Quais são os tipos de vinhos italianos?

Quais são os tipos de vinhos italianos? Conheça aqui os vinhos que encantam os amantes da enologia com seus sabores e aromas únicos, só mesmo no Viajando para Itália.

0 79

Quais são os tipos de vinhos italianos?

A fama dos vinhos italianos, os vinhos e a Itália: amor, tradição e sabor. Um bom vinho agrada aos paladares mais exigentes e a Itália pode se gabar de ter vinhos para, literalmente, todos os gostos. Para se ter uma ideia, a Itália produz por ano, em média de QUARENTA BILHÕES de litros de vinho! Haja vinho, não é mesmo?! Então vamos conhecer um pouco melhor os vinhos, as regiões e as uvas italianas que tanto encantam o mundo! Estão prontos?  Afinal, quais são os tipos de vinhos italianos?


Saiba mais sobre essa categoria de Posts tão procurada pelos leitores do Viajando para Itália

Como trazer vinhos da Itália para o Brasil?“.

Onde comprar vinhos em Roma, Florença e Milão?

Qual o melhor período para visitar as vinícolas italianas?

Barolo o rei dos vinhos e sua cidade encantada

Se pretende se hospedar em Roma então não deixe de ler nosso Post Especial “Qual bairro escolher para ficar em Roma?“, com dicas de hotéis para você ficar bem localizado de acordo com o seu roteiro de viagem;)

Se você acha que tem muito para conhecer da Itália e não quer pensar em muitos detalhes para organizar essa viagem, leia após as Conclusões: “E agora quem poderá me AJUDAR?”


É sua primeira vez na Itália? Então não deixe de assistir a esse vídeo com dicas imperdíveis para viagem dos seus sonhos. Se inscreva em nosso canal e receba vídeos com temas importantes sobre a Itália.

Depois de assistir ao vídeo não deixe de ler também nosso post “O que fazer antes de viajar para a Itália“.


Diferente de todos os outros países do mundo, a Itália utiliza em seus rótulos o nome da região onde o vinho é produzido, além do mais sempre estará indicando o tipo de classificação de vinho. Que vamos apresentar logo a seguir.

1) Quais são os tipos de vinhos italianos? VdT

Vino da Távola

Usada para designar um vinho de “baixa qualidade”, sem determinar a região, as uvas e o padrão de produção. É o único vinho que não tem obrigatoriedade de seguir um arquétipo para sua produção. É um vinho ruim? Não, mas também não é um vinho renomado. No mercado existem vinhos “da távola” que custam cerca de 3 Euros a garrafa; se você estiver na Itália, vale experimentar pela curiosidade.

2) Quais são os tipos de vinhos italianos? IGT

Indicação Geográfica Típica

Foi criada em 1992 e é utilizada por cerca de 150 vinhos italianos, todos de regiões específicas. Hoje está sendo substituída pela IGP (Indicação Geográfica Protegida), que é uma classificação determinada pela União Europeia para indicar vinhos de determinadas regiões. Também não é um vinho de excelente qualidade, mas não é de todo ruim!

3) Quais são os tipos de vinhos italianos? DOC

Denominação de Origem Controlada

É a mais antiga das classificações e foi criada em 1963. É utilizada em quase 300 regiões e o vinho autorizado a usar essa denominação deve ser produzido com uvas específicas, conforme sua região de origem e precisa, impreterivelmente, seguir métodos determinados de vinificação previamente estabelecidos.

4) Quais são os tipos de vinhos italianos? DOCG

Denominação de Origem Controlada e Garantida

Nessa categoria entram os grandes e premiados vinhos italianos. A DOCG é atribuída somente para alguns dos vinhos DOCs e assegura a esses vinhos uma excelente qualidade. Também segue regras específicas de produção.

Há também os Supertoscanos, chamados também de vinhos “fora da lei”. São vinhos extraordinários feitos de Cabernet Sauvignon e Merlot. Por utilizar uvas originárias de fora da Itália para sua produção, esses vinhos recebiam denominação de “Vino da Távola”. Porém, devido à sua qualidade superior, ele começou a ser chamado de Supertoscano, nome que ganhou fama e respeito internacional.


VOCÊ SABIA?

Presenteio meus leitores com 30 minutos de Consultoria GRATUITA para a escolha dos Hotéis.

EU QUERO A MINHA CONSULTORIA AGORA


5) Quais são os tipos de vinhos italianos? VINHO TINTO

De cor intensa é produzido a partir da fermentação do suco, ou mosto, extraído de uvas negras ou tintas. Para sua produção é necessário que haja “maceramento” das cascas que é o que dará ao vinho sua cor e sabor.

6) Quais são os tipos de vinhos italianos? VINHO BRANCO

De cor dourada e sabor frutado, pode ser feito a partir de uvas brancas ou negras. Ao contrário do vinho tinto, o vinho branco é servido gelado e harmoniza muito bem com pratos leves como peixes, frutos do mar e saladas.

7) Quais são os tipos de vinhos italianos? VINHO ROSÉ

O “meio termo” entre o tinto e o branco. Possui tons que variam do alaranjado à púrpura e isso vai depender do tipo de uva e a fermentação. Pode ser “misturado”, ou seja: vinho branco com o tinto ou pode ser feito diretamente da leve maceração de uvas negras.

8) Quais são os tipos de vinhos italianos? ESPUMANTES

Chamado erroneamente de champanhe (que remete à valiosa bebida produzida na cidade de Champagne, na França) é conhecido como o Rei dos Vinhos. O espumante conta com uma grande quantidade de gás carbônico, o que causa bolhas e espuma. É fermentado duas vezes: na primeira origina o vinho branco “tranquilo”, sem bolhas; na segunda acrescenta-se açúcar e levedura, para fermentar mais um vez e formar as bolhas.

Importante

O Prosecco, feito na região do Vêneto no nordeste da Itália, é um espumante muito famoso, mas nem todos os Proseccos são espumantes! A uva utilizada para produção do Prosseco é a uva da variedade Glera. Mesmo que quase sempre esse tipo de bebida tenha bolhas, se você optar por um espumante, preste atenção no rótulo para ter certeza de que não é Prosseco; o mesmo vale para o tipo Frizzante, que recebe menos gás carbônico e, portanto, é menos “borbulhante” que o Prosseco.

Quais são os tipos de vinhos italianos?

9) Quais são os tipos de vinhos italianos? VINHO DE SOBREMESA

Os famosos “dessert wines”. A “peça-chave” desse tipo de vinho é manter uma parte dos açúcares naturais da uva, os tornando doces. Não os confunda com vinhos suaves, pois o “doce” do vinho suave vem da adição de açúcar posteriormente.

10) Quais são os tipos de vinhos italianos? VINHOS SECO, DEMI, SUAVE E DOCE

Vinhos Seco (Secco), Demi Seco (Abbocado ou Amabile), Suave (Soave) e Doce (Dolce)

Como é definido? Pela quantidade de álcool? Não! São os níveis de açúcar. O açúcar utilizado no vinho é proveniente da própria uva (antes, durante ou depois da produção). A classificação é de acordo com a quantidade de açúcar por gramas/litro no vinho. O vinho seco é conhecido como vinho fino de mesa e é feito com uvas nobres.

O teor de açúcar é baixíssimo, quase ausente. No vinho meio seco (Demi-sec) há um traço de doçura, mas o sabor seco se faz presente. O vinho suave é considerado um vinho de qualidade inferior se comparado aos seus “primos”, mas alguns são extremamente saborosos e caros. Leia também “Qual o melhor período para visitar as vinícolas italianas?“.

Ele é “adoçado” com a interrupção da fermentação das uvas ou acrescentando açúcar no final da produção; já o vinho doce é sofisticado e, essencialmente, acompanha sobremesas. Seus sabores são ricos e seus aromas intensos. O sabor é dado unicamente pela uva utilizada, sem interferência externa com a ‘quebra’ da fermentação ou adição de açúcar.

Clique no link abaixo e conheça as opções de passeios dos nossos parceiros:

Passeios em Grupo em língua portuguesa nas principais cidades italianas com a CIVITAS

Passeios em Grupo nas principais cidades italianas com a GET YOUR GUIDE

11) Quais são os tipos de vinhos italianos? CLASSIFICAÇÃO

A classificação dos vinhos fica da seguinte maneira:

  • Novello (Jovem) – pronto para comercialização após 6 de novembro, devendo ser engarrafado até  31 de dezembro do ano da colheita;
  • Vecchio (Velho) – deve envelhecer, pelo menos, três anos antes da comercialização;
  • Classico (Clássico) – o que diferencia alguns vinhos DOC em níveis de qualidade;
  • Superiore (Superior) – envelhece no mínimo um ano até ser comercializado;
  • Riserva (Reserva) – tem que envelhecer por, no mínimo, de três a cinco anos antes de ir para o comércio;
  • Liquoroso (Licoroso) – é um vinho fortificado externamente ou naturalmente forte;
  • Passito (Passificado) – vinho elaborado com, acredite, uva passa;
  • Ripasso (Repassado) – é um vinho que fica em ‘repouso’ para a fermentação do Amarone; com esse ‘descanso’, ele ganha corpo, sabor e teor alcoólico.

Quais são os tipos de vinhos italianos?

12) Quais são os tipos de vinhos italianos? REGIÕES DOS VINHOS

As regiões produtoras de vinho na Itália

Todas as regiões italianas produzem vinhos. Os vinhos produzidos, por região, são os seguintes:

Centro da Itália
  • Toscana  Chianti e Brunello di Montalcino.
  • Abruzzo  Trebbiano d’Abruzzo.
  • Marche – destaque para os vinhos brancos como o Passerina e o Verdicchio Dei Castelli di Jesi.
  • Emilia Romagna Lambrusco, tinto e branco.
  • Umbria Sangiovese, Sagrantino, Cabernet Sauvignon, Merlot, Grechetto, Trebbiano.
  • Lazio Malvasia, Trebbiano, Cesanese, Sangiovese, Canalolo, Merlot.
  • Abruzzo Montepulciano, Trebbiano, Sangiovese.
  • Molise Montepulciano, Sangiovese, Aglianico, Pinot Grigio.
Ilhas da Itália
  • Sicília Marsala, Grillo, Inzolia e Catarrato.
  • Sardegna Moscato, Malvasia, Vernaccia di Oristano e Cannonau. O Cannonau ‘imita’ o vinho do Porto, ideal para sobremesas. Lá só há um tipo de vinho DOCG que é o Vermentino di Gallura.
Nordeste da Itália
Noroeste da Itália
  • Piemonte – Barolo, Barbaresco ,Dolcetto, Arneis, Moscato e Cortese.
  • Lombardia – Pinot Noir, Nebbiolo, Chardonnay, Verdicchio.
  • Liguria – Vermentino, Pigato, Rosesse, Dolcetto e Sangiovese.
  • Vale de Aosta – Picotendro, Pinot Noir e Petite Arvine.
Sul da Itália
  • Puglia – Negro Amaro, Primitivo di Manduria, Taurasi e Aglianico.
  • BasilicataAglianico, Syrah e Moscato.
  • CalabriaGreco, Gaglioppo e Magliocco.
  • Campania – Aglianico, Fiano, Falanghina e Greco.

GANHE um guia de viagem para a Itália clicando no banner abaixo e não deixe de conhecer nossos outros Guias de Viagem Clicando Aqui!

Guia Sua Viagem Para a Italia Gratuito Viajando Para Italia


13) Quais são os tipos de vinhos italianos? PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

As características dos principais vinhos italianos

Os vinhos italianos possuem características distintas entre outros vinhos do mundo e entre eles mesmos. Abaixo vamos ver, de forma sucinta, algumas delas:

  • Barolo – vinho mais querido dos italianos; eles o chamam de o “Rei dos vinhos”. É uma obra de arte do Piemonte e feito da uva Nebbiolo. Tinto, o sabor fica soberbo a partir do 15º ano de envelhecimento. É um vinho seco, tinto e de coloração bem escura; é ideal para harmonizar com carnes vermelhas e carnes de caça;
  • Barbaresco – outra preciosidade piemontesa, o Barolo. Também é tinto e feito a partir da uva Nebbiolo, atinge o auge do sabor no 3º ano de envelhecimento. Perfeito para acompanhar massas com molhos e comidas condimentadas;
  • Valpolicella – vinho tinto famoso do Veneto com um leve e delicado perfume de nozes. O mais apreciado é o Clássico. Outro grande vinho da mesma região é o Reciotto Della Valpolicella Amarone;
  • Bardolino – de cor pálida, é tinto e deve ser degustado ainda jovem; é feito com uvas regionais: Corvina, Molinara, Negrara e Rondinella;
  • Verdicchio – 80% de uvas utilizadas para sua produção são Trebiano e Malvasia. É um vinho branco jovem e fresco. Harmonizar muito bem com antepastos, massas leves (geralmente sem molhos pesados) e peixes;
  • Frascati – feito com uvas do tipo Malvasia, Candia e Trebbiano. É um vinho branco seco, tem um aroma característico e cor de palha. Com um tom brilhante, apesar de seco, é leve e saboroso;
  • Gavi – outro vinho branco seco, muito similar aos Borgonhas. Produzido com uvas Cortese, acompanha muito bem pratos a base de frutos do mar;
  • Prosecco – vinho espumante feito a partir da uva homônima. Muito produzido perto de Veneza e difundido no mundo todo. Conquista pelo sabor fresco, pela leveza e pelo aroma;
  • Lambrusco – um dos queridinhos dos brasileiros é o Lambrusco; vinho jovem, frisante, leve e pode ser tinto, branco ou rose. Opção ideal para um aperitivo.

Assista esse vídeo e saiba como transportar vinho da Itália para o Brasil sem quebrar. Se inscreva em nosso canal e recebe mais vídeos com informações e dicas sobre a Itália. Não se esqueça de deixar aquele Like;)


14) Quais são os tipos de vinhos italianos? LENDA

Falar de vinho e não citar Baco é quase um crime! Baco (Bacco, em italiano) é para os gregos Dionísio. Baco era o deus do vinho, das festas, do lazer, do prazer e da folia. Ele era filho do Deus Júpiter (o Deus do dia) com a mortal Sêmele. Baco era considerado pelos romanos um amante da paz e promotor da civilização, unindo as pessoas para celebrações. Segundo conta a lenda, quando se tornou um adulto, Baco descobriu como extrair o suco da uva e produzir o vinho.

Com inveja da capacidade de Baco de reunir pessoas e espalhar a alegria e o prazer, a Deusa Juno (Hera na mitologia grega) transforma Baco num louco e o deixa vagando pelo mundo, mas ao passar pela região de Frigia, onde ficava a mãe dos deuses, a deusa Cibele, ele foi curado e instruído nos rituais religiosos. A partir dai, Baco parte para a Ásia e difunde a arte da vinicultura. Quando retornou, levou a cultura para a índia, mas encontrou resistência na Grécia, pois causava furor por onde passava e os príncipes tiveram medo de que ele pudesse desequilibrar os habitantes com suas festas e despreocupações ao “celebrar” a todo instante.

15) Quais são os tipos de vinhos italianos? PRINCIPAIS CURIOSIDADES

O termo ‘bacanal’ surge a partir do nome Baco. O deus, que promovia festas regadas a vinho, sexo e diversão, irritava alguns deuses com tal atitude e a palavra “bacanal”, com o passar do tempo, recebeu um sentido pejorativo. Saiba também que:

  • Mulheres romanas eram PROIBIDAS de beber vinho. A pena para quem fosse pega no flagra invadindo a cantina do marido era a morte.
  • O vinho pode ter sido um dos responsáveis indiretos pela queda do império romano, isso porque eles descobriram que misturando chumbo no vinho aumentava sua validade; Conclusão: o envenenamento por causa do chumbo matou milhares de soldados. Sem forças o exército não tinha condições de lutar e, com isso, diversas batalhas foram perdidas.
  • Cheirar a rolha do vinho não significa nada e não dá informações suficientes para reconhecer um bom vinho! (Polêmica!) Isso porque não há “informações” suficientes para o olfato; portanto, da próxima vez que o garçom te entregar a rolha, faça uma análise visual: procure rachaduras, verifique a umidade presente na cortiça e pequenas “fissuras”.
  • A média de consumo de vinho “per capita” na Itália é de impressionantes 45 litros por ano.
  • Nos meses de setembro e outubro acontece a ‘vendemmia’ na Itália, é quando as uvas são recolhidas para a produção dos vinhos.

Informação Importante

Escolhemos os nossos parceiros com muita atenção, mas frisamos que o blog “Viajando para Itália” não se responsabiliza por nenhum tipo de problema durante o serviço prestado indicado.


Conclusão

Com opções para todos os paladares, a Itália não decepciona quando o assunto é vinho! Escolha o seu, faça um brinde ‘per Bacco’ e aproveite!

E se precisar de ajuda para organizar sua viagem, não hesite em me procurar ! Vou adorar ajudar você a realizar sua tão sonhada viagem para a Itália.

Conheça também nossos Posts Especiais:

O que fazer antes de viajar?

Exemplos de Roteiros Turísticos

Quanto vou gastar em uma viagem para Itália?

Leia também nossos Posts Especiais sobre Aeroportos na Itália:

COMO IR DO AEROPORTO DE ROMA PARA O CENTRO DE ROMA?

COMO IR DO AEROPORTO MALPENSA PARA O CENTRO DE MILANO?

COMO IR DO AEROPORTO DE VENEZA PARA VENEZA CENTRO

O meu post te ajudou? Se sim, não deixe de colocar o seu comentário abaixo, mas se ainda tem dúvida basta deixar o teu comentário abaixo que te respondo, O.K.?


“E agora quem poderá me AJUDAR?”

Muita informação não é mesmo ? Se você leu esse artigo e sentiu aquele friozinho na barriga pensando: E agora???? Quem poderá me AJUDAR??? Não se desespere, pois nós temos a solução.

Como dirigir com neve na Itália?

São tantos detalhes para se pensar: dinheiro, passagens, hotéis, restaurantes, opções de passeio, tempo, deslocamento, segurança, clima, família… que as vezes dá vontade até de desistir, não é mesmo? Mas nós TEMOS A SOLUÇÃO OU O SEU DINHEIRO DE VOLTA (estornamos 100%)Para oferecermos essa GARANTIA é porque temos certeza absoluta que irão gostar dos nossos serviços. Veja os depoimentos de quem fez esse serviço conosco.

Para todas essas questões temos a Consultoria de Elaboração de Roteiro, onde otimizaremos seu tempo através do seu perfil.

 Não, não, não pense que é caro ou fora do seu alcance. Inclusive, provamos a você que é possível gastar bem menos através de um roteiro bem elaborado e personalizado. Continue lendo nosso post.

Vai sobrar dinheiro ?

Como dirigir com neve na Itália?

Otimize seu tempo, conheça mais lugares e poupe seu dinheiro

→ Contratando a Consultoria de Roteiro com antecedência, o nosso serviço será quase gratuito*. E tem mais, você ainda receberá muitos brindes e bônus. Descubra os presentes que você estará recebendo ao longo dessa pré-organização clicando bem aqui!

Clientes que reservam esse tipo de serviço com antecedência (em média 2 a 3 meses) podem economizar mais de 200 Euros com os nossos serviços (que deram um total de, mais ou menos, 90 Euros), ou seja: economizaram na viagem com pequenas mudanças e, só com passagens de trem, dicas de restaurantes, etc,você poupou mais de 200 Euros; além de ter toda a viagem organizada da melhor maneira possível.  Entre em contato conosco e saiba mais…


Conheça também nossas indicações:

 PASSEIOS EM GRUPO EM LÍNGUA PORTUGUESA NAS PRINCIPAIS CIDADES ITALIANAS? RESERVE AGORA CLICANDO AQUI!


Não deixe de ler:

Como Chegar na Itália?


Uma Ajuda Extra para sua Viagem para a Itália

Seguro Viagem Para Italia Viajando Para Italia Aluguel de Carro na Italia Viajando Para Italia Onde Ficar na Italia Viajando Para Italia
O Seguro Viagem é obrigatório e mais barato do que você imagina. Ainda mais com nosso bônus. Quer viajar pela Itália de carro mas não sabe onde alugar um? Nós temos a solução para seu problema. Garanta sua hospedagem em site confiável e renomado, sem sustos em sua viagem.
   Mala Levar Vinho da Italia para Brasil Viajando para Italia Consultoria Para Viagem Para Italia Viajando para Italia
Passeios em Grupo em toda a Itália e com Compra de Bilhetes antecipada economizando tempo e dinheiro. Que tal uma mala para você levar os melhores vinhos italianos para sua casa no Brasil? Conheça mais essa facilidade. A sua Viagem dos Sonhos para a Itália pede um serviço diferenciado, com excelência e dentro do seu orçamento.

Os Melhores Conteúdos do Viajando Para Itália

  1. Qual é o gasto médio em um dia na Itália?
  2. O que visitar na Itália em 10 dias?
  3. Os dez lugares imperdíveis da Toscana?
  4. As melhores dicas para economizar na sua viagem para Itália?
  5. Aeroportos da Itália? Como chegar no teu hotel? Veneza, Milão, Roma, Florença? Saiba como agora!
  6. O que fazer em 1, 2, 3 ou 4 dias nas principais cidades italianas? Conheça itinerários em cada cidade que você vai visitar!
  7. As melhores dicas sobre alimentação na Itália? Vinho? Comida típica em cada lugar?Economizar? Roteiros de enogastronomia? Descubra tudo!
  8. Viagem de carro na Itália: Exemplos de roteiros nas principais regiões italianas!
  9. Quais são os principais monumentos turísticos na Itália? Quais são os monumentos imperdíveis e que você deve colocar no teu roteiro?
  10. Qual é a melhor época para ir para Itália? O melhor período? O clima na Itália?
  11. Saiba tudo sobre o Transporte na Itália? Trem? Carro? Como se deslocar? Comprar passagem de trem? Metro?
  12. Os melhores exemplos de roteiros turísticos na Itália? Monte o seu roteiro seguindo os meus conselhos!

Grande abraço da Itália,

Ana Patricia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

BAIXE AGORA MESMO O

E-BOOK GRÁTIS!