres. O vinho fez sucesso entre os convidados e o futuro presidente dos EUA, Thomas Jefferson, que viajava pela Europa naquela época, citou o sabor único da bebida em um de seus diários: “quase tão doce quanto um Bordeaux e vivaz como o Champagne”; ele descreveu da melhor maneira possível o sabor de um autentico Barolo: nítido ao paladar, doce e espumante.

O nascimento do Barolo moderno

Já o nascimento do Barolo moderno, deu-se em 1830 e seu crédito pode ser atribuído aos marqueses Falletti, ao enólogo francês Louis Oudart e ao conde Camillo Benso di Cavour. A família Falletti era uma família de banqueiros e ao longo dos anos adquiriu diversas e importantes propriedades de terra no Município de Alba, Piemonte. Com a morte de seu pai, Camilo, Giulia comprou as terras da família Felletti e pediu ajuda ao enólogo Louis para que ela pudesse produzir vinhos em suas terras. Loius, por sua vez, aplicou técnicas de produção de grandes vinhos franceses ao vinho produzido pela marquesa e assim começamos a história do Barolo que conhecemos hoje. O vinho se tornou tão renomado que chegou até o rei Carlos Alberto de Savóia. Giulia, gentilmente, enviou 325 carroças de vinhos ao rei, cada uma com um barril de Barolo, uma para cada dia do ano (respeitando os 40 dias da Quaresma) e o rei caiu de amores pela bebida. Na corte de Turim o vinho foi chamado de “vinho dos reis, rei dos vinhos”, tamanho seu sucesso.

O “Decreto dos vinhos típicos”

Em 1909 havia a necessidade de proteger a bebida e, então, o Consórcio Agrícola definiu os limites da produção deste grande vinho. Foi o início de uma imensa expansão e entre as duas Guerras Mundiais, houve um boom de produtores de Barolo. Em 1927 foi publicado no Diário da República o “Decreto dos vinhos típicos”, que delimitou oficialmente a zona de produção do autêntico Barolo; foi também em 1927 que foram definidas as zonas geológicas das áreas de produção do vinho: a zona de origem tortoniana Sant’Agata, que produz vinhos perfumados, frutados e elegantes que amadurecem mais cedo; La Morra, Verduno e uma faixa de Castiglione Falletto, onde o vinho tem origem helvética em chão de arenitos cinzentos e camadas de areia, nos oferecendo um vinho mais estruturado e alcoólico, ideal para o envelhecimento e abrigam Castiglione Falletto, parte de Monforte, Grinzane e outra parte de Barolo.

O vinho Barolo

O vinho se apresenta de maneira muito especial, com uma cor vermelha granada e reflexos alaranjados; seu sabor é intenso e persistente, e nos apresenta uma herança olfativa excepcionalmente complexa, que pode apresentar alteração de acordo com seu envelhecimento. O sabor pode “passear” entre notas frutadas e florais, como violeta e baunilha, e notas como goudron e especiarias. Na boca os componentes são combinados de forma muito agradável e sua intensidade fazem do Barolo um vinho poderoso, elegante e com grande personalidade.

Procurando uma mala especial para transportar vinhos?

A empresa responsável por estes produtos únicos é a Lazenne e eles entregam em qualquer hotel da Europa. Inclusive você poderá pagar com cartão de crédito, e em Reais! Ficou curioso? Então clique no banner abaixo sem compromisso e conheça todos os acessórios. Você vai se encantar!

lazenne_468x60


Assista esse vídeo e saiba: Fazer uma viagem perfeita para Itália? Como funciona a consultoria da Ana Patrícia? Se inscreva em nosso canal e receba mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


GANHE UM GUIA DE VIAGEM PARA A ITÁLIA!

Clique no botão abaixo e baixe sua cópia gratuita do Guia "Sua Viagem para a Itália".

BAIXAR MINHA CÓPIA DO GUIA!


Conheça nossos outros Guias de Viagem

Ver lista completa

Conclusão

As cinco melhores vinícolas de Barolo – Piemonte é uma das regiões mais incríveis da Itália e, quando falamos de vinhos, é destino certeiro para amantes de bons vinhos, excelente enogastronomia, panoramas fantásticos e momentos inesquecíveis!

Está inseguro para viajar?

E se você se sentir inseguro ou não tem tempo, e precisa de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália. E como posso fazer isso? Continue lendo esse post até o fim e você entenderá como facilitamos a sua vida e a sua viagem;)

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?



Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália



Os melhores conteúdos do Viajando para a Itália!